Category: Uncategorized


O trânsito intenso, tanto na ida (clique aqui), quanto no retorno (clique aqui), já era esperado.

É o preço a ser pago por um final de semana de “descanso”.

A demanda de turistas que, por exemplo, se dirigem à baixada santista é gigantesca.

Do DIÁRIO DO GRANDE ABC:

Calor leva até 365 mil à Baixada Santista

06/09/2012

Até 365 mil veículos devem aproveitar o calor fora de época e descer a serra para curtir o feriado da Independência no Litoral. A estimativa é da Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes.

Se levarmos em conta que cada carro leva em média de três a quatro pessoas, o número de 365 mil acaba multiplicado.

E, junto com ele, os problemas de turistas e moradores locais.

abobado.wordpress.com

Do jornal A TRIBUNA:

Mais de 50 mil domicílios ficam sem água em dois municípios da região

09/09/2012

Os moradores da área continental de São Vicente e de vários bairros de Praia Grande voltaram a enfrentar um problema que virou rotina nos últimos anos sempre que se aproxima a temporada de verão: a falta d’água. E esse feriadão foi de torneiras secas em aproximadamente 50 mil domicílios e estabelecimentos comerciais.

A chegada de turistas pode, para algumas pessoas, representar problemas como a falta de água e as intermináveis filas em mercados, padarias, restaurantes…

Além dos terríveis congestionamentos nas estradas.

Porém são eles, os turistas, que trazem recursos para as cidades que ficam o restante do ano praticamente vazias.

Será que não merecem tratamento um pouco melhor? Com um pouco de investimento? Já que colocam, seu dinheiro nos pedágios
do governo tucano e na economia das cidades litonâneas?

Vendo por esse lado, não é o turista que representa problema.

Vendo por esse lado, o problema tem outro causador.

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), que cobra pela água fornecida aos domicilios, mostra que, na prática, não é tão boa quanto na propaganda.

A Sabesp que, apesar de operar somente em São Paulo, já fez propaganda em rede nacional (clique aqui).

Falta de água é ainda pior que falta de luz.

Uma coisa é certa: A Sabesp vem punindo há anos o consumidor.

Vem punindo com o apoio de um governo estadual que é o mesmo há quase 20 anos.

E sai governador, e entra governador…

E o consumidor permanece sendo punido.

E eles? Será que jamais serão punidos?

Veja também:

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM: Depois da máfia do Controlar, do Aprov, da urna funerária… Agora a máfia do “kit-vistoria” para vans escolares

Engano ou enganação?? A mídia, o IPVA tucano e a “bondade” que virou maldade…

Imagem: abobado.wordpress.com

A verdade precisa ser fundamentada, caso contrário ela é fantasia.

Ou mentira.

Esses senhores já passaram da idade da fantasia.

Ao dizer que a revista Veja interpretou as informações que possuía, Gilmar Mendes acabou colocando a publicação semanal em péssima situação.

Se “interpretou” então a informação não era exatamente aquela.

E qual era a informação da Veja? Se é que ela tinha alguma, além da mentira…

Em sua afirmação, Gilmar Mendes fala de várias pessoas.

“A Veja compôs aquilo como uma colcha de retalhos, a partir de informações de várias pessoas, depois me procuraram.”

Porém não fala quem são essas pessoas.

Ridículo: Quem acusa sem provas, além de processado, sofre grande perda de credibilidade

Do Viomundo:

CartaCapital: Agora,Mendes insinua que Jobim também tentou “chantageá-lo”

30/05/2012

A insinuação de que Jobim tentou “chantagear” Mendes foi feita pelo ministro em entrevista ao jornal Valor Econômico. Segundo ele, isso teria ocorrido quando Jobim citou, durante a conversa do trio, o nome de Paulo Lacerda, ex-diretor-geral da Polícia Federal.

Lacerda e Mendes são inimigos políticos desde 2008. Lacerda perdeu o cargo após denúncias de que teria mandado grampear o gabinete de Mendes no STF. A revista Veja publicou a denúncia, mas ela jamais foi comprovada e os grampos nunca apareceram. Em entrevista ao Estado de S.Paulo, também publicada nesta quarta-feira 30, Gilmar Mendes afirma ter recebido notícias de que Lacerda quer “destruí-lo”.

