Tag Archive: Desgoverno


Para quem tem pouca memória, é bom dar uma breve passada pelos tempos de Fernando Henrique Cardoso.

E olha que, naquele tempo, ninguém sequer pensava em falar em redução nas tarifas de energia.

O PSDB "cuidando" do petróleo brasileiro... Lembram como era?

O PSDB “cuidando” do petróleo brasileiro… Lembram como era?

Da Veja:

Dinheiro fácil

Para fazer caixa, o governo aumenta
o preço da gasolina nas refinarias

09/12/1998

O motorista recebeu uma ferroada na boca do tanque na última sexta-feira. O governo autorizou as refinarias de petróleo a aumentar o preço dos combustíveis, as distribuidoras e os postos repassaram o aumento, e o resultado é que o litro da gasolina poderá ficar entre 6% e 8% mais caro. Quem não tem carro, da mesma forma, pode sentir alguma dor. O gás de cozinha também subiu. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, FGV, a inflação pode subir até 0,30 ponto porcentual em dezembro só por causa desse aumento. A gasolina é uma das charadas mais antigas e inquebráveis da economia brasileira. Em 1990, o barril de petróleo custava 28 dólares no mercado internacional — enquanto a gasolina valia o equivalente a 84 centavos de real. O preço do petróleo despencou. Custa agora 11 dólares o barril. O brasileiro não se beneficiou com a redução. Pagava na semana passada cerca de 80 centavos de real por litro. E agora deverá pagar ainda mais.

O aumento da semana passada faz parte do esforço governamental para arrecadar mais dinheiro, de forma a cobrir seus rombos. Se a gasolina fica mais cara, calcula Brasília, cresce a receita nos impostos cobrados sobre o combustível.

Aumentar combustíveis para cobrir rombos…

Bem diferente do que ocorre agora, quando a Petrobras libera reajustes com valores abaixo do esperado pelo mercado (clique aqui).

Bem diferente do tempo de FHC, quando tinha reajuste de combustível para cobrir rombo no governo.

Realmente, a oposição está cheia de moral para criticar o governo Dilma.

Veja também:

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada… (part.01)

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada… (part.02)

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada… (part.final)

Imagem: loupigaroupi.zip.net

Kassab agora afirma que o próximo prefeito não conseguirá resolver os problemas da cidade de São Paulo em quatro anos.

Do descontrole às irregularidades: Kassab chamou cidadão de ‘vagabundo’, porém empregou o homem que, em sete anos conseguiu mais de cem imóveis…

Do Terra:

“Sucessor não resolve problemas da cidade em 4 anos”, diz Kassab

28/10/2012

Ao que parece, Kassab se esqueceu que, nos últimos oito anos, ele e Jose Serra (atual candidato tucano), estiveram à frente do município de SP.

E, neste período, a cidade não foi marcada pela competência.

Muito pelo contrário…

Nas mãos de Kassab, São Paulo chegou até a ser motivo de piada (clique aqui).

Os casos de irregularidades na Controlar (clique aqui), quase custaram o cargo de Kassab.

No Aprov, teve funcionário com enriquecimento monstruoso. A ponto de seu salário oficial não dar, sequer, para pagar os impostos dos inúmeros imóveis adquiridos (clique aqui).

Nem mesmo quem morreu teve paz em São Paulo, já que tivemos com Kassab uma verdadeira máfia no serviço funerário (clique aqui).

Nem mesmo os inúmeros incêndios que atingiram favelas, foram apurados por Kassab e seus vereadores, maioria na Câmara Municipal (clique aqui e aqui).

Agora Kassab afirma que quatro anos é pouco para resolver os problemas.

E, eles ainda se candidataram para tentar resolver…

Veja também:

Terra de ninguém: Em SP médicos fogem dos hospitais públicos

Inadmissível: Kassab condena greve e aumenta seu próprio salário

Não é brincadeira!! Kassab defende que paulistano se mude!!

