Tag Archive: Parlamento


Quem diz que “a sociedade tem repulsa do PT”? (clique aqui).

Eduardo Cunha?

O homem que, na prática, quer que o brasileiro pobre se f#%@??

O que esse homem fez pelo povo?

“Em 1989, Cunha foi o responsável financeiro do Comitê de campanha de Collor no Rio de Janeiro. Como retribuição ganhou o cargo de presidente da Telerj. Após a saída de Collor, foi exonerado por conta de um esquema de superfaturamento em contrato da companhia com a empresa NEC, que recebeu aditivo de US$92 milhões. Ainda por sua atuação na Telerj foi um dos 44 indiciados na investigação do Esquema de PC Farias.

Em 2000 reaparece nas páginas policiais após ter que deixar a presidência da Companhia Estadual de Habitação do Rio por conta de denúncias de corrupção. Desta vez foi acusado de realizar contratos sem licitação e favorecimento de empresas fantasmas. Instado a explicar a incompatibilidade entre seus gastos e a renda declarada no período, alegou um suposto empréstimo do banco Boreal.

Em 2005 foi aberta a CPI dos Correios, que desencadeou o escândalo do mensalão. E lá estava Cunha. Foi associado ao doleiro Lucio Funaro, cujo esquema com corretoras esteve ligado ao rombo de R$309 milhões do fundo de pensão carioca Prece. Foi descoberto que o doleiro, que tornou-se delator do mensalão, pagava o aluguel de um luxuoso flat para Cunha em Brasília.

A parceria mostrou-se sólida. Em 2007, quando Cunha emplacou a indicação do ex-prefeito do Rio Luiz Paulo Conde como presidente de Furnas, a empresa pública foi levada a fazer um negócio escandaloso, denunciado quatro anos mais tarde.

Pouco depois da posse de Conde, Furnas abriu mão de adquirir um lote de ações por R$6,9 milhões. Oito meses mais tarde adquiriu o mesmo lote, de outra empresa, por R$80 milhões. R$73 milhões de ágio. Quem foi a empresa felizarda? A companhia Serra da Carioca II, do Grupo Gallway, dirigido por… Lucio Funaro, operador de Cunha.

Todas essas denúncias são públicas, assim como as acusações de seu envolvimento numa negociata imobiliária com o traficante colombiano Juan Carlos Abadia e sua relação com políticos acusados de dirigirem milícias no Rio de Janeiro. No entanto, nada disso o impediu de tornar-se o chefe do Poder Legislativo do país e de querer ainda aplicar sermões republicanos.

Responde a processos criminais no STF e no Tribunal de Justiça do Rio por improbidade administrativa, compra de votos e crime tributário, dentre outros.
Homem de bons amigos, até agora saiu sempre ileso. Foi citado nos vazamentos da Lava a Jato. Resta saber se estará na denúncia do Ministério Público ou se passará assobiando novamente.” (clique aqui).

1

Não é ele que quer acabar com o já machucado SUS (criado para atender aos brasileiros, sem distinção de classe ou categoria profissional) e beneficiar os planos de saúde? (clique aqui).

 

Falando em planos de saúde, não foi Cunha quem derrubou um pedido de investigação (CPI) sobre planos de saúde? (clique aqui).

Ainda falando em planos de saúde, foi Eduardo Cunha que incluiu um perdão de mais de R$ 2 bilhões em multas recebidas por planos de saúde que lesaram cidadãos brasileiros. (clique aqui).

Ou seja, Cunha que por décadas ajudou a si próprio e a seus “amigos”, prejudicando a sociedade, agora se acha no direito de falar em nome dessa sociedade.

Veja também:

Eduardo Cunha: carreira recheada de polêmicas

Brasileiros, a Fifa e a velha mania de empurrar seus problemas para os outros…

Imagem: http://babacadanet.com/

Anúncios

A sem-vergonhice e a falta de educação: Um povo burro é mais facilmente manipulado

E aí viu seu parlamentar?

Não deixe de ver!

Afinal, tão importante quanto saber a história, é saber quem faz a história.

E a história brasileira, sob o ponto de vista da educação, não traz motivos para se ter orgulho.

O professor brasileiro é dos mais mal pagos do mundo (clique aqui).

As instalações das nossas escolas são dignas de vergonha (clique aqui).

E aqueles que poderiam trabalhar para mudar o triste quadro… Eles fazer o quê?

Do ÚLTIMO SEGUNDO:

Câmara rejeita texto que prevê 100% da verba dos royalties para educação

06/11/2012

Veja como votaram os deputados presentes na sessão, divididos por partido.

Em vermelho estão os que votaram a favor do projeto tirando verbas da educação.

Do Portal da Câmara Federal:

Câmara dos Deputados 
Secretaria Geral da Mesa
Lista de Votantes por Partido 

 54a. LEGISLATURA
SEGUNDA SESSÃO LEGISLATIVA ORDINÁRIA
SESSÃO EXTRAORDINÁRIA Nº 292 – 06/11/2012

Abertura da sessão: 06/11/2012 16:22
Encerramento da sessão: 06/11/2012 20:22

 Proposição: PL Nº 2565/2011 – DVS – DEM – PREFERÊNCIA P/ VOTAÇÃO DO PL 2.565/2011 – Nominal Eletrônica

Início da votação: 06/11/2012 19:10
Encerramento da votação: 06/11/2012 19:34

Presidiram a Votação:
Marco Maia 
Inocêncio Oliveira 

Resultado da votação

Sim: 220
Não: 211
Abstenção: 1
Total da Votação: 432
Art. 17: 1
Total Quorum: 433
Obstrução: 2

         Presidente da Casa: Marco Maia – PT /RS

Presidiram a Sessão: 
Marco Maia – 16:23 
Inocêncio Oliveira – 19:13 
Marco Maia – 19:29 

