Tag Archive: Chuíça


“No, I’m not going to the World Cup”.

 

Alguém se lembra disso?

E de Carla Dauden?

Alguém se lembra?

925263_622895137806565_2046281556_n

É provável (e bem provável) que, com o passar do tempo, cada vez menos pessoas se lembrem dela.

É o que ocorre com gente oportunista. 

Carla vive longe do Brasil (em Los Angeles) e, ao fazer o video onde diz “Não, eu não vou à Copa”, não se preocupou em gravá-lo em português.

O idioma de seu país.

Bom. Ao menos, imaginamos que a moça ainda considere o Brasil como “seu país”.

Ela não gravou em português. Ou seja, ela não estava falando com os brasileiros.

Não fala, porque não se preocupa de verdade com os brasileiros.

É o que ocorre com gente oportunista.

Naquele tempo (foi há um ano) tudo era especulação.

Ninguém sabia ao certo o que ocorreria em junho de 2014.

Mas chegou junho de 2014.

Chegou a Copa do Mundo.

E nenhuma previsão trágica se concretizou.

Causa espanto ver que Carla. Ela, que mora nos Estados Unidos, entenda tão pouco de propaganda.

Os Estados Unidos é a nação que mais investe em propaganda.

Nação que é tida como a que possui a economia mais desenvolvida.

Apesar de ter quase 50 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1348381-5602,00-POBREZA+NOS+EUA+ATINGE+MILHOES+DE+PESSOAS.html

 Apesar de o desemprego e a miséria obrigarem pessoas a viverem como animais.

 

 

Mesmo assim, o governo norte-americano pode se dar ao luxo de tirar da boca de todas essas pessoas para investir em propaganda.

Por que Carla não está criticando o governo norte-americano?

Ah. É claro. Quase me esqueci.

Ela não critica os Estados Unidos, porque ela é oportunista.

Porém, além do oportunismo, a moça também mostra uma imensa falta de visão.

Provável que ela não goste do PT.

Provável que deteste Lula.

Talvez o político mais inteligente que já tivemos.

Uma figura respeitada no mundo inteiro.

A Copa do Mundo, esnobada por Carla, foi conquista de Lula.

E foi uma grandiosa jogada de propaganda.

Na propaganda existe o investimento.

Mas também existe o retorno.

E o retorno costuma ser muito, mas muito maior.

O mundo está agora com os olhos no Brasil.

E não só nos estádios, na hospedagem, na locomoção.

O mundo está vendo e admirando a nossa maior riqueza.

O nosso povo.

Carla Dauden gravou um video onde disse em uma língua estrageira.

 

“No, I’m not going to the World Cup”.

 

Pois podemos responder à ela.

E em bom português.

 

“Não, não venha! Você não fará a menor falta…”

 

O radar e o cidadão (segundo a ótica do governante de São Paulo)

Já vimos o cidadão sendo vítima dos radares escondidos (clique aqui).

Já vimos policiais militares, que deveriam estar cuidando da SEGURANÇA DO CIDADÃO, na função sistemática de aplicar multas.

A ponto de vermos o índice de multas da corporação sendo multiplicado (clique aqui).

Agora vemos que, além de esconderem radares para aplicar mais multas.

Além de remanejarem policiais da segurança para poder aplicar mais multas.

Ainda temos que ver radares que não registram a velocidade correta.

E, dessa maneira, também aplicarão mais multas.

Da RÁDIO BANDEIRANTES:

Denúncia: Radares desregulados registram velocidades diferentes das praticadas pelos motoristas

12 /11/2012

Que “correm o risco” de serem multados por infrações que não cometeram.
A reportagem da Rádio Bandeirantes constatou a “falha” em algumas lombadas eletrônicas, instaladas em ruas e avenidas da cidade e na entrada de alguns túneis.
Em um dos casos verificados, a diferença entre a velocidade real do veículo e a que foi registrada pelo radar atingiu exatos 10km.
As lombadas eletrônicas que foram vistoriadas pela nossa reportagem ficam na Rua Ribeiro Lacerda e no túnel Sebastião Camargo.