Palhaçada!! Médica processada por fraudar plantões é contratada pela prefeitura de São Paulo

Imagem: luiscarlosgusmao.wordpress.com

Alckmin já havia causado polêmica, ao aparecer junto com Ney Santos, ex-presidiário e ligado a organização criminosa PCC.

Ao que parece, eles combinaram o discurso.

Primeiro o governador.

Da Folha:

‘Quem não reagiu está vivo’, disse Alckmin sobre confronto da Rota

12/09/2012

Agora o bandido.

Do Terra:

‘Tá vendo o que dá reagir’, diz suspeito de matar garota em SP

22/10/2012

As frases parecem até que foram ditas pela mesma pessoa.

Parecem, mas não foram.

Não foram ditas pela mesma pessoa, mas se pode perceber a perfeita sintonia entre eles.

Sintonia que falta entre governo e polícia.

A falta de investimento em inteligência policial, a falta de um plano de valorização profissional para homens que arriscam suas vidas, buscando oferecer um pouco mais de segurança para a sociedade.

Diante da inércia do governo, podemos ver em São Paulo, policiais sendo literalmente caçados por criminosos.

Neste ano, já temos um aumento de mais de 40% de policiais assassinados (clique aqui).

E o número de baixas só faz aumentar.

No mês passado.

Mais de 70 policiais foram mortos em SP em 2012

Nesse mês.
Sobe para 81 o número de policiais mortos em São Paulo

Se nem sequer os policiais conseguem ter segurança, o que dizer do cidadão comum?

Cidadão que paga um preço altíssimo e não recebe retorno dos impostos pagos.

Até quando veremos o crescimento do crime e da sensação de insegurança em São Paulo?

Veja também:

Ladrões matam garota de 15 anos e debocham

Candidato da coligação demotucana é acusado de envolvimento com o PCC

Suspeito de elo com PCC movimenta R$ 6 mi por mês

Imagem: osamigosdopresidentelula.blogspot.com

Se você ainda acha que o tucano é o ‘mais preparado’ para administrar São Paulo, precisa se informar um pouco mais.

Vamos contribuir com um pouco de informação.

Do Estadão:

Obra do Rodoanel desaba sobre rodovia Régis Bittencourt em SP

Três vigas de sustentação caíram sobre um caminhão e dois carros, deixando ao menos três pessoas feridas

13/11/2009

Pelo menos três pessoas ficaram feridas na noite desta sexta-feira, 13, após a queda de vigas de sustentação de um viaduto em construção no trecho sul do Rodoanel Mário Covas, em Embu das Artes, na Grande São Paulo. O governador de São Paulo, José Serra, esteve no local, onde se disse aliviado por não haver vítimas fatais.

TCU

Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), entre maio e julho de 2008, apontou alterações no projeto básico da obra. Para reduzir os custos, as empresas contratadas alteraram métodos construtivos, com redução no número de vigas usadas em pontes, substituição de estacas metálicas por pré-moldadas e troca de areia por brita em muros de contenção. “Assim, usaram menos material de construção, mas receberam o mesmo dinheiro”, explica o relatório do Tribunal.

O documento do TCU aponta as irregularidades como “graves” e passíveis de resultar numa “combinação altamente danosa às finanças” da União e do Estado. “O desdobramento do processo pode gerar repactuação contratual, anulação do contrato e ressarcimento de valores.”

Fura-fila

Integra o consórcio responsável pelo lote 5 a empresa Carioca. Trata-se da mesma empresa responsável pela obra do viaduto do Fura-Fila que caiu na Vila Prudente, em 1º de abril de 2008. O lote 5, com 35 pontes e viadutos, tem 18,6 km de extensão e representa 19,7% da obra.