Questionado pelo Valor Econômicose, ao citar o nome de Lacerda, Jobim estaria tentando fazer uma chantagem, Gilmar diz que “Pode ser”. Em seguida, Mendes afirma “que Jobim participou da conversa inteira” e que, “uma ficha caiu”. “Isso é possível, vamos constrangê-lo com Paulo Lacerda. Não sei se é isso”, diz Mendes.

A frase “não sei se é isso” no fim da fala demonstra que Mendes pode estar, em meio à imensa polêmica criada, reinterpretando os fatos ocorridos na reunião com Lula e Jobim e tentando dar a eles uma lógica. O que pode ser um problema para Mendes é que essa lógica agora é guiada pelo clima de rivalidade clubística em torno do caso. Neste contexto, Mendes não tem como recuar das denúncias feitas, num comportamento parecido com o que manteve no episódio do “grampo”.

É importante notar que o tom de histeria a respeito do caso foi dado, em grande medida, pela reportagem de Veja. A revista afirma que Lula “ofereceu proteção ao ministro Gilmar Mendes, dizendo que ele não teria motivo de preocupação com as investigações” para só depois dizer que isso teria ocorrido de forma “decodificada”. Em entrevista à TV Globo, levada ao ar pela GloboNews na noite de segunda-feira 28, Mendes negou uma oferta direta de proteção feita por Lula. Nas reinterpretações que vem fazendo da reunião, Mendes parece estar buscando argumentos para provar a si próprio que foi vítima do que seria um acha que político por parte de Lula.

Em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta quarta, Mendes diz que a revista interpretou as informações que possuía. “A Vejacompôs aquilo como uma colcha de retalhos, a partir de informações de várias pessoas, depois me procuraram. Óbvio que ela tem a interpretação. O fato na essência ocorreu”, disse. O que não se sabe é quem seriam as “várias pessoas” citadas por Gilmar, uma vez que a reunião tinha apenas três integrantes: ele, Jobim e Lula.

Gilmar agora afirma que Jobim participou da conversa inteira.

Diferente da afirmação anterior, quando Lula fez a pressão em uma conversa reservada.

Os termos “Pode ser” ou “não sei se é isso” não são característicos de um magistrado.

Um membro do Poder Judiciário deveria se pautar por provas materiais.

E, através delas, fazer seu julgamento.

Deveria ser um exemplo.

Deveria saber que equidade, imparcialidade, isenção e neutralidade não são apenas palavras.

Porém, quem procura uma revista que está sendo investigada por ligações com o crime organizado (clique aqui), não se encontra em condições de fazer julgamentos.

E Gilmar Mendes é mais que um simples magistrado. É membro do Supremo Tribunal Federal.

A justiça brasileira está em débito com o cidadão, carente de uma justiça rápida e eficaz.

Carente e cansado.

Não é de hoje que o Poder Judiciário é visto com restrições pelo cidadão carente.

E o comportamento de Gilmar Mendes não ajuda muito…

Veja também:

A justiça que agoniza: Sem provas, Gilmar Mendes acusa Lula de ajudar ‘bandidos’.

Lula não ficou sozinho com Gilmar Mendes, diz Jobim

Imagem:baraunaatual.blogspot.com

Não direi nada.

Ele disse tudo.

E disse lindamente…

Em todos os lugares, o papel do governante é procurar soluções para os problemas.

Aqui é diferente…

Não bastam nossos problemas, os governantes procuram outros problemas.

O 190 da polícia militar, importante ferramenta de combate ao crime, deveria ter um profissional capaz de orientar e auxiliar o cidadão em questão de instantes.

Porém, a realidade é bem diferente (clique aqui).

Deveria orientar em instantes pois, na hora do crime, instantes são decisivos.

Uma assistência demorada, pode significar a morte de um filho, um pai, um irmão.

Pode significar a diferença entre cidadania e abandono.

Apenas o atendimento demorado do serviço 190, já beneficiaria o crime.

Porém o crime será, ainda mais beneficiado.

Do Terra:

Kassab diz não ceder a restrição de cargas e prevê ampliar medida

07/03/2012

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), declarou na manhã desta quarta-feira, em São Paulo, que não cede ao movimento grevista dos transportadores autônomos de carga e previu inclusive ampliar a medida. Segundo Kassab, a tendência na cidade é que as entregas sejam realizadas apenas no período noturno “como é no mundo todo”.