Ser cidadão em São Paulo, nos dias de hoje, tem um sentido diferente.

Ser cidadão é o mesmo que ser refém.

E o resgate, hoje se chama ‘multa’.

Veja também:

Vereadores de SP usam carros com placas proibidas para fugir de multas

Multas em SãoPaulo:Até quando vamos sustentar um estado vagabundo?

Imagem: flitparalisante.wordpress.com

Enquanto mídia e oposição usaram o julgamento da AP 470, para tentar lucrar dividendos políticos, o eleitor permaneceu sendo lesado.

Como sempre…

Tem vereador que acaba de ser ser eleito em São Paulo e já tem seu nome envolvido em sujeira.

Da BAND:

Denúncia: gabinete tem assessor fantasma

30/10/2012

O programa Manhã Bandeirantes, apresentado por José Luiz Datena, na RB, denunciou a contratação de um funcionário fantasma na Câmara de Vereadores de São Paulo.

O suposto assessor parlamentar, identificado como João Carlos Felipe, também conhecido como Carlão, trabalharia no gabinete da vereadora Sandra Tadeu (DEM), reeleita nas eleições deste ano.

Entretanto, o assessor não trabalha no local, mas sim em uma padaria, como revela uma ligação telefônica feita pelo repórter Agostinho Teixeira para o gabinete.

Nela, um homem atende o telefone e confirma que é do gabinete da vereadora, mas quando questionado sobre Carlão, avisa: “está mais cuidando da padaria, fazendo serviço externo”.

A padaria fica na avenida Celso Garcia, zona leste de São Paulo. A equipe da RB entrou em contato com o suposto assessor, que confirmou que trabalha no gabinete, mas disse que está na padaria em qualquer horário do dia. Ao saber que quem falava era o repórter da Rede Bandeirantes, ele desligou o telefone.

O DEM, que em 2008, contava com sete parlamentares na Câmara Municipal agora ficou com apenas duas cadeiras (clique aqui).

E, dos dois representantes do DEM na cidade de São Paulo, o nome de um já surge envolvido na contratação de funcionário fantasma.

Uma média de assustar.

Das duas uma.

Ou a vereadora lesa os cofres públicos ou é incompetente a ponto de não ver seus auxiliares lesando.

Será que ela não notou que o assessor não vai trabalhar?

De qualquer modo, o resultado acaba sendo o mesmo.

Foi para isso que você deu o seu voto??

Veja também:

Os serristas e a análise fidagal do dia seguinte: O ódio como conselheiro…

Tucano indestrutível: Após ser arrebentado pelo ‘segundo poste’, Serra ainda diz que saiu revigorado…

Imagem: ocontornodasombra.blogspot.com

A falta de democracia dentro do PSDB possibilita candidatos eternos. Talvez tenhamos que ver o ‘revigorado’ Serra por mais um milênio…

Olhando as campanhas de Serra e Haddad, podemos ver diferenças dramáticas.

Primeiro o resultado.

Do UOL:

Serra tem a pior votação da história do PSDB na capital paulista em um segundo turno

28/10/2012

Alem de ter sido derrotado por Fernando Haddad (PT)na disputa pela prefeitura, José Serra (PSDB) teve a pior votação de seu partido no histórico de disputas de segundo turno na cidade de São Paulo desde 1994, incluindo eleições estaduais e nacionais.

Com 44,4% dos votos válidos, Serra teve o resultado menos expressivo do PSDB nas urnas dos últimos 18 anos. Antes do resultado deste domingo, só em 2002 a votação dos paulistanos no PSDB não havia superado 50%. Mesmo em eleições presidenciais nas quais o PT levou a melhor sobre os tucanos, São Paulo contrariou o resultado nacional. Tanto Alckmin, em 2006, e Serra, em 2010, venceram o pleito na cidade.