Da ISTOÉ:

Contratado para acelerar obra, Paulo Preto desprezou a qualidade

Para cumprir prazo, ex-diretor da Dersa antecipa pagamentos a empreiteiras, que teriam passado a usar materiais inferiores em trecho do Rodoanel que desabou sobre carros

25/10/2010

paulopreto.jpg

O ex-diretor da Dersa – empresa responsável pela manutenção das rodovias paulistas – Paulo Vieira de Souza permitiu que a empreiteira que construía o trecho sul do Rodoanel na grande São Paulo fizesse alterações no projeto, o que incluiu o uso de materiais mais baratos. O acordo foi feito para que a obra fosse entregue em um prazo menor. O objetivo era terminar o trecho até abril deste ano, quando o então governador do Estado José Serra iria deixar o cargo para concorrer à Presidência da República. Paulo Preto teria sido admitido na Dersa justamente com a missão de impedir que o atraso na obra prejudicasse a imagem do candidato.

A queda das vigas do Rodoanel já foi bastante grave, porém tinha coisa ainda pior.

Cidadãos perderam a vida, porque alguém queria aumentar seus lucros.

Eles tinham nomes:

Reinaldo Aparecido Leite

Wescley Adriano da Silva

Valéria Alves Marmit

Márcio Rodrigues Alambert

Abigail Rossi de Azevedo

Francisco Sabino Torres

Cícero Agostinho da Silva

Tinham família.

Porém foramesquecidos pelo Governo de São Paulo (clique aqui).

Da Folha:

Omissão do Metrô provocou cratera, afirma promotor

30/03/2010

Três anos depois do maior acidente nas obras do metrô de São Paulo, o Ministério Público ingressou com uma ação civil na qual aponta a omissão da companhia como o principal fator para a tragédia que deixou sete mortos em janeiro de 2007 no canteiro de obras em Pinheiros (zona oeste de SP).

Pelos danos materiais e morais provocados contra a população paulista, a Promotoria quer que a Justiça condene seis funcionários do Metrô ao pagamento de uma indenização de quase R$ 240 milhões.

Na ação, o Consórcio Via Amarela (CBPO [grupo Odebrecht], OAS, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Alstom), que constrói a linha 4 do metrô, também é apontado como responsável pelo acidente.

Para o promotor Saad Mazloum, além da série de problemas, como até erro de cálculos, o Metrô permitiu que as empresas fizessem uma economia irregular na obra, em detrimento da segurança, e que essa redução dos custos foi a forma que as empresas encontraram para ganhar mais dentro do modelo “turn key” (chave na mão, numa tradução livre).

“Essas empresas, objetivando aumentar os lucros, reduziram os custos –já que era um contrato fechado, que previa um determinado valor”, disse o promotor.

“A única maneira de aumentar a gordura dos lucros era reduzindo os custos. Para isso, as empresas não se constrangeram em adotar esse tipo de procedimento: economizando em material, economizando em pessoas, em profissionais, até em tecnologia”, afirmou Mazloum na ação.

O promotor disse que esse modelo de contratação não isenta o metrô de fiscalizar a execução da obra, pelo contrário, é um dever legal. “Ele [metrô] simplesmente abdicou dessa importante missão que lhe é deferida por lei”, disse o promotor.

O Consórcio Via Amarela, que tentou aumentar seu lucro reduzindo custos, divulgou um laudo culpando rocha pelo acidente (clique aqui) .

Culpar a rocha é o mesmo que culpar a faca pela facada…

É uma piada…

E de péssimo gosto.

Até quando teremos leis que beneficiam a prática de crimes?

Até quando os infratores serão tratados como CIDADÃOS, e as vítimas como COISAS?

Até quando teremos uma justiça, que julga olhando a capa de Veja.

Ou o Jornal Nacional.

E, tem gente que ainda bate palmas para esses caras…

Veja também:

Parentes de vítimas da cratera do Metrô são barrados na entrada da estação Pinheiros

Cratera do Metrô: Quem te mata continua impune… Até quando??