 Orientação

PT: Não
PMDB: Não
PSDB:                                        Liberado
PSD: Liberado
PrPtdobPrpPhsPtcPslPrtb: Sim
PP: Não
PSB: Liberado
DEM: Sim
PDT: Sim
PTB: Sim
PvPps: Liberado
PSC: Liberado
PCdoB: Não
PRB: Liberado
PSOL: Não
Minoria: Liberado
GOV.: Não
Parlamentar UF Voto
DEM
Abelardo Lupion PR Sim
Alexandre Leite SP Sim
Antonio Carlos Magalhães Neto BA Sim
Augusto Coutinho PE Sim
Claudio Cajado BA Sim
Davi Alcolumbre AP Sim
Efraim Filho PB Sim
Eli Correa Filho SP Sim
Fábio Souto BA Sim
Jairo Ataide MG Sim
João Bittar MG Sim
Jorge Tadeu Mudalen SP Sim
Júlio Campos MT Sim
Lael Varella MG Sim
Lira Maia PA Sim
Luiz Carlos Setim PR Sim
Mandetta MS Sim
Mendonça Filho PE Sim
Mendonça Prado SE Sim
Onyx Lorenzoni RS Sim
Pauderney Avelino AM Sim
Paulo Cesar Quartiero RR Sim
Professora Dorinha Seabra Rezende TO Sim
Rodrigo Maia RJ Obstrução
Ronaldo Caiado GO Sim
Vitor Penido MG Sim
Total DEM: 26   
PCdoB
Alice Portugal BA Não
Assis Melo RS Não
Chico Lopes CE Não
Daniel Almeida BA Não
Evandro Milhomen AP Não
Jandira Feghali RJ Não
João Ananias CE Não
Luciana Santos PE Não
Manuela D`ávila RS Não
Osmar Júnior PI Não
Total PCdoB: 10   
PDT
Ângelo Agnolin TO Sim
Damião Feliciano PB Sim
Dr. Jorge Silva ES Não
Enio Bacci RS Sim
Felix Mendonça Júnior BA Sim
Flávia Morais GO Sim
Giovani Cherini RS Sim
João Dado SP Sim
Manato ES Não
Marcelo Matos RJ Não
Marcos Rogério RO Sim
Miro Teixeira RJ Não
Oziel Oliveira BA Sim
Paulo Pereira da Silva SP Sim
Paulo Rubem Santiago PE Sim
Reguffe DF Não
Salvador Zimbaldi SP Não
Sebastião Bala Rocha AP Sim
Sueli Vidigal ES Não
Wolney Queiroz PE Sim
Zé Silva MG Sim
Total PDT: 21   
PEN
Berinho Bantim RR Sim
Fernando Francischini PR Sim
Total PEN: 2   
PHS
José Humberto MG Sim
Total PHS: 1   
PMDB
Adrian RJ Não
Alberto Filho MA Sim
Alceu Moreira RS Não
Alexandre Santos RJ Não
André Zacharow PR Não
Antônio Andrade MG Não
Asdrubal Bentes PA Não
Benjamin Maranhão PB Não
Carlos Bezerra MT Sim
Celso Maldaner SC Não
Danilo Forte CE Não
Darcísio Perondi RS Não
Edinho Araújo SP Não
Edinho Bez SC Não
Edson Ezequiel RJ Não
Eduardo Cunha RJ Não
Elcione Barbalho PA Não
Eliseu Padilha RS Não
Fabio Trad MS Não
Fátima Pelaes AP Sim
Flaviano Melo AC Sim
Gabriel Chalita SP Não
Genecias Noronha CE Não
Geraldo Resende MS Não
Giroto MS Não
Henrique Eduardo Alves RN Não
Hermes Parcianello PR Não
Hugo Motta PB Sim
Íris de Araújo GO Sim
João Arruda PR Não
João Magalhães MG Sim
Joaquim Beltrão AL Sim
Júnior Coimbra TO Sim
Leandro Vilela GO Não
Lelo Coimbra ES Não
Leonardo Picciani RJ Não
Lucio Vieira Lima BA Sim
Luiz Pitiman DF Não
Manoel Junior PB Sim
Marçal Filho MS Não
Marcelo Castro PI Não
Marinha Raupp RO Não
Mauro Benevides CE Não
Mauro Lopes MG Não
Mauro Mariani SC Não
Nelson Bornier RJ Não
Newton Cardoso MG Não
Nilda Gondim PB Sim
Odílio Balbinotti PR Não
Osmar Serraglio PR Não
Osmar Terra RS Não
Pedro Chaves GO Sim
Pedro Novais MA Abstenção
Pedro Paulo RJ Não
Professor Setimo MA Sim
Raimundão CE Sim
Raul Henry PE Sim
Renan Filho AL Sim
Rodrigo Bethlem RJ Não
Rogério Peninha Mendonça SC Sim
Ronaldo Benedet SC Não
Rose de Freitas ES Não
Sandro Mabel GO Sim
Saraiva Felipe MG Não
Washington Reis RJ Não
Wilson Filho PB Sim
Total PMDB: 66   
PMN
Jaqueline Roriz DF Sim
Total PMN: 1   
PP
Afonso Hamm RS Sim
Arthur Lira AL Não
Beto Mansur SP Não
Carlos Magno RO Sim
Dilceu Sperafico PR Sim
Dimas Fabiano MG Sim
Eduardo da Fonte PE Sim
Esperidião Amin SC Não
Gladson Cameli AC Sim
Jair Bolsonaro RJ Não
João Leão BA Não
João Pizzolatti SC Sim
José Linhares CE Sim
José Otávio Germano RS Não
Lázaro Botelho TO Não
Luis Carlos Heinze RS Sim
Luiz Fernando Faria MG Sim
Mário Negromonte BA Sim
Missionário José Olimpio SP Sim
Nelson Meurer PR Sim
Paulo Maluf SP Não
Pedro Henry MT Sim
Renato Molling RS Não
Renzo Braz MG Sim
Roberto Balestra GO Sim
Roberto Britto BA Não
Roberto Teixeira PE Não
Sandes Júnior GO Sim
Simão Sessim RJ Não
Toninho Pinheiro MG Sim
Vilson Covatti RS Sim
Waldir Maranhão MA Sim
Total PP: 32   
PPS
Almeida Lima SE Sim
Arnaldo Jardim SP Não
Arnaldo Jordy PA Sim
Augusto Carvalho DF Sim
Carmen Zanotto SC Sim
Roberto Freire SP Sim
Rubens Bueno PR Não
Sandro Alex PR Sim
Stepan Nercessian RJ Não
Total PPS: 9   
PR
Aelton Freitas MG Sim
Anderson Ferreira PE Sim
Anthony Garotinho RJ Não
Aracely de Paula MG Sim
Bernardo Santana de Vasconcellos MG Sim
Davi Alves Silva Júnior MA Sim
Dr. Adilson Soares RJ Não
Francisco Floriano RJ Não
Gorete Pereira CE Sim
Inocêncio Oliveira PE Sim
Jaime Martins MG Sim
João Carlos Bacelar BA Não
João Maia RN Sim
Laercio Oliveira SE Sim
Lincoln Portela MG Sim
Luciano Castro RR Sim
Lúcio Vale PA Sim
Maurício Quintella Lessa AL Sim
Milton Monti SP Sim
Neilton Mulim RJ Não
Paulo Feijó RJ Obstrução
Tiririca SP Sim
Vicente Arruda CE Sim
Wellington Fagundes MT Sim
Wellington Roberto PB Sim
Zoinho RJ Não
Total PR: 26   
PRB
Acelino Popó BA Sim
Antonio Bulhões SP Não
Cleber Verde MA Sim
George Hilton MG Sim
Heleno Silva SE Sim
Jhonatan de Jesus RR Sim
Márcio Marinho BA Sim
Otoniel Lima SP Sim
Vilalba PE Sim
Vitor Paulo RJ Não
Total PRB: 10   
PRP
Jânio Natal BA Sim
Total PRP: 1   
PRTB
Aureo RJ Não
Total PRTB: 1   
PSB
Alexandre Roso RS Não
Antonio Balhmann CE Não
Audifax ES Não