Até então, o pior desempenho dos tucanos havia ocorrido em 2002, quando o próprio José Serra obteve 48,9% dos votos dos eleitores da capital na disputa presidencial contra Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2010, no pleito contra a presidente Dilma Rousseff, Serra conquistou 53,6% dos votos na cidade de São Paulo.

Agora o início.

Do ÚLTIMO SEGUNDO:

Com 31%, Serra lidera disputa em São Paulo; Haddad tem 3%

09/05/2012

Assim como Dilma Roussef, que no início das eleições presidenciais de 2010 foi tratada como um ‘poste’ (clique aqui), para depois acabar eleita. Haddad também teve sua capacidade questionada e sua candidatura tratada como um erro (clique aqui).

Na prática o que se viu, tanto em 2010 quanto agora, foi o conhecido e experimentado Serra ficando para trás.

Porém o tucano se diz ‘revigorado’.

Do G1:

Serra diz que termina campanha ‘revigorado’ e com mais ‘energia’

28/10/2012

Serra (que foi candidato em 1996, em 2002, em 2004, em 2006, em 2010 e agora em 2012) surge como exemplo prático da falta de quadros para um partido importante como o PSDB.

Tal realidade pode ser um sinal ruim para o partido. Pode também não ser bom para o processo democrático.

Veja também:

Aliado de Serra, Kassab avalia governo nefasto e decreta: “Sucessor não resolve problemas da cidade em 4 anos”

Bilhete Único de 6 horas: Serra vai plagiar idéia de Levy Fidelix para tentar ganhar eleição

Imagem: netizando.wordpress.com

Kassab agora afirma que o próximo prefeito não conseguirá resolver os problemas da cidade de São Paulo em quatro anos.

Do descontrole às irregularidades: Kassab chamou cidadão de ‘vagabundo’, porém empregou o homem que, em sete anos conseguiu mais de cem imóveis…

Do Terra:

“Sucessor não resolve problemas da cidade em 4 anos”, diz Kassab

28/10/2012

Ao que parece, Kassab se esqueceu que, nos últimos oito anos, ele e Jose Serra (atual candidato tucano), estiveram à frente do município de SP.

E, neste período, a cidade não foi marcada pela competência.

Muito pelo contrário…

Nas mãos de Kassab, São Paulo chegou até a ser motivo de piada (clique aqui).

Os casos de irregularidades na Controlar (clique aqui), quase custaram o cargo de Kassab.

No Aprov, teve funcionário com enriquecimento monstruoso. A ponto de seu salário oficial não dar, sequer, para pagar os impostos dos inúmeros imóveis adquiridos (clique aqui).

Nem mesmo quem morreu teve paz em São Paulo, já que tivemos com Kassab uma verdadeira máfia no serviço funerário (clique aqui).

Nem mesmo os inúmeros incêndios que atingiram favelas, foram apurados por Kassab e seus vereadores, maioria na Câmara Municipal (clique aqui e aqui).

Agora Kassab afirma que quatro anos é pouco para resolver os problemas.

E, eles ainda se candidataram para tentar resolver…

Veja também:

Terra de ninguém: Em SP médicos fogem dos hospitais públicos

Inadmissível: Kassab condena greve e aumenta seu próprio salário

Não é brincadeira!! Kassab defende que paulistano se mude!!

Palhaçada!! Médica processada por fraudar plantões é contratada pela prefeitura de São Paulo

Imagem: luiscarlosgusmao.wordpress.com

As promessas e os beijos: Antes um candidato sério, agora uma figura pitoresca

Não importa se a idéia é boa, ou não passa de uma ilusão populista.

O importante para Serra é ser eleito.

Levy Fidelix propôs, desde o início da corrida eleitoral, nova duração do Bilhete Único de 3 horas para 6 horas.

Além da redução da passagem de ônibus de R$3,oo para R$2,00.

Porém o candidato não foi levado à sério, recebendo apenas 19.800 votos no primeiro turno (clique aqui).