Ele vai ter coragem? Vereadores eleitos da base kassabista exigem que Serra, no segundo turno, carregue o pesado prefeito nas costas…

Buraco em Pinheiros é o 12º acidente das obras da linha 4

E pagou com o seu dinheiro…

Do R7:

Serra deu R$ 34 milhões à editora que publica a revista Veja quando era governador de SP

29/04/2012

Tucano escolheu um ex-jornalista da revista para assumir sua campanha à Prefeitura de SP

Um levantamento feito junto ao Diário Oficial do Estado de São Paulo mostra que o ex-governador José Serra, quando ocupava o cargo, pagou cerca de R$ 34 milhões ao longo de um ano ao Grupo Abril, responsável pela publicação da revista Veja.

Além disso, na época, o tucano também apresentou proposta curricular que obrigava a inclusão no ensino médio de aulas baseadas nas edições do Guia do Estudante, outra publicação do grupo.

Enquanto isso Serra tirava dinheiro da educação (clique aqui), da segurança (clique aqui e aqui), da saúde (clique aqui e aqui), dos transportes (clique aqui), da habitação (clique aqui)…

Mas o tucano, tão querido pelos veículos de comunicação, não será responsabilizado.

Enquanto nosso dinheiro ia para a Veja, o cidadão teve que investir em educação particular, segurança particular, planos de saúde particular, transporte particular (teve que colocar seu carro nas ruas) e, caso não tenha pago bem caro, continuou sem perpectivas de moradia digna.

De lá para cá a coisa não mudou muito em São Paulo. Há pouco, a diretora da secretaria municipal de Habitação de São Paulo afirmou que para ser cidadão na capital paulista, é preciso pagar (clique aqui).

Pois é, na São Paulo de Serra e Kassab, tudo tem um preço.

Desde a ‘imprensa livre’, até o direito à cidadania…

Veja também:

Serra ignora greve dos professores de SP; ouça

Policiais civis em greve e policiais militares entram em confronto em SP

SP: superlotadas, UTIs neonatais usam aparelhos emprestados

Serra, com altíssimo índice de rejeição popular, tenta destruir a imagem de Haddad.

Afinal o petista representa hoje sua maior ameaça de derrota eleitoral, já no primeiro turno (clique aqui).

O tucano, que eleito prefeito em 2004, abandonou o cargo nas mãos de Gilberto Kassab.

Eleito para um mandato de quatro anos, cumpriu pouco mais de um ano.

Kassab, que governou bem longe do povo e, como consequencia teve desaprovação popular recorde, agora recebe auxílio midiático (clique aqui). 

Kassab: Perto da mídia e longe do povo. A criação de Serra mostra sua obra para o povo mais humilde. Entre 2008 e 2011 foram mais de 500 incêndios em favelas

Do Terra:

Haddad rebate Serra: ‘ele não tem expediente na educação’

30/09/2012

Acusado ontem pelo adversário José Serra (PSDB) de ter sido um ministro da Educação “medíocre”, o candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou neste domingo que o tucano “não tem expediente na educação”.

“Uma pessoa que defende a administração do (prefeito Gilberto) Kassab não pode me elogiar. Ele tem uma forma de avaliação bem diferente da minha e da população em geral”, afirmou Haddad

Outra crítica disparada no sábado por Serra foi que Haddad “fez com que o número de formados nas universidades federais caísse no Brasil”. “Completamente errado”, respondeu o petista, e atacou de volta. “O Serra não tem expediente na educação. Ele não conhece os dados educacionais do País e muito menos de São Paulo. Um dos poucos secretários de educação que não cumpriram as metas do Ministério da Educação, que foram pactuadas e assinadas pelos prefeitos, foi o vice dele”, devolveu Haddad, referindo-se a Schneider.

É difícil avaliar Serra à frente da educação pública da cidade de São Paulo.

Como ele logo abandonou o cargo de prefeito, a avaliação ficou para seu “filhote político”, Kassab.

Do Última Instância:

MP-SP entra com ação contra Kassab por falta de vagas no ensino infantil

11/09/2012

Na semana em que o Plano Diretor da cidade completa dez anos, uma análise sobre a educação na cidade é desanimadora: a área é uma das que mais sofre com a falta de investimentos.