Domingos Neto CE Não
Edson Silva CE Não
Givaldo Carimbão AL Sim
Glauber Braga RJ Não
Gonzaga Patriota PE Sim
Isaias Silvestre MG Não
Jonas Donizette SP Não
José Stédile RS Não
Júlio Delgado MG Sim
Keiko Ota SP Não
Laurez Moreira TO Sim
Leopoldo Meyer PR Sim
Luiz Noé RS Não
Luiza Erundina SP Não
Márcio França SP Não
Mauro Nazif RO Sim
Pastor Eurico PE Sim
Paulo Foletto ES Não
Ribamar Alves MA Sim
Sandra Rosado RN Sim
Severino Ninho PE Sim
Valadares Filho SE Sim
Valtenir Pereira MT Sim
Total PSB: 26   
PSC
Carlos Eduardo Cadoca PE Sim
Costa Ferreira MA Sim
Erivelton Santana BA Sim
Filipe Pereira RJ Não
Hugo Leal RJ Não
Leonardo Gadelha PB Não
Nelson Padovani PR Sim
Pastor Marco Feliciano SP Não
Professor Sérgio de Oliveira PR Sim
Takayama PR Sim
Zequinha Marinho PA Sim
Total PSC: 11   
PSD
Ademir Camilo MG Sim
Armando Vergílio GO Sim
Arolde de Oliveira RJ Não
Átila Lins AM Sim
Carlos Souza AM Sim
César Halum TO Sim
Danrlei De Deus Hinterholz RS Sim
Diego Andrade MG Sim
Dr. Paulo César RJ Não
Edson Pimenta BA Sim
Eduardo Sciarra PR Sim
Eleuses Paiva SP Sim
Eliene Lima MT Sim
Fábio Faria RN Sim
Felipe Bornier RJ Não
Fernando Torres BA Sim
Francisco Araújo RR Sim
Geraldo Thadeu MG Sim
Guilherme Campos SP Não
Guilherme Mussi SP Sim
Hélio Santos MA Sim
Heuler Cruvinel GO Sim
Hugo Napoleão PI Sim
Jefferson Campos SP Sim
Jorge Boeira SC Sim
José Carlos Araújo BA Sim
José Nunes BA Sim
Júlio Cesar PI Sim
Junji Abe SP Sim
Liliam Sá RJ Não
Manoel Salviano CE Sim
Marcelo Aguiar SP Sim
Marcos Montes MG Sim
Moreira Mendes RO Sim
Onofre Santo Agostini SC Sim
Paulo Magalhães BA Sim
Reinhold Stephanes PR Sim
Ricardo Izar SP Sim
Roberto Santiago SP Sim
Sérgio Brito BA Sim
Silas Câmara AM Sim
Walter Tosta MG Sim
Total PSD: 42   
PSDB
Alberto Mourão SP Não
Alfredo Kaefer PR Sim
Andreia Zito RJ Não
Antonio Carlos Mendes Thame SP Não
Antonio Imbassahy BA Não
Bonifácio de Andrada MG Sim
Bruna Furlan SP Não
Bruno Araújo PE Sim
Carlaile Pedrosa MG Sim
Carlos Brandão MA Sim
Carlos Sampaio SP Não
Cesar Colnago ES Não
Domingos Sávio MG Sim
Duarte Nogueira SP Não
Dudimar Paxiúba PA Sim
Eduardo Azeredo MG Sim
Eduardo Barbosa MG Sim
Emanuel Fernandes SP Não
Izalci DF Não
João Campos GO Sim
Jorginho Mello SC Sim
Jutahy Junior BA Não
Luiz Carlos AP Sim
Luiz Fernando Machado SP Sim
Luiz Nishimori PR Não
Mara Gabrilli SP Não
Marcio Bittar AC Não
Marco Tebaldi SC Sim
Marcus Pestana MG Sim
Nelson Marchezan Junior RS Sim
Nilson Leitão MT Sim
Otavio Leite RJ Não
Paulo Abi-Ackel MG Sim
Pinto Itamaraty MA Sim
Raimundo Gomes de Matos CE Sim
Reinaldo Azambuja MS Sim
Ricardo Tripoli SP Não
Rogério Marinho RN Não
Romero Rodrigues PB Sim
Valdivino de Oliveira GO Sim
Vanderlei Macris SP Não
Vaz de Lima SP Não
Walter Feldman SP Não
Wandenkolk Gonçalves PA Sim
William Dib SP Não
Zenaldo Coutinho PA Sim
Total PSDB: 46   
PSL
Dr. Grilo MG Sim
Total PSL: 1   
PSOL
Ivan Valente SP Não
Total PSOL: 1   
PT
Afonso Florence BA Não
Alessandro Molon RJ Não
Amauri Teixeira BA Não
André Vargas PR Não
Antônio Carlos Biffi MS Não
Arlindo Chinaglia SP Não
Artur Bruno CE Não
Assis Carvalho PI Não
Assis do Couto PR Não
Benedita da Silva RJ Não
Beto Faro PA Não
Bohn Gass RS Não
Cândido Vaccarezza SP Não
Carlinhos Almeida SP Não
Carlos Zarattini SP Não
Cláudio Puty PA Não
Dalva Figueiredo AP Não
Décio Lima SC Não
Devanir Ribeiro SP Não
Edson Santos RJ Não
Emiliano José BA Não
Erika Kokay DF Não
Eudes Xavier CE Não
Fátima Bezerra RN Não
Fernando Ferro PE Não
Fernando Marroni RS Não
Francisco Praciano AM Não
Gabriel Guimarães MG Não
Geraldo Simões BA Não
Gilmar Machado MG Não
Henrique Fontana RS Não
Iriny Lopes ES Não
Janete Rocha Pietá SP Não
Jesus Rodrigues PI Não
Jilmar Tatto SP Não
João Paulo Lima PE Não
João Paulo Cunha SP Não
José De Filippi SP Não
José Guimarães CE Não
José Mentor SP Não
Josias Gomes BA Não
Leonardo Monteiro MG Não
Luci Choinacki SC Não
Luiz Alberto BA Não
Luiz Couto PB Não
Luiz Sérgio RJ Não
Márcio Macêdo SE Não
Marco Maia RS Art. 17
Marcon RS Não
Miriquinho Batista PA Não
Nazareno Fonteles PI Não
Newton Lima SP Não
Padre João MG Não
Padre Ton RO Não
Paulo Ferreira RS Não
Paulo Pimenta RS Não
Paulo Teixeira SP Não
Pedro Eugênio PE Não
Pedro Uczai SC Não
Policarpo DF Não
Reginaldo Lopes MG Não
Ricardo Berzoini SP Não
Rogério Carvalho SE Não
Sérgio Barradas Carneiro BA Não
Sibá Machado AC Não
Taumaturgo Lima AC Não
Valmir Assunção BA Não
Vander Loubet MS Não
Vanderlei Siraque SP Não
Vicente Candido SP Não
Vicentinho SP Não
Waldenor Pereira BA Não
Weliton Prado MG Não
Zé Geraldo PA Não
Zeca Dirceu PR Não
Total PT: 75   
PTB
Alex Canziani PR Sim
Antonio Brito BA Não
Arnaldo Faria de Sá SP Sim
Arnon Bezerra CE Sim
Celia Rocha AL Sim
Jorge Corte Real PE Sim
José Augusto Maia PE Sim
José Chaves PE Sim
Jovair Arantes GO Sim
Nelson Marquezelli SP Sim
Paes Landim PI Não
Ronaldo Nogueira RS Sim
Sabino Castelo Branco AM Sim
Sérgio Moraes RS Sim
Silvio Costa PE Sim
Walney Rocha RJ Não
Total PTB: 16   
PTdoB
Lourival Mendes MA Sim
Luis Tibé MG Sim
Total PTdoB: 2   
PV
Antônio Roberto MG Sim
Dr. Aluizio RJ Não
Fábio Ramalho MG Sim
Henrique Afonso AC Não
Paulo Wagner RN Não
Penna SP Sim
Roberto de Lucena SP Sim
Rosane Ferreira PR Sim
Sarney Filho MA Sim
Total PV: 9   
         