Na prática, Levy Fidelix mostrou que tem propostas mais bem estruturadas que Serra (que só adotou a idéia do nanico, ao ver a possibilidade iminente de derrota).

Bem diferente do petista Haddad que, desde o início da corrida trouxe um plano de governo bastante robusto (clique aqui).

Do Terra:

SP: Serra diz que extensão do bilhete único custará R$ 500 mi

25/10/2012

O candidato José Serra (PSDB) explicou nesta quinta-feira sua proposta de ampliar o bilhete único para seis horas e estender o bilhete amigão (quer permite o usuário usar o cartão, ao preço de uma tarifa, por oito horas) para o sábado.

Ainda reforçando sua tradição em não responder perguntas difíceis, Serra agiu de maneira covarde.

Mais uma vez.

Questionado sobre o motivo para ter apresentado a proposta apenas agora, o tucano respondeu: “Esta é a pergunta que Haddad faria, pergunta para ele”.

O homem que, há tempos, gosta de ser colocado como “o mais preparado” (clique aqui, aqui, aqui e aqui), não se mostra sequer preparado para responder uma simples pergunta.

Pelo visto, em um regime democrático, onde políticos precisam responder perguntas e dar esclarecimentos à jornalistas e ao povo (principalmente ao povo), Serra não se mostra tão preparado…

Veja também:

De Reinaldo Azevedo a Silas Malafaia… Serra deixa as propostas de lado e coloca o ódio na campanha

O crime ficando tucano: Discurso de Alckmin é adotado por criminosos em São Paulo

Imagem: noticias.terra.com.br

Alckmin já havia causado polêmica, ao aparecer junto com Ney Santos, ex-presidiário e ligado a organização criminosa PCC.

Ao que parece, eles combinaram o discurso.

Primeiro o governador.

Da Folha:

‘Quem não reagiu está vivo’, disse Alckmin sobre confronto da Rota

12/09/2012

Agora o bandido.

Do Terra:

‘Tá vendo o que dá reagir’, diz suspeito de matar garota em SP

22/10/2012

As frases parecem até que foram ditas pela mesma pessoa.

Parecem, mas não foram.

Não foram ditas pela mesma pessoa, mas se pode perceber a perfeita sintonia entre eles.

Sintonia que falta entre governo e polícia.

A falta de investimento em inteligência policial, a falta de um plano de valorização profissional para homens que arriscam suas vidas, buscando oferecer um pouco mais de segurança para a sociedade.

Diante da inércia do governo, podemos ver em São Paulo, policiais sendo literalmente caçados por criminosos.

Neste ano, já temos um aumento de mais de 40% de policiais assassinados (clique aqui).

E o número de baixas só faz aumentar.

No mês passado.

Mais de 70 policiais foram mortos em SP em 2012

Nesse mês.
Sobe para 81 o número de policiais mortos em São Paulo

Se nem sequer os policiais conseguem ter segurança, o que dizer do cidadão comum?

Cidadão que paga um preço altíssimo e não recebe retorno dos impostos pagos.

Até quando veremos o crescimento do crime e da sensação de insegurança em São Paulo?

Veja também:

Ladrões matam garota de 15 anos e debocham

Candidato da coligação demotucana é acusado de envolvimento com o PCC

Suspeito de elo com PCC movimenta R$ 6 mi por mês

Imagem: osamigosdopresidentelula.blogspot.com

Soninha Francine, que na teoria, aparecia na propaganda da TV e da internet dizendo:

“Quem disse que político é tudo igual?” (clique aqui).

Na prática, Soninha, que já foi coordenadora de campanha de José Serra (clique aqui), dá uma idéia do quanto ela pode ser pior.

Dá uma idéia do nível da campanha apresentado aos eleitores.