São Paulo, em sua educação, também não guarda boas recordações de Serra governador.

Do PSOL:

Polícia de Serra agride professores em greve

28/03/ 2010

Ao que parece, o cidadão está farto de palavras fortes, vindas de governantes ausentes…

Veja também:

Antológico!! O dia em que Hebe deixou Serra com cara de bosta

Incêndios em favelas e a especulação inflamável

Imagem: http://www.facebook.com

Falar em dia sem carro, sem dar uma opção de qualidade para o cidadão se deslocar pela sua cidade é puni-lo.

E punir um cidadão já cansado de ser punido.

São Paulo quer ter hábitos de primeiro mundo.

É muito difícil, quando são prestados serviços dignos de província (clique aqui e aqui).

Dia sem carro, sem bike, sem nada: E se fosse em uma segunda-feira??

Do R7:

Dia Mundial Sem Carros será “comemorado” em SP sem investimento em transporte público, dizem especialistas

22/09/2012

De um ano para cá, ações foram insignificantes para mobilidade urbana na capital

No Dia Mundial Sem Carros, comemorado neste sábado (22), a capital paulista estará repleta de ações para incentivar as pessoas a reduzirem o uso do veículo individual. Nas ruas, haverão faixas reversíveis para quem estiver com carona, reforço nas linhas de ônibus, abertura das ciclovias. Porém, nos “dias normais”, os moradores da cidade com a maior frota do País não conseguem abrir mão do carro porque não têm transporte público de qualidade, de acordo com especialistas ouvidos pela reportagem do R7.

Para o especialista Horácio Figueira, consultor de trânsito e professor de engenharia de transportes, a única ação eficiente feita pela prefeitura durante os quase oito anos da atual gestão foi a ampliação das faixas exclusivas de ônibus. Mas, segundo Figueira, a administração municipal demorou muito tempo para implantar essa medida, que não “demora mais que uma semana para ser implantada”.

Mudança de hábito
Sem transporte público de qualidade fica difícil a população abandonar o uso dos automóveis, segundo o também especialista em trânsito Sérgio Ejzenberg. Para ele, se hoje a população usa o carro é porque “é vítima da falta de transporte, não porque não seja consciente da situação do trânsito”.

— Um bom exemplo é a linha Amarela do Metrô. Com a inauguração do ramal e as novas estações, lotou muito, as pessoas aderiram. Estacionamentos da região da Faria Lima chegaram a esvaziar. Manter um carro é caríssimo. Tem gasto com combustível, estacionamento, multas. Quando houver boas alternativas, as pessoas naturalmente abandonam os veículos. Hoje, da forma que estamos, se todos largassem os carros para usar o transporte público não seria possível. O sistema, que é superlotado e perigoso, não suportaria a demanda.

As pessoas realmente gostariam de deixar seus carros em casa.

Mas fica difícil falar em dia sem carro, socados dentro do transporte público.

Tem político que defende o atual governo, mas vai cumprir seus compromissos de helicóptero (clique aqui).

Todos gostariam de contribuir para a qualidade do ar em nossa cidade.

E gostariam de contribuir TODOS OS DIAS.

Talvez um dia seja possível, quando o cidadão aprender a votar…

Veja também:

Esse é do povo: Serra vai à zona leste de São Paulo… DE HELICÓPTERO!!

Copa do Mundo no Brasil: Um país que nunca teve infraestrutura, precisará ter até 2014

Tem gente que critica a realização de uma Copa do Mundo no Brasil.

Muitos desses críticos fazem parte da oposição ao governo federal.

Muitos governam estados e municípios brasileiros.

Talvez os críticos não queiram saber, mas quando falamos em Copa do Mundo, falamos também de aeroportos ou novas linhas de metrô, por exemplo. Esse tipo de estrutura é carente no Brasil, a construção delas já era necessária muito antes de o país ser escolhido como sede da Copa-2014. O evento trouxe a obrigação de que elas fossem erguidas, o que não deixa de ser vergonhoso, pois, sem a Copa, provavelmente os projetos nem existiriam (clique aqui).