CENIN – Coordenação do Sistema Eletrônico de Votação

Veja também:

Quando o eleitor dá o voto. E paga a conta… Vereadora eleita pelo DEM emprega funcionário fantasma

Os serristas e a análise fidagal do dia seguinte: O ódio como conselheiro…

Imagem: juniorfala.com.br

Vereadores da base kassabista da Câmara Municipal, que deveriam ficar quietinhos e felizes por terem escapado mira de um povo que rejeitou a administração de Gilberto Kassab (clique aqui), agora resolvem partir para o ataque.

A expressão do candidato Serra, mostra claramente a alegria de ser intimado a carregar Kassab, logo após receber a notícia de que o petista Fernando Haddad segue dez pontos à sua frente na corrida eleitoral.

Com tamanho peso, é difícil acreditar que o tucano tenha fôlego de continuar na corrida…

Da EXAME:

Vereadores eleitos exigem de Serra defesa de Kassab

10/10/2012

José Serra, do PSDB

Vereadores cobraram nesta terça-feira (9) de José Serra (PSDB) a defesa das realizações do prefeito Gilberto Kassab (PSD) como condição para entrarem “de cabeça” na campanha do candidato no 2.º turno das eleições municipais. A cobrança, uma orientação do próprio Kassab, foi feita pelo líder do PSD, Marco Aurélio Cunha, de Roberto Trípoli (PV), líder de governo e vereador mais votado, e do presidente da Casa, José Police Neto (PSD).

A defesa de Kassab, feita pelo ex-diretor sãopaulino Marco Aurélio Cunha, chega a ser comovente.

“O prefeito está sendo injustiçado pelo paulistano porque ninguém mostrou nem defendeu suas obras no 1.º turno. Não foram mostrados os avanços, ele só foi criticado sem defesa. Isso tem de mudar no 2º. turno. Até pelo sucesso da campanha”, afirma Marco Aurélio Cunha, reeleito no domingo. “O Kassab pode deixar a Prefeitura desgastado de tanto que apanhou na eleição sem que ninguém o tivesse defendido. Isso pode prejudicar o prefeito no futuro”, acrescenta.

Enquanto isso, ninguém derramou uma lágrima pelo povo que viu surgir as rampas anti mendigos (clique aqui).

Que viu trabalhadores ambulantes sendo tratados como cães (clique aqui e aqui).

Nem mesmo deficientes físicos foram perdoados (clique aqui).

Que viu artistas de rua sendo proibidos de trabalhar (clique aqui).

Que também viu as fraudes na inspeção Controlar (clique aqui), no Aprov onde um diretor da Prefeitura de São Paulo, conseguiu mais de 100 imóveis em sete anos de trabalho (clique aqui e aqui).

Que viu corrupção a valer a feirinha do Brás (clique aqui).

E não é tudo, tem muito mais… 

Então, QUER MAIS? VOTE SERRA!!

Será que essa é a mensagem que Serra deseja transmitir ao eleitor paulistano??

Veja também:

Controlar: MP pede afastamento de Kassab por fraude

MP: Esquema de corrupção na Prefeitura vai além de Aref e Aurélio Miguel

Nos porões da mídia golpista: A Veja, que apóia Serra, acusa os ‘mensaleiros do PT’? Pois Serra pagou bem caro pelo apoio deles…

É bom conhecer, antes de votar.

E, para conhecer um pouco, daremos uma singela contribuição.

Que trabalhador que, sem ganhar na loteria, recebeu aumento de 236%?

Pois aconteceu no município de São Paulo. E com o apoio da maioria dos vereadores…

Mais uma vez somos obrigados a ver políticos oportunistas pedindo voto. Será que, mais uma vez, veremos eleitor caindo nessa conversa mole?

Os nomes dos vereadores que votaram até 236% de aumento para subprefeitos. Procure seu vereador aqui…

13/12/2011

Os subprefeitos, que ganhavam R$ 6,5 mil mensais vão para cerca de R$ 19,2 mil.

Isso dá 193,52% de aumento.

Acha pouco? Pois tem mais…

Na verdade, dos 31 subprefeitos, 28 que recebem aposentadoria (e que aposentadoria…) passarão a ganhar bem mais que isso. R$ 35 mil mensais.

Um aumento de até 236% (clique aqui).

O PL 550/2011, que trata do “generoso” aumento, foi aprovado dia 23 último.

Como nenhum veiculo da grande mídia se dignou a informar o cidadão, lá vai.