Do Terra:

Aliada de Serra, Soninha xinga Haddad em blog e se arrepende

19/10/2012

Após a repercussão do xingamento na internet, Soninha retirou o palavrão do blog e se retratou: “Pra quem veio aqui (ao blog) procurando um palavrão xingando o Haddad: apaguei. Estava com muita raiva e escrevi como falo (falo muito palavrão). Podia ter dito simplesmente ‘sujo’. No fim, substituí por ‘muito cinismo’. Era lá que estava o ‘filha da p…'”

A discussão saudável é feita no campo das idéias e, dessa maneira, se conquista o eleitor.

Em uma democracia, não se vence no grito.

Não se vence na marra.

Quem procede dessa maneira, antes de vencer, precisa aprender a perder.

Tem gente, aliás, que talvez tenha que perder diversas vezes…

E não perder para Lula, para Dilma ou para Haddad.

Perde para a vontade do povo.

Perde para a democracia.

Veja também:

Ibope: Haddad 49%, Serra 33%. Pelo jeito, veremos Jose Serra ainda mais nervoso…

Paulinho da Força: Força? Mas, CADÊ A FORÇA?? PDT abandona Paulinho com Serra e entra na campanha de Haddad

O partido fundado pelo grande Leonel Brizola teve em São Paulo desempenho ridículo.

Para ter menos de 1% dos votos, seria melhor nem ter concorrido.

Seu candidato, um líder sindical, mostrou que nas urnas não é líder.

Na verdade, ficou bem longe disso…

São Paulo tem muitos trabalhadores, porém eles não escolheram Paulinho para representá-los.

Agora, no segundo turno, restaram duas opções.

Uma trabalhista e uma neoliberal.

Paulinho fez a sua escolha. E escolheu o neoliberal Serra (clique aqui).

E pensar que, outro dia, o sindicalista chamou Serra de “inimigo do trabalhador”.

Enquanto isso, o PDT tratou de pular fora dessa canoa furada.

Onde, é bom repetir, nem deveria ter entrado…

Do Terra:

PDT nacional desautoriza Paulinho e declara apoio a Haddad em SP

16/10/2012

A direção nacional do PDT reverteu nesta terça-feira a decisão do diretório estadual da legenda em São Paulo e anunciou apoio do partido à candidatura do petista Fernando Haddad no segundo turno da eleição para prefeito da capital paulista, cinco dias depois do anúncio do PDT local de apoiar o tucano José Serra.

“A direção nacional do Partido Democrático Trabalhista decidiu apoiar a candidatura do professor Fernando Haddad, por ele representar na cidade de São Paulo, os compromissos com as conquistas sociais e com a escola de horário integral, que são as principais bandeiras do trabalhismo”, afirmou a direção do partido em breve nota divulgada a jornalistas em Brasília.

O PDT lançou candidato no primeiro turno da eleição de São Paulo, o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, que teve somente 0,63 por cento dos votos válidos na eleição do dia 7 de outubro.

O partido optou por não trair sua história de lutas e conquistas trabalhistas.

E deixou Paulinho sozinho no palanque de Serra.

Será que, ao menos, Paulinho conseguirá trazer para Serra os 0,63 por cento dos votos válidos que conseguiu?

Veja também:

A democracia de Serra: Candidato discute com Kennedy Alencar… Será que veremos mais um jornalista demitido?

Gráfica da Folha de São Paulo que vazou ENEM é condenada pela Justiça: E aí? Serra vai colocar no horário eleitoral?

Muda o filme. Porém os atores são, quase todos, os mesmos…

Da Hora do Povo:

Vice de Serra é processado por desvio de dinheiro público para uma fundação do dono da Veja

06/07/2012

O ex-secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider (PSD), escolhido como candidato a vice na chapa do tucano José Serra, que disputa a prefeitura de São Paulo, é acusado de desvio de dinheiro público da prefeitura e do governo do Estado para favorecer a Fundação Victor Civita – ONG ligada ao grupo Abril, proprietário da revista Veja.

O processo tramita na 12ª Vara da Fazenda Pública.

A promotoria acusa Schneider de compadrio político, violando o princípio da impessoalidade, por contratar a fundação para prestação de serviço no chamado “Projeto de Formação Continuada para Diretores e Supervisores”, durante o período em que foi secretário de Educação na administração do atual prefeito Gilberto Kassab.