Quando falamos em contrução de estádios, não há muito o que reclamar. As obras dos estádios para a Copa do Mundo de 2014 estão a pleno vapor. Tudo indica que a competição vai ocorrer sem sobressaltos. Mas há sérias dúvidas de que o evento trará os benefícios prometidos para a população (clique aqui).

Será difícil, em tão pouco tempo, fornecer o necessário para acomodar tanta gente.

Políticos, acostumados a criticar e emperrar a máquina pública, geralmente trabalham apenas para o próprio bem, ou para o bem de seu grupo político.

Não estão acostumados a trabalhar pelo país.

Copa do Mundo: Vai ser curioso ver o turista, que sairá de diversos lugares do mundo, para ver de perto os efeitos do desgoverno…

Do Terra:

Para Andrés Sanchez, Copa do Mundo não deixará legado ao Brasil

21/09/2012

“A grande vantagem de um evento como a Copa do Mundo é o legado que vai deixar para a população. Infelizmente, acho que na maioria das cidades esse legado não será deixado. O que era para ser feito em dez, 15 anos, vai ser feito em dois”, comentou o dirigente, na noite de quinta-feira, em palestra na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo.

“A gente tem que aproveitar um evento como a Copa do Mundo para dar uma melhoria ao cidadão. Isso, sim, é muito mais importante que o futebol, que é apenas um jogo”, acrescentou Sanchez.

Vale lembrar que, desde outubro de 2007, quando houve a definição do país sede (clique aqui), estados e municípios deixaram de fazer a sua parte.

O Metrô de São Paulo, por exemplo, históricamente não recebe dos sucessivos governos estaduais, investimentos da importância e do tamanho da capital paulista (clique aqui).

Vale lembrar também que São Paulo é uma das sedes da Copa e uma das maiores cidades do mundo.

Nos restam menos de dois anos para aprontar um evento digno da sexta maior economia do mundo (clique aqui).

Se, tendo uma Copa do Mundo pela frente, está difícil ver as coisas andarem.

Imagine então como as coisas estariam, sem esta responsabilidade…

Veja também:

Estrutura Copa-2014: quem vai aproveitar?

São Paulo: Primeiro a incompetência, agora a piada. Depois de mais de vinte anos tentando despoluir o rio, Alckmin quer ver passeios turísticos pelo Tietê…

Imagem: envolverde.com.br

Quem não vive em São Paulo, deve ter achado graça da notícia.

Porém, quem paga caro para ver a “despoluição” do rio e não vê nada, além do seu dinheiro desaparecer, não deve estar feliz.

Desde 1992, ouvimos a mesma conversa de despoluição do rio.

Mas, tirando a conversa mole, temos visto muito pouca ação afetiva (clique aqui).

A despoluição do rio passou pelos governos Fleury, por dois governos Covas, por Geraldo Alckmin, por Serra e voltou para Alckmin.

Tirando o primeiro, todos os outros governadores pertencendo a um único partido.

Até na tragédia,eles fazem propaganda…

Seria melhor que o governador se limitasse a pegar o nosso dinheiro suado, ficando calado.

Mas ele gosta de falar…

Do Estadão:

Alckmin quer barco turístico no Tietê

18/09/2012

Em três anos, o Rio Tietê terá passeios de bateau mouche como os do Rio Sena, de Paris, segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Nesta terça-feira, 18, durante a apresentação de uma das 564 obras em andamento da terceira fase do Projeto Tietê, Alckmin disse que, com a conclusão dessa etapa de despoluição, prevista para 2015, as águas do Tietê estarão sem odor e já terão alguma vida aquática. Por isso, seria possível, segundo ele, que o curso das águas se tornasse um novo ponto turístico da cidade.

Ponto turístico, o Tietê.