Atendendo à pedidos…

Do Portal da Câmara Municipal de São Paulo:

Votação Nominal para Encerramento da Discussão ao PL 550/2011, do Executivo

Ementa:

Resultado da Votação: Aprovado

Votos
Total

Não votou
18

Sim
29

Não
8

Data: 23/11/2011

VEREADORES
PARTIDOS
VOTOS

Abou Anni
PV
Não votou

Adilson Amadeu
PTB
Não votou

Adolfo Quintas
PSDB
Sim

Agnaldo Timóteo
PR
Não votou

Alfredinho
PT
Não

Aníbal de Freitas
PSDB
Sim

Antonio Carlos Rodrigues
PR
Não votou

Arselino Tatto
PT
Não votou

Atílio Francisco
PRB
Sim

Aurelio Miguel
PR
Não votou

Aurélio Nomura
PV
Não votou

Carlos Apolinario
DEM
Sim

Carlos Neder
PT
Não

Celso Jatene
PTB
Não votou

Chico Macena
PT
Não

Claudinho
PSDB
Não votou

Claudio Fonseca
PPS
Sim

Claudio Prado
PDT
Sim

Dalton Silvano
PV
Sim

David Soares
PSD
Não votou

Domingos Dissei
PSD
Sim

Donato
PT
Não

Edir Sales
PSD
Sim

Eliseu Gabriel
PSB
Sim

Floriano Pesaro
PSDB
Sim

Francisco Chagas
PT
Não

Gilson Barreto
PSDB
Sim

Goulart
PSD
Sim

Ítalo Cardoso
PT
Não

Jamil Murad
PCdoB
Sim

José Américo
PT
Não votou

José Ferreira (Zelão)
PT
Não votou

José Police Neto
PSD
Sim

José Rolim
PSDB
Sim

Juliana Cardoso
PT
Não

Juscelino Gadelha
PSB
Não votou

Marco Aurélio Cunha
PSD
Não votou

Marta Costa
PSD
Sim

Milton Ferreira
PSD
Sim

Milton Leite
DEM
Sim

Natalini
PV
Não votou

Netinho de Paula
PCdoB
Não votou

Noemi Nonato
PSB
Sim

Paulo Frange
PTB
Sim

Quito Formiga
PR
Sim

Ricardo Teixeira
PV
Sim

Roberto Tripoli
PV
Sim

Russomano
PP
Não

Sandra Tadeu
DEM
Sim

Senival Moura
PT
Não votou

Souza Santos
PSD
Sim

Tião Farias
PSDB
Não votou

Toninho Paiva
PR
Sim

Ushitaro Kamia
PSD
Sim

Wadih Mutran
PP
Sim

Gostou? Ou ficou indignado…

Pelo menos agora você já sabe.

Isso é DEMOCRACIA DE VERDADE!!

E, não apareceu em nenhuma capa de Veja.

Veja também:

Kassab defende aumento de 236% para subprefeito, e chama isso de “justiça”… E o cidadão? Ele chama de quê? Otário??

Pau mandado: Soninha, que foi coordenadora de campanha de Serra em 2010 admite estar em campanha para tirar votos do PT

Imagem: clubegeo.blogspot.com.br

Dar dentadura não vale!

Ou sapatos, ou uma kombi (maquiada de ambulância).

Ou um ‘cala boca’ qualquer.

Eles foram eleitos para realizar algo grandioso.

Representar o povo.

Mas, na realidade, não é assim que acontece…

Do Sul 21:

Incêndios em favelas de São Paulo não sensibilizam vereadores

27/09/2012

A breve impressão de que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incêndios em Favelas instalada na Câmara Municipal de São Paulo começaria enfim a trabalhar se desfez na quarta-feira (26), quando os vereadores da base aliada ao prefeito Gilberto Kassab (PSD) retomaram o comportamento costumeiro e faltaram à reunião marcada para ouvir os subprefeitos de São Miguel, Jabaquara e Vila Prudente, regiões com ocorrências recentes.

Perto de 600 ocorrências desde 2008 não parecem suficientes para sensibilizar os integrantes do colegiado a levarem adiante, com o esforço esperado, as investigações para a qual foram eleitos.

A ‘casa do povo’, bem longe do povo: Será que conseguiremos consertar esse erro??

Se reparar bem, apesar de eleitos pelo povo, não são os interesses do povo que são defendidos…

Do Terra:

SP: Temas imobiliários e de interesse do prefeito dominam Câmara

12/07/2011

A atual inutilidade de Camara Municipal para o povo, poderia ser motivo de piada.

Do Estadão:

Metade dos projetos da Câmara Municipal são homenagens e nomeações

30/08/2012

Poderia, se não pegassem o nosso dinheiro para fazer coisas inúteis.

Ou coisas úteis, em benefício próprio.

Daí a coisa começa a perder a graça.

SP. Vereadores aumentam os próprios salários. Sem dissídio, sem negociação, sem greve… Eles são um exemplo!!

24/11/2011

Ou de seus ‘amigos’

Os nomes dos vereadores que votaram até 236% de aumento para subprefeitos. Procure seu vereador aqui…

13/12/2011

Fora a questão salarial, que já é vergonhosa, teve ainda vereador que utilizou o cargo para achacar shoppings.

Do Estadão:

Vereador é acusado de usar CPI para achacar shoppings

15/06/2012

Testemunhas dizem ao MP que Aurélio Miguel tomava R$ 200 mil de cada empreendimento para omitir nomes de relatório

A denúncia contra Miguel foi feita durante as investigações sobre o possível enriquecimento ilícito de Hussain Aref Saab, ex-diretor do Aprov, o setor da Prefeitura responsável pela aprovação de empreendimentos com mais de 1,5 mil m² na cidade de São Paulo.

As histórias de Aref e Miguel se cruzaram na investigação depois que a ex-diretora financeira do grupo Brookfield Gestão e Empreendimentos, Daniela Gonzalez, entregou aos promotores notas fiscais e e-mails que sustentariam sua acusação de que o grupo pagou R$ 1,6 milhão em propinas para liberar obras irregulares nos Shoppings Pátio Paulista e Higienópolis.

Teve vereador envolvido em desvio de donativos.

Da Band:

Gravação da RB revela envolvimento de vereador em desvio de donativos em SP

05/05/2011

Uma gravação da Rádio Bandeirantes revela o envolvimento do vereador Ushitaro Kamia (DEM) em um suposto esquema de desvio de donativos recolhidos pela Defesa Civil de São Paulo. Os deveriam ter sido enviados para as vítimas de enchentes no Rio de Janeiro. A fraude foi denunciada pela Rádio Bandeirantes.

Os parlamentares que estariam recebendo os donativos desviados seriam candidatos nas eleições municipais de 2012. Segundo informações da Rádio Bandeirantes, os vereadores estariam usando esses donativos para conseguir votos nas regiões mais carentes. Os donativos seriam entregues mediante a apresentação do título de eleitor.