Serra e Schneider: A repetição de um velho filme… E o eleitor? Será que vai cair nessa?

O enredo parece de filme antigo.

Em São Paulo, o eleitor já foi enganado antes…

Em 2004, quando votou em Serra, São Paulo acabou levando Kassab.

O atual prefeito, cria política de Serra, que hoje amarga severa rejeição popular (clique aqui).

Kassab que impediu que deficientes físicos pudessem garantir seu sustento (clique aqui).

Kassab que criou em São Paulo as rampas anti-mendigos, (clique aqui), que proibiu o trabalho de artistas de rua (clique aqui).

Que teve sua gestão marcada por fraudes e escândalos (clique aqui, aqui, aqui e aqui).

Porém, na gestão Kassab, também tem gente que só teve motivos para comemorar…

Do Correio do Brasil:

Vereadores financiados por setor imobiliário são reeleitos em São Paulo

11/10/2012

Quatrodos seis integrantes da CPI dos Incêndios em Favelas conseguiram sereeleger ao cargo de vereador na cidade de São Paulo com campanhasfinanciadas pelo setor imobiliário. De acordo com dados parciais já divulgados pela Justiça Eleitoral, os reeleitos Ricardo Teixeira(PV), Souza Santos (PSD), Edir Sales (PSD) e Toninho Paiva (PR)receberam, juntos, R$ 826 mil de empresas do setor. Só a vereadora Edir Sales, a campeão de arrecadação do quarteto, recebeuexatamente R$ 620 mil de empresas daquele setor.

Enquanto isso…

Instalada pela Câmara dos Vereadores de São Paulo para investigar a causa das constantes ocorrências de incêndios em favelas na capital paulista,a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incêndios está emperrada. Desde a sua criação, em abril, reúne apenas documentose declarações, realizou três reuniões e outras cinco foram canceladas por falta de quórum.

A omissão dos vereadores, todos aliados ao prefeito Gilberto Kassab(PSD), causa estranheza diante da situação de alerta pelo qual passam as comunidades.

Perto de 600 incêndios em favelas desde 2008 não tiveram a devida atenção dos vereadores da base aliada ao prefeito Gilberto Kassab. Eles simplesmente faltaram às reuniões (clique aqui).

Tem gente que acha que isso é ‘governar para o povo’…

Serra, que mais uma vez é candidato e tem como vice Alexandre Schneider, apóia o governo Kassab.

Seria bom o eleitor ter cuidado.

Veja também:

São Paulo, a capital do ’mundo cão’: Kassab ao retirar camelôs do centro, expulsa também deficientes físicos!!

Cara de pau! Após abandonar a cidade, Serra vai fazer propaganda de Kassab e dizer que deixou São Paulo em ”boas mãos”

Imagem: ajusticeiradeesquerda.blogspot.com

Se você ainda acha que o tucano é o ‘mais preparado’ para administrar São Paulo, precisa se informar um pouco mais.

Vamos contribuir com um pouco de informação.

Do Estadão:

Obra do Rodoanel desaba sobre rodovia Régis Bittencourt em SP

Três vigas de sustentação caíram sobre um caminhão e dois carros, deixando ao menos três pessoas feridas

13/11/2009

Pelo menos três pessoas ficaram feridas na noite desta sexta-feira, 13, após a queda de vigas de sustentação de um viaduto em construção no trecho sul do Rodoanel Mário Covas, em Embu das Artes, na Grande São Paulo. O governador de São Paulo, José Serra, esteve no local, onde se disse aliviado por não haver vítimas fatais.

TCU

Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), entre maio e julho de 2008, apontou alterações no projeto básico da obra. Para reduzir os custos, as empresas contratadas alteraram métodos construtivos, com redução no número de vigas usadas em pontes, substituição de estacas metálicas por pré-moldadas e troca de areia por brita em muros de contenção. “Assim, usaram menos material de construção, mas receberam o mesmo dinheiro”, explica o relatório do Tribunal.