Partindo dessa linha de raciocínio, poderíamos ter outros pontos turísticos.

Poderíamos navegar pelas ruas, durantes as enchentes.

Poderíamos também fazer excursões para acompanhar os incêndios em nossas favelas.

Prá quem gosta de ver tragédias na TV, travestidas de “jornalismo verdade” (clique aqui), está inaugurada uma nova modalidade de turismo.

Talvez, realmente, seja bom.

Assim todos poderão ver de perto a incompetência de nossos governantes…

Obs: A postagem de hoje saiu, atendendo a um pedido especial.

Veja também:

Tietê: Limpo como a consciência tucana

Após 18 anos e US$ 1,6 bi, Tietê fica pior na grande SP

Imagem: tonigumauskas.wordpress.com

Com o oferecimento da dobradinha Serra/Kassab, a cidade de São Paulo inaugura uma nova modalidade de picaretagem.

Eles, que já nos brindaram com as fraudes no Controlar, que quase custaram o cargo de Kassab (clique aqui).

Até quando teremos que ver vigaristas rindo na nossa cara?

Que já nos surpreenderam com a máfia do Aprov, cujo diretor conseguiu, em sete anos de trabalho para Serra e Kassab adquirir mais de 100 imóveis (clique aqui).

O mesmo diretor que foi pêgo trocando imóvel por alvará com empresário (clique aqui).

Que, nem mesmo na hora da morte do cidadão, deixou de meter a mão no bolso do paulistano.

Em seu governo, urnas funerárias usadas eram reaproveitadas e vendidas ilegalmente por funcionários da prefeitura (clique aqui). 

E tudo sob os olhos daqueles que foram eleitos para cuidar de nossa cidade.

A novidade, diante de tanta coisa, não soa como surpreendente.

Da Bandeirantes:

Denúncia: Oficinas alugam extintores e pneus para vans escolares serem vistoriadas pela Prefeitura

03/09/2012

Em São Paulo, oficinas ALUGAM extintores e até pneus para que vans escolares, que circulam de forma irregular, consigam “passar” na vistoria feita pela Prefeitura.

O absurdo é tão grande que, o chamado “kit-vistoria” é vendido na mesma rua do Departamento de Transportes Públicos, a poucos metros de onde são feitos os testes.

E tem mais: a fraude ocorre com o “conhecimento” dos próprios funcionários da Prefeitura responsáveis pela inspeção, que dizem que “não podem fazer NADA”.

Os funcionários da prefeitura dizem que não podem fazer nada. 

A mesma prefeitura, que fiscaliza e multa você.

Não parece estranho?

Eles, que em outros casos, fazem tanto.

Para fiscalizar e agredir vendedores ambulantes, a administração Kassab se une ao governo Alckmin e contrata policiais em horário de folga para fazer o chamado “bico legalizado” (clique aqui).

Porém para coibir a ação de golpistas eles não podem fazer nada?

Bom, se eles não podem fazer, o eleitor/contribuinte, que é lesado diariamente pode fazer.

E PODE COMEÇAR NESSAS ELEIÇÕES!! 

Veja também:

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM: Empresário troca imóvel por alvará com diretor de Kassab

Primeiro a Controlar, agora a Cetesb: Irregularidades emperram prefeitura de São Paulo

Controlar: MP pede afastamento de Kassab por fraude

Mais um escândalo na São Paulo de Kassab. Agora é a máfia da urna funerária…

Imagem: veengle.com

Eles chegaram.

Agora pedem seu voto.

Mas, o que fizeram por você, nos últimos quatro anos?

Do Estadão:

Metade dos projetos da Câmara Municipal são homenagens e nomeações

30/08/2012

Estudo mostra que de 587 projetos sancionados, apenas 289 apresentam mudanças para a cidade

No ano em que a Câmara Municipal vai se renovar, devido às eleições de outubro deste ano, estudo da ONG Voto Consciente, apresentado nesta quinta-feira, 30, mostrou que dos 587 projetos de lei sancionados nesta legislatura, mais da metade, 298, foram projetos de denominação de ruas e homenagens a pessoas. Apenas 289 eram projetos de mérito, ou seja, que apresentam alguma mudança na cidade.