Este mesmo vereador construiu recentemente um palácio, em área nobre de São Paulo.

O palácio, com valor estimado em R$ 6 milhões, não consta na relação de seus bens e nem foi declarada no IR (clique aqui).

Teve, ainda, vereador que, para justificar o súbito enriquecimento, simplesmente “ganhou na loteria”.

Da Folha:

Vereador dobra seu patrimônio e diz que ganhou na loteria

12/07/2012

Wadih Mutran (PP) dobrou sua riqueza entre 2008, quando declarou ter R$ 1,9 milhão à Justiça, e 2012, quando informou R$ 3,8 milhões.

A reportagem ainda mostra que quatorze parlamentares mais do que dobraram seu patrimônio desde 2008.

Todos ganharam na loteria?

Ou será que ‘ganhar na loteria’ agora significa ser eleito vereador…

É melhor abrir o olho!!!

Veja também:

Inúteis!! Eles merecem seu voto? Vereadores de São Paulo utilizam dinheiro público para projetos irrelevantes.

Educação: Haddad rebate Serra. Quem defende Kassab, não pode me elogiar

Imagem:poltronaskastrup.com.br

Eles chegaram.

Agora pedem seu voto.

Mas, o que fizeram por você, nos últimos quatro anos?

Do Estadão:

Metade dos projetos da Câmara Municipal são homenagens e nomeações

30/08/2012

Estudo mostra que de 587 projetos sancionados, apenas 289 apresentam mudanças para a cidade

No ano em que a Câmara Municipal vai se renovar, devido às eleições de outubro deste ano, estudo da ONG Voto Consciente, apresentado nesta quinta-feira, 30, mostrou que dos 587 projetos de lei sancionados nesta legislatura, mais da metade, 298, foram projetos de denominação de ruas e homenagens a pessoas. Apenas 289 eram projetos de mérito, ou seja, que apresentam alguma mudança na cidade.

Eles dificilmente realizam algo de útil, mas quando realizam, quase nunca é por você…

Se você é subprefeito e recebeu aumento superior a 200%, então deve estar profundamente satisfeito com os vereadores de São Paulo (clique aqui).

Se você é um especulador imobiliário, também só tem motivos para comemorar (clique aqui).

Assim como o prefeito Gilberto Kassab, que teve amplo apoio dos vereadores (clique aqui).

Kassab, que hoje conta com rejeição popular recorde.

A ponto de 85% dos paulistanos desejarem que as ações do próximo prefeito sejam diferentes das de Kassab (clique aqui).

Se não querem mais Kassab, então fica difícil engolir quem deu sustentação à ele…

Veja também:

Os nomes dos vereadores que votaram até 236% de aumento para subprefeitos. Procure seu vereador aqui…

Ou seja, temos 19 senadores que acreditam que Demóstenes Torres, que colocou seu mandato à seviço do crime organizado, agiu bem.

E, se acham dessa maneira, podem muito bem se tornarem os próximos a agir como Demóstenes…

Porém, devido ao voto secreto (clique aqui), seus eleitores jamais saberão ao certo como votou o seu representante.

E, nas próximas eleições, serão presas fáceis de discursos bem elaborados e campanhas caras.

Demóstenes foi cassado, mas jamais saberemos quem votou pela sua cassação.

Do Senado:

Cassado pelo Senado, Demóstenes Torres está inelegível até 2027

A carreira política de Demóstenes Torres no Senado chegou ao fim às 13h24 desta quarta-feira (11), depois de 103 dias de agonia iniciados pela representação do PSOL no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Numa sessão histórica, o projeto de resolução (PRS) 22/12, determinando a cassação do senador, foi aprovado com a anuência de 56 parlamentares. Outros 19 foram contrários e se registraram cinco abstenções.

Com a perda do mandato, Demóstenes fica inelegível por oito anos contados a partir do fim do mandato para o qual havia sido eleito. Ou seja, só poderá concorrer a um cargo político em 2028, visto que seu mandato se encerraria em fevereiro de 2019 e não há eleições previstas para outubro de 2027, seguindo-se o calendário atual.

No lugar dele, deve assumir o primeiro suplente, Wilder Pedro de Morais, de 44 anos, filiado ao DEM, ex-partido de Demóstenes.

Wilder Pedro de Morais, por coincidência é ex-marido de Andressa Mendonça, atual mulher de Carlinhos Cachoeira.

Os senadores agora defende o fim do voto secreto (clique aqui), ao menos dizem que defendem…

Mas se realmente é isso o que querem, por que o voto secreto existe até hoje.

Será que o que eles falam em público, é o mesmo que o que decidem EM SEGREDO?

Veja também:

UFC 148: Rede Globo mente, vira #GloboFail e transforma ‘luta do século’ em ‘piada do ano’

Wilder foi o segundo maior doador na campanha de Demóstenes

Democracia e legitimidade: Quem é o Paraguai, para falar sobre a Venezuela?

Imagem: senado.gov.br

Falando em escravidão, para ter liberdade precisamos ter informação.

Então, vamos à ela.

Esses parlamentares são minoria, porém são uma ameaça considerável.

Eles ameaçam a liberdade, a cidadania…

Ameaçam a democracia.

Um país que se aproveita de trabalho escravo, nunca será livre!!

Nunca será sério…

Da Câmara Federal:

Plenário aprova PEC do Trabalho Escravo

22/05/2012

O Plenário da Câmara acaba de aprovar, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 438/01, do Senado, que permite a expropriação de imóveis rurais e urbanos onde a fiscalização encontrar

exploração de trabalho escravo, e os destina à reforma agrária e a programas de habitação popular. A proposta é oriunda do Senado e, como foi modificada na Câmara, volta para exame dos senadores.

A proposta foi aprovada com 360 votos favoráveis e 29 votos contrários, além de 25 abstenções.

Veja abaixo os parlamentares que, em pleno século 21, ainda defendem escravocratas.

Do DEM                                                             

01 Abelardo Lupion PR Não

02 Lira Maia PA Não

03 Luiz Carlos Setim PR Não

04 Paulo Cesar Quartiero RR Não

05 Ronaldo Caiado GO Não

Do PDT                                                                   

06 Giovanni Queiroz PA Não

Do PHS

07 José Humberto MG Não

Do PMDB

08 Alceu Moreira RS Não

09 André Zacharow PR Não

10 Antônio Andrade MG Não

11 Edio Lopes RR Não

12 Júnior Coimbra TO Não

13 Marinha Raupp RO Não

14 Valdir Colatto SC Não

Do PP

15 Beto Mansur SP Não

16 Carlos Magno RO Não

17 Luis Carlos Heinze RS Não

18 Nelson Meurer PR Não

Do PR

19 Bernardo Santana de Vasconcellos MG Não

Do PSC

20 Nelson Padovani PR Não

Do PSD

21 Eduardo Sciarra PR Não

22 Francisco Araújo RR Não

23 Guilherme Campos SP Não

24 Homero Pereira MT Não

25 Irajá Abreu TO Não

26 Marcos Montes MG Não

27 Raul Lima RR Não

Do PSDB

28 Berinho Bantim RR Não

Do PTB

29 Nelson Marquezelli SP Não

Nós podemos escolher.

