Tag Archive: FHC


Na gestão FHC (1994/2002) é inegável que o Brasil diminuiu de tamanho.

A Companhia Vale do Rio Doce, segunda mais importante mineradora do mundo não nos pertence mais.

E tudo graças a Fernando Henrique Cardoso e seus ‘parceiros’.

Ela foi privatizada em maio de 1997. Vendida em meio a uma batalha campal entre 600 policiais militares e cerca de cinco mil manifestantes (clique aqui).

Uma privatização de tamanho patrimônio, fez bem ao país?

Dos 3,7 milhões de brasileiros que participaram do plebiscito sobre a venda, realizado dez anos após a privatização,  94,5% disseram que não (clique aqui).

Será que a onda de privatizações será apresentada como legado?

Do Terra:

PSDB tenta resgatar legado de FHC com redes sociais

21 de setembro de 2011

O PSDB decidiu investir em comunicação e nas redes sociais para resgatar o legado do governo Fernando Henrique Cardoso. O programa foi elaborado a partir de um levantamento apresentado na terça-feira à cúpula da legenda, em Brasília. De acordo com o estudo, o PSDB ainda tem um bom recall das áreas de saúde e educação na gestão FHC. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O partido fará um seminário no Rio de Janeiro, em outubro, reunindo os “pais do Real”, como Pedro Malan, André Lara Resende, Pérsio Arida, Armínio Fraga, Gustavo Franco e o próprio Fernando Henrique Cardoso. Batizado de “PSDB: o legado e o futuro”, o seminário tem a intenção de relembrar o período de FHC na presidência. As novas diretrizes devem dar o tom dos programas do partido na TV.

Ainda falando em legado, quem fundou o mensalão?

Será que a compra de votos de parlamentares para a reeleição de FHC (clique aqui), será apresentada como legado?

Será também considerado legado, o vergonhoso naufrágio da plataforma petrolífera P36 (clique aquiaqui e aqui).

A reportagem do Terra fala do bom recall na área da educação da gestão FHC.

Para uma boa educação é importante ter uma boa informação.

Antigamente diziam ter o brasileiro memória curta.

Alguns políticos, ainda, apostam nisso…

Veja também:

Gente fina: Políticos trocam cestas básicas por assinatura do PSD

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada…(part.final)

“Ultrapassamos um período de disputas para unir esforços em prol dos que mais precisam no Brasil. Isso se deve em grande parte a seu patriotismo (o de Dilma), a sua generosidade, a seu espírito conciliador” Geraldo Alckmin

A cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, contou com a presença dos governadores do Sudeste, para lançamento do programa Brasil sem Miséria.

E, de fato, não teve miséria.

A presidenta foi fartamente elogiada pelo governador paulista.

Do Portal  de Notícias Bol:

Em SP, Dilma diz que país está fazendo ‘faxina da miséria’

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), não poupou elogios para a petista.

Os governadores de MG, SP, RJ e ES com a presidenta

É a primeira vez que o governo federal sob administração petista se une ao governo paulista, sob controle dos tucanos, em um programa de combate a pobreza.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi convidado por Dilma para ficar na mesa autoridades.

Já o ex- governador e presidenciável derrotado José Serra foi convidado, porém não compareceu ao evento.

Tucanos que não gostaram da aproximação de Alckmin com Dilma disseram que o governador mira a reeleição.

Veja também:

Mais uma crise. Veremos uma nova marola?

PSD: A piada política está ficando séria…

A cara de Serra resume bem seu temperamento.

Veja o video:

Parecia um menino que queria um brinquedo. E lhe foi negado.

E,negado através do voto!!

Pela expressão,sequer ouviu a homenagem prestada por Alckmin,tampoco os aplausos dos aliados presentes.

FHC estava lá. Ele consertou o que seria uma gafe horrenda.

Veja também:

Prefeitura,Controlar e o ‘dinheiro fácil’ em São Paulo

“Jornalismo”: Quem se considera cão,como cão deve ser tratado

O povo não pode ser cagão… Não pode ser aconselhado pelo medo.

A informação é melhor conselheira.

Em 2002,apesar do medo de Regina Duarte,o povo mostrou que queria mais.

E teve.

Serra,de fato,não tem sido feliz em seus momentos.

Em 2002 perdeu justamente porque representava a continuidade.

Agora representa mudança.

E  que futuro terá?

Crime eleitoral!! Os partidos do eixo PSDB/DEM/PPS tem procurado a midia e justiça de modo insistente para tratar do tema.

Querem,de qualquer modo,atingir um governo com 80% de aprovação.

Talvez acreditem,realmente,que a sociedade não saiba dos crimes que foram cometidos.

E QUEM COMETEU??

http://www1.folha.uol.com.br/folha/circulo/pre_mer_voto_1.htm

Mercado de Voto

Deputado diz que vendeu seu voto a favor da reeleição por R$ 200 mil
13/05/97
O deputado Ronivon Santiago (PFL-AC) vendeu o seu voto a favor da emenda da reeleição por R$ 200 mil, segundo relatou a um amigo. A conversa foi gravada e a Folha teve acesso à fita.
Ronivon afirma que recebeu R$ 100 mil em dinheiro. O restante, outros R$ 100 mil, seriam pagos por uma empreiteira -a CM, que tinha pagamentos para receber do governo do Acre.
Os compradores do voto de Ronivon, segundo ele próprio, foram dois governadores: Orleir Cameli (sem partido), do Acre, e Amazonino Mendes (PFL), do Amazonas.
Todas essas informações constam de gravações de conversas entre o deputado Ronivon Santiago e uma pessoa que mantém contatos regulares com ele. As fitas originais estão em poder da Folha.
O interlocutor do deputado não quer que o seu nome seja revelado. Essas conversas gravadas com Ronivon aconteceram ao longo dos últimos meses, em diversas oportunidades.

Outros venderam
Nas gravações a que a Folha teve acesso, o deputado acreano diz não ser o único parlamentar que se vendeu na votação da reeleição, no último dia 28 de janeiro, quando a emenda foi aprovada, em primeiro turno, com 336 votos favoráveis na Câmara.
”O Amazonino marcou dinheiro para dar (R$) 200 (mil) para mim, 200 pro João Maia, 200 pra Zila e 200 pro Osmir”, diz Ronivon na gravação.
Os personagens citados são os deputados federais João Maia, Zila Bezerra e Osmir Lima, todos do Acre e filiados ao PFL.

Para quem não sabe,PFL é o antigo nome do DEM

Algumas pessoas,para fugir da polícia e da justiça,mudam de nome…

E os partidos? Mudam o nome para quê?

ACHOU POUCO??

Para quem,ainda,acha pouco teve o favorecimento direto do governo.E O MINISTRO DA FAZENDA CONFESSOU!!

Rubens Ricupero (São Paulo, 1 de março de 1937)foi ministro da Fazenda durante o período de implantação do Plano Real.

Cquote1.svg O ministro Ricúpero foi o sacerdote do Plano Real. Mais até do que o FHC. Cquote2.svg

Presidente Itamar Franco

Renunciou ao cargo em 1º de setembro de 1994, assim que se soube do vazamento, via satélite, de uma conversa sua com o jornalista da Rede Globo Carlos Monforte revelando alguns detalhes sobre o Plano Real, quando se preparava para entrar ao vivo no Jornal da Globo. O episódio ficou conhecido como Escândalo da parabólica.

E o TSE permitiu tudo isso!! UMA VERGONHA!!