O documento do TCU aponta as irregularidades como “graves” e passíveis de resultar numa “combinação altamente danosa às finanças” da União e do Estado. “O desdobramento do processo pode gerar repactuação contratual, anulação do contrato e ressarcimento de valores.”

Fura-fila

Integra o consórcio responsável pelo lote 5 a empresa Carioca. Trata-se da mesma empresa responsável pela obra do viaduto do Fura-Fila que caiu na Vila Prudente, em 1º de abril de 2008. O lote 5, com 35 pontes e viadutos, tem 18,6 km de extensão e representa 19,7% da obra.

Da ISTOÉ:

Contratado para acelerar obra, Paulo Preto desprezou a qualidade

Para cumprir prazo, ex-diretor da Dersa antecipa pagamentos a empreiteiras, que teriam passado a usar materiais inferiores em trecho do Rodoanel que desabou sobre carros

25/10/2010

paulopreto.jpg

O ex-diretor da Dersa – empresa responsável pela manutenção das rodovias paulistas – Paulo Vieira de Souza permitiu que a empreiteira que construía o trecho sul do Rodoanel na grande São Paulo fizesse alterações no projeto, o que incluiu o uso de materiais mais baratos. O acordo foi feito para que a obra fosse entregue em um prazo menor. O objetivo era terminar o trecho até abril deste ano, quando o então governador do Estado José Serra iria deixar o cargo para concorrer à Presidência da República. Paulo Preto teria sido admitido na Dersa justamente com a missão de impedir que o atraso na obra prejudicasse a imagem do candidato.

A queda das vigas do Rodoanel já foi bastante grave, porém tinha coisa ainda pior.

Cidadãos perderam a vida, porque alguém queria aumentar seus lucros.

Eles tinham nomes:

Reinaldo Aparecido Leite

Wescley Adriano da Silva

Valéria Alves Marmit

Márcio Rodrigues Alambert

Abigail Rossi de Azevedo

Francisco Sabino Torres

Cícero Agostinho da Silva

Tinham família.

Porém foramesquecidos pelo Governo de São Paulo (clique aqui).

Da Folha:

Omissão do Metrô provocou cratera, afirma promotor

30/03/2010

Três anos depois do maior acidente nas obras do metrô de São Paulo, o Ministério Público ingressou com uma ação civil na qual aponta a omissão da companhia como o principal fator para a tragédia que deixou sete mortos em janeiro de 2007 no canteiro de obras em Pinheiros (zona oeste de SP).

Pelos danos materiais e morais provocados contra a população paulista, a Promotoria quer que a Justiça condene seis funcionários do Metrô ao pagamento de uma indenização de quase R$ 240 milhões.

Na ação, o Consórcio Via Amarela (CBPO [grupo Odebrecht], OAS, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Alstom), que constrói a linha 4 do metrô, também é apontado como responsável pelo acidente.

Para o promotor Saad Mazloum, além da série de problemas, como até erro de cálculos, o Metrô permitiu que as empresas fizessem uma economia irregular na obra, em detrimento da segurança, e que essa redução dos custos foi a forma que as empresas encontraram para ganhar mais dentro do modelo “turn key” (chave na mão, numa tradução livre).

“Essas empresas, objetivando aumentar os lucros, reduziram os custos –já que era um contrato fechado, que previa um determinado valor”, disse o promotor.

“A única maneira de aumentar a gordura dos lucros era reduzindo os custos. Para isso, as empresas não se constrangeram em adotar esse tipo de procedimento: economizando em material, economizando em pessoas, em profissionais, até em tecnologia”, afirmou Mazloum na ação.

O promotor disse que esse modelo de contratação não isenta o metrô de fiscalizar a execução da obra, pelo contrário, é um dever legal. “Ele [metrô] simplesmente abdicou dessa importante missão que lhe é deferida por lei”, disse o promotor.