Podemos concordar, podemos discordar…

Podemos, até mesmo discutir.

E discutimos mesmo!

Agora, como podemos ter paz, sabendo que nem todos tem direito a escolha?

Nem todos tem direito a liberdade…

Clique aqui e veja a lista completa dos parlamentares votantes.

Veja também:

São Paulo, a capital do ‘mundo cão’: Kassab ao retirar camelôs do centro, expulsa também deficientes físicos!!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM AINDA MENOS… Prefeitura de São Paulo gasta seu dinheiro com aparelho de tomografia para deixá-lo mofando em uma caixa!!

Imagem: acensura.blogspot.com

Nós, que pagamos altos salários aos nossos parlamentares, não merecemos coisa melhor?

O deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), em uma demostração explícita de “cidadania”,  já chamou policial negro de ‘macaco’ e o mandou ‘procurar um pau para subir’ (clique aqui).

Agora o parlamentar tucano está de volta às manchetes…

Do Estadão:

Deputado tucano fez negócios com Cachoeira

01/04/2012

Segundo a PF, Carlos Alberto Leréia recebeu R$ 100 mil da organização que explorava jogos ilegais; outros 5 parlamentares também foram denunciados

Diálogos interceptados pela Polícia Federal, com autorização da Justiça, revelam que o deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) também negociava com a organização comandada pelo contraventor Carlos Alberto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. O tucano, segundo as investigações, recebeu depósitos bancários e bens – inclusive imóveis – obtidos com atividades ilícitas.
Leréia é aliado do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e, a exemplo do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), também usava um telefone da marca Nextel, habilitado nos Estados Unidos, cedido por Cachoeira para dificultar grampos nas comunicações do grupo.
Ele é um dos seis parlamentares relacionados até agora como alvos do inquérito criminal aberto no Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido da Procuradoria-Geral da República. Os outros são os deputados Jovair Arantes (PTB), Rubens Otoni (PT) e Sandes Júnior (PP), todos de Goiás, além de Stepan Nercessian (PPS-RJ), que confirmou ter recebido R$ 175 mil de Cachoeira, segundo a edição de ontem do jornal Folha de S. Paulo. Ainda ontem Stepan pediu, por meio de nota, licença temporária do PPS e de todos os cargos e funções que ocupa no partido.
Entre os valores destinados ao deputado tucano e já rastreados estão um depósito de R$ 100 mil, feito na conta de uma empresa comandada supostamente por laranjas – a Linkmidia Tecnologia da Informação e Editoração Ltda – e uma sociedade com Cachoeira em terreno avaliado em R$ 800 mil, em um condomínio de luxo em Goiânia.

Leréia informou pela assessoria que só vai se manifestar sobre as acusações depois que tiver pleno acesso aos autos do inquérito.
A empresa Linkmidia fica em Formosa (GO), a 80 quilômetros de Brasília, e está registrada em nome de Hugo Teixeira, mas pertence de fato ao pai, Leônidas Teixeira, segundo apurou a PF.

Grampos

Em diálogo grampeado em 22 de junho de 2009, na Operação Vegas, Leréia instrui o contraventor Wladimir Garcez Henrique a depositar R$ 100 mil na conta da Linkmídia. Wladimir foi denunciado pelo Ministério Público como um dos membros do esquema de exploração de jogos ilegais comandado por Cachoeira, desmantelado em 29 de fevereiro pela Operação Monte Carlo.
O deputado, segundo a PF, tinha o hábito de conferir cada real depositado em seu favor e, dois dias depois, em novo contato com o contraventor, reclamou que o valor combinado estava incompleto. “Eu liguei pro rapaz lá, falou que só fizeram um depósito daquele lá, entendeu? Podia verificar isso aí.” Wladimir garante: “Foi feito ontem o outro… foram os dois”.
Leréia aceita a resposta, mas com desconfiança: “Tá bom, então tá, um abraço, certeza, né?” E Wladimir encerra a conversa com uma ponta de vacilo: “Certeza, só se o cara tá mentindo, né? Ele não mentiria, não… Foram os dois”. Horas depois, a desconfiança de Leréia se confirma num contato de Wladimir com um subalterno, Geovani.
“O Leréia ligou, você olhou aquele negócio, tá confirmado ou não tá?”, indaga o chefe. “É… tá faltando… 25 que… é… segundo ele aqui vai conseguir fazer só amanhã. Então, quer dizer que foi (depositado) só 75”, responde Geovani. “Fala que amanhã vai entrar os outros 25.”
Nesse mesmo dia 24 de junho, em outro diálogo interceptado, Cachoeira, provavelmente acionado por Leréia, ligou para Geovani para tomar satisfações sobre os 25 mil que faltavam.
Os diálogos, aos quais o Estado teve acesso, foram travados entre 17 de junho e 3 de julho de 2009, na Operação Vegas, que antecedeu a Operação Monte Carlo, que desbaratou, em 29 de fevereiro passado, a organização criminosa chefiada por Cachoeira.

Deputados e senadores, que recebem altos vencimentos e ajudas de custo, não deveriam ser pêgos nesse tipo de situação.

Isso mostra que a corrupção não tem relação com os salários pagos aos servidores.

Tem, e muito, a ver com a oportunidade, com a natureza ruim das pessoas e principalmente com a impunidade.

E até quando teremos que ver impunidade gerando frutos?

Veja também:

Estão pagando promessa? O assunto da semana é o Demóstenes, porém a Veja publica uma capa com Jesus…

Comemoração de 31 de março: Um país que cultua torturadores e assassinos merece ser considerado sério??

Imagem: http://contextolivre.blogspot.com.br

Em primeiro lugar, a menina de 3 anos foi morta próxima da areia, o que caracteriza homicídio doloso.

Afinal, ao chegar próximo à praia com o jet sky, o infrator assumiu o risco de atingir um inocente.

Ele (é lógico!) por ser menor de idade, não terá responsabilidade penal pelo crime.