Eles dificilmente realizam algo de útil, mas quando realizam, quase nunca é por você…

Se você é subprefeito e recebeu aumento superior a 200%, então deve estar profundamente satisfeito com os vereadores de São Paulo (clique aqui).

Se você é um especulador imobiliário, também só tem motivos para comemorar (clique aqui).

Assim como o prefeito Gilberto Kassab, que teve amplo apoio dos vereadores (clique aqui).

Kassab, que hoje conta com rejeição popular recorde.

A ponto de 85% dos paulistanos desejarem que as ações do próximo prefeito sejam diferentes das de Kassab (clique aqui).

Se não querem mais Kassab, então fica difícil engolir quem deu sustentação à ele…

Veja também:

Os nomes dos vereadores que votaram até 236% de aumento para subprefeitos. Procure seu vereador aqui…

A questão do lixo, que polui ruas, rios, que se torna vilão das enchentes (clique aqui) e que enche os aterros sanitários, não é vista com seriedade pela gestão Kassab.

E a resultado é dramático para a cidade.

Da EXAME:

São Paulo recicla 1% de todo lixo produzido diariamente

21/06/2012

A quantidade de lixo levada para os aterros sanitários só não é maior graças ao trabalho dos catadores não ligados à prefeitura

catadora em aterro sanitário

Quando temos uma administração municipal, que jamais investiu em coleta seletiva de lixo.

Que jamais deu apoio ao profissional, responsável por transformar lixo em fonte de riqueza.

Profissional este que sempre foi visto de forma preconceituosa, especialmente pela administração Kassab.

Enquanto isso, os lixões vão ficando abarrotados. E vão proliferando, como doença contagiosa (clique aqui).

E a cidade abandonada, se torna vítima das enchentes.

Sorte que, há tempos não chove em São Paulo (clique aqui).

Quando se convive com o descaso e a incompetência, precisamos contar mesmo com a sorte.

Essa é a receita de uma tragédia anunciada…

Do Estadão:

Contêineres de coleta seletiva causam surpresa

13/06/2012

Surpresa e desconfiança são as reações de quem encontra na rua enormes contêineres de plástico verde que estão sendo instalados pela Prefeitura para a coleta de lixo reciclável. Os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) passaram a ser colocados nas calçadas paulistanas no mês passado, sem qualquer campanha educativa ou informativa, daí o espanto de quem encontra o equipamento de 1,80 metro no meio do caminho.

A falta de informação à população é típica de uma prefeitura que nada realizou e que, no último ano de governo, tenta realizar algo, de qualquer maneira.

A população não foi informada. Gilberto Kassab jamais se preocupou com isso.

E, quando se tem educação socio-ambiental, não se tem apoio por parte da administração do homem que dá nota dez para si próprio (clique aqui).

A falta de seriedade da prefeitura, em lidar com assunto tão sério, chega a ser assustador.

Do Estadão:

Em SP, lixo reciclável se acumula em prédios

10/02/2012

Os condomínios da capital estão acumulando lixo reciclável por falta de coleta seletiva. A demanda está cada vez maior, mas as 21 centrais de triagem da cidade não dão conta de processar o material produzido a cada dia. E os síndicos, após estocarem por algum tempo os resíduos recicláveis, o descartam junto com o lixo comum.

José Serra, que ao abandonar nossa cidade em 2006, colocou Kassab como prefeito, hoje apoia sua administração e prega continuidade (clique aqui).

E você? O que acha disso?

Veja também:

Produção de lixo cresce seis vezes mais do que população

Lixo das ruas também polui rios

Gilberto Kassab é um ”prefeito nota 10”, segundo o próprio

Serra lança slogan com defesa da gestão Kassab