O Consórcio Via Amarela, que tentou aumentar seu lucro reduzindo custos, divulgou um laudo culpando rocha pelo acidente (clique aqui) .

Culpar a rocha é o mesmo que culpar a faca pela facada…

É uma piada…

E de péssimo gosto.

Até quando teremos leis que beneficiam a prática de crimes?

Até quando os infratores serão tratados como CIDADÃOS, e as vítimas como COISAS?

Até quando teremos uma justiça, que julga olhando a capa de Veja.

Ou o Jornal Nacional.

E, tem gente que ainda bate palmas para esses caras…

Veja também:

Parentes de vítimas da cratera do Metrô são barrados na entrada da estação Pinheiros

Cratera do Metrô: Quem te mata continua impune… Até quando??

Ele vai ter coragem? Vereadores eleitos da base kassabista exigem que Serra, no segundo turno, carregue o pesado prefeito nas costas…

Buraco em Pinheiros é o 12º acidente das obras da linha 4

Vereadores da base kassabista da Câmara Municipal, que deveriam ficar quietinhos e felizes por terem escapado mira de um povo que rejeitou a administração de Gilberto Kassab (clique aqui), agora resolvem partir para o ataque.

A expressão do candidato Serra, mostra claramente a alegria de ser intimado a carregar Kassab, logo após receber a notícia de que o petista Fernando Haddad segue dez pontos à sua frente na corrida eleitoral.

Com tamanho peso, é difícil acreditar que o tucano tenha fôlego de continuar na corrida…

Da EXAME:

Vereadores eleitos exigem de Serra defesa de Kassab

10/10/2012

José Serra, do PSDB

Vereadores cobraram nesta terça-feira (9) de José Serra (PSDB) a defesa das realizações do prefeito Gilberto Kassab (PSD) como condição para entrarem “de cabeça” na campanha do candidato no 2.º turno das eleições municipais. A cobrança, uma orientação do próprio Kassab, foi feita pelo líder do PSD, Marco Aurélio Cunha, de Roberto Trípoli (PV), líder de governo e vereador mais votado, e do presidente da Casa, José Police Neto (PSD).

A defesa de Kassab, feita pelo ex-diretor sãopaulino Marco Aurélio Cunha, chega a ser comovente.

“O prefeito está sendo injustiçado pelo paulistano porque ninguém mostrou nem defendeu suas obras no 1.º turno. Não foram mostrados os avanços, ele só foi criticado sem defesa. Isso tem de mudar no 2º. turno. Até pelo sucesso da campanha”, afirma Marco Aurélio Cunha, reeleito no domingo. “O Kassab pode deixar a Prefeitura desgastado de tanto que apanhou na eleição sem que ninguém o tivesse defendido. Isso pode prejudicar o prefeito no futuro”, acrescenta.

Enquanto isso, ninguém derramou uma lágrima pelo povo que viu surgir as rampas anti mendigos (clique aqui).

Que viu trabalhadores ambulantes sendo tratados como cães (clique aqui e aqui).

Nem mesmo deficientes físicos foram perdoados (clique aqui).

Que viu artistas de rua sendo proibidos de trabalhar (clique aqui).

Que também viu as fraudes na inspeção Controlar (clique aqui), no Aprov onde um diretor da Prefeitura de São Paulo, conseguiu mais de 100 imóveis em sete anos de trabalho (clique aqui e aqui).

Que viu corrupção a valer a feirinha do Brás (clique aqui).

E não é tudo, tem muito mais… 

Então, QUER MAIS? VOTE SERRA!!

Será que essa é a mensagem que Serra deseja transmitir ao eleitor paulistano??

Veja também:

Controlar: MP pede afastamento de Kassab por fraude

MP: Esquema de corrupção na Prefeitura vai além de Aref e Aurélio Miguel

Nos porões da mídia golpista: A Veja, que apóia Serra, acusa os ‘mensaleiros do PT’? Pois Serra pagou bem caro pelo apoio deles…