Grazielly, 3, morta por um jet sky pilotado por garoto que fugiu de helicóptero

Grazielly, 3, morta por um jet ski pilotado por garoto que fugiu de helicóptero

Foto: Arquivo Pessoal

GRAZIELLY LAMES, UMA MENINA DE 3 ANOS, FAZIA UM CASTELINHO NA AREIA, QUANDO FOI ATINGIDA POR UM JET SKI DESGOVERNADO, PILOTADO POR UM ADOLESCENTE, EM BERTIOGA, LITORAL NORTE DE SÃO PAULO; NA CONFUSÃO, O ADOLESCENTE QUE MATOU A GAROTA NÃO PRESTOU SOCORRO; FUGIU NO HELICÓPTERO DO PAI

20 de Fevereiro de 2012

247 – Eis uma tragédia tipicamente brasileira, que combina irresponsabilidade, omissão e impunidade. Grazielly Lames, uma linda garotinha de 3 anos, visitava Bertioga pela primeira vez e conhecia o mar. Brincava na areia, fazendo castelinhos, quando foi atingida na cabeça por um jet ski desgovernado, que era pilotado por adolescente, numa das áreas nobres do litoral norte de São Paulo. Grazielly não resistiu. Morreu na hora.

O adolescente, que não podia pilotar um jet ski, fugiu na hora. E antes mesmo que fosse ouvido pela polícia, deixava o litoral num helicóptero, acompanhado do pai. Ou seja: não foi possível nem registrar o flagrante. “O jet ski veio para cima dela em alta velocidade e desgovernado, atingindo-a na cabeça”, disse Edileir Rodrigues Lames, tio da vítima, ao jornal Folha de S. Paulo. “Ela era uma menina doce, amorosa e inteligente.”

O pai do adolescente e dono do jet ski tratou imediatamente de providenciar a fuga – tanto sua como do filho. De acordo com a Capitania dos Portos, é preciso possuir habilitação para pilotar jet skis, tendo passado por aulas práticas e testes psicológicos. Mas as leis, nas águas brasileiras, não são fiscalizadas e tragédias como a de Grazielly se repetem a cada ano.

A falta de fiscalização e de leis mais duras, acabam por incentivar a prática criminosa.

Quarta-feira o Carnaval termina. E voltamos todos para nosso cotidiano.

Os políticos voltarão às suas atividades e, novamente serão vistos lutando por interesses menores.

Interesses pessoais (clique aqui).

Eles já deveriam ter elaborado uma reforma em nosso Código Penal e Processo Penal.

E o que estão fazendo? (clique aqui)

Uma família foi destruída. Mas não é assunto deles…

Esta família terá resposta do Estado?

Veja também:

A lista da Câmara: Você gostaria de aumentar seu próprio salário??

Reforma do CPP continua parada

Que vergonha!! Câmara aprova leis em sessão fantasma…

Eles recebem salários gordos, salários pagos com seu dinheiro.

Recebem e não trabalham.

E quem dá o emprego? É cego?

Mas mudo, com certeza não é…

Esses senhores da oposição, quando falam em ética e criticam o governo, deveriam lavar a boca com sabão (clique aqui).

Se fazem críticas, é porque fazem melhor. Ou deveriam…

E o senador Cícero Lucena (PSDB-PB), eleito para cuidar dos interesses do povo da Paraíba, não consegue sequer cuidar de seu gabinete.

Não consegue ou não quer.

Você acredita em fantasma? E em mágica para desaparecer dinheiro?

Cícero emprega seu advogado na PB, com salário de R$8,1mil

18/02/2012

Como assistente parlamentar (AP-2), cargo para o qual foi nomeado em março de 2007, Walter Agra Júnior recebe mensalmente R$ 8,1 mil. Ele está dispensado de bater o ponto, regra comum para os assessores de parlamentares que trabalham nos estados

O primeiro-secretário do Senado, Cícero Lucena (PSDB-PB), emprega em seu gabinete político, na Paraíba, seu advogado pessoal. No entanto, o profissional não fica no escritório do parlamentar. Diariamente, dá expediente no escritório de advocacia do qual é sócio, o Solon Benevides & Walter Agra.

Há alguns dias, já havia aparecido outro escândalo, evolvendo o mesmo senador.

Senador tem assessora fantasma no gabinete

16 de fevereiro de 2012

O gabinete do senador Cícero Lucena (PSDB-PB), primeiro secretário do Senado, emprega desde junho de 2011 uma funcionária que não aparece para trabalhar praticamente desde que foi nomeada. A assessoria do senador confirmou que ela não vai ao trabalho, e informou que abrirá um processo interno para a demissão da servidora. As informações são do jornal O Globo.

Lucena nomeou Jacquelyne de Lucena Aguiar, empresária e sócia de uma rádio em Guarabira, no interior da Paraíba, em 22 de junho do ano passado. Ela ocupa o cargo comissionado de assistente parlamentar, com salário de R$ 2.042 mensais.

Mais uma vez na Paraíba, mais uma vez envolvendo parlamentares da oposição.

Derrotado nas últimas eleições, o então senador Efraim Morais (DEM/PB), havia protagonizado semelhante vergonha (clique aqui).

O povo deu sua resposta (clique aqui).

Ao que parece, o povo terá que dar novas respostas…

Veja também:

Prefeitura de São Paulo: Serra será candidato e com o apoio de Kassab

Ao atacar Haddad, Magno Malta se mostra como “político de ocasião”

Eles deveriam representar suas cidades e, no entanto fazem o quê?

Do Terra:

Deputados paulistas empregam vereadores como assessores

27/11/2011

Deputados estaduais de São Paulo empregam vereadores de cidades do interior do Estado como assessores, segundo reportagem publicada neste domingo pelo jornal O Estado de S.Paulo. De acordo com o jornal, três vereadores estão lotados como assessores na Assembleia Legislativa paulista.

Mudam os mágicos, mas a mágica continua a mesma... Até quando?

Para quem trabalha oito horas por dia, de cinco a seis dias por semana, ter um segundo emprego é uma ameaça para a saúde.

Afinal todos devem ter tempo para uma alimentação decente, para estar com a família, para ter um sono de qualidade.

E um político? Ele já tem fama de não trabalhar muito…

E o que fazem para melhorar essa fama?

O tempo que não estão em plenário, não deveriam estar visitando seu eleitorado?

Próximo ao cidadão, não deveriam estar verificando as reclamações dos bairros?

Verificando o que pode ser feito, para melhorar as condições de vida de seu eleitorado?

Tirar o emprego de um assessor parlamentar de verdade, para um vereador, é mais que antiético.

É ofender sua cidade.

É ofender o seu povo…

Veja também:

Saúde Pública: Leia e assine a petição. Vamos salvar vidas!! Ou, ao menos, vamos tentar…

SP. Vereadores aumentam os próprios salários. Sem dissídio, sem negociação, sem greve… Eles são um exemplo!!

Imagem: baboo.com.br