Kassab enche a boca para falar “como é em todo mundo”.

Porém, ao mudar o cenário urbano de São Paulo com a Lei Cidade Limpa, Kassab não fez como “como é em todo mundo”.

 

Tokio

Tokyo

Tóquio, New York e diversas metrópoles pelo mundo ostentam suas propagandas pela cidade.

 

New York

New York

Isso é feio? Pois bem, bonito é ver as ruas esburacadas, o lixo sem ser coletado.

Bonito é ver as ruas alagadas, ao final de cada chuva de verão…

Com relação aos caminhões, logo sentiremos os efeitos da medida de Kassab.

Sua medida colocará caminhoneiros e mercadorias à mercê de assaltos.

A tendência é o aumento dos preços dos produtos, devido ao risco de perdas materiais e de vidas.

Os caminhões, motoristas e cargas precisam de seguro.

E isso custa dinheiro.

E se circularem à noite, custará ainda mais.

E, com os efeitos do novo serviço 190 de Alckmin.

Mais ainda.

Alguém terá que pagar esta conta.

E, pode acreditar, esse alguém SEREMOS NÓS!!

Veja também:

Ponto para o crime: Serviço 190 da polícia virou call center

Kassab, o homem das restrições, das multas, das taxas… Até quando seremos vítimas dele??

Imagem: wikitravel.org/enteddyada.com

 

Sabe aquele sistema de atendimento insuportável, onde uma gravação eletrônica tenta adivinhar o que precisamos?

Onde levamos um bom tempo para resolver questões simples?

Pois é, o 190 da polícia de São Paulo, agora tem um sistema desses…

Mas, o que em condições normais causa simples aborrecimento, ao presenciarmos um crime, pode acarretar o quê?

Quando segundos definem a diferença entre vida e morte.

Da Band:

PM: serviço 190 não atende população

Ouvintes da Rádio Bandeirantes revelam ter ficado mais de quatro minutos para conseguir atendimento
 
Ouvintes da Rádio Bandeirantes continuam fazendo reclamações nesta terça-feira contra o serviço de atendimento telefônico da PM (Polícia Militar), o 190.O cidadão que precisa relatar rapidamente uma ocorrência está sendo obrigado a esperar na linha por mais de quatro minutos. Para quem está na fila de chamadas, é colocada uma gravação semelhante a de call centers de empresas privadas é repetida em inglês e espanhol.

A família de um advogado vítima do golpe do “falso sequestro” da filha procurou a Rádio Bandeirantes para contar ter vivido momentos de terror por causa da dificuldade de contato para buscar informações.

Além de irritar o usuário, a população está sendo desestimulada a contribuir com informações sobre crimes e atitudes suspeitas, alertam especialistas.

Veja também:

SBT suspende programa no Hopi Hari: Iria se chamar “Dia no Parque”

Abaixo-assinado para proteger a natureza: Leia, assine… Mostre que você se importa!!

Imagens:noticias.uol.com.br

E mediocridade sem moralidade.

O presidente da CBF, pode ser o homem apanhado embolsando uma medalha da copinha.

O Jornal da Record chamou o episódio de “constrangedor”.

E você? Chama do quê??

Fontes admitem saída de Teixeira do COL e da CBF

14/02/2012

 Segundo o estatuto da CBF, caso Teixeira renuncie, o vice mais velho assumiria. Este é José Maria Marin, ex-presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Marin foi indicado para ocupar interinamente o comando da CBF por cerca de 40 dias, entre dezembro e janeiro deste ano. Teixeira se ausentou para cuidar da saúde. Presidentes de federação acreditavam que o afastamento era definitivo.

Segundo um dos mandatários, Marin – aquele que embolsou uma medalha do Corinthians na final da Copa SP – passou a cuidar da administração da entidade desde então, mesmo após o fim da licença.

Apesar de a Federação Paulista de Futebol ter afirmado que a medalha que Marin embolsou foi um “presente” (clique aqui), por que a mesma não lhe foi então ENTREGUE?

Afinal, o presente é dado. Quando simplesmente se enfia no bolso, dá-se outro nome…

E o goleiro do Corinthians? Ele, que entrou em campo, não mereceu a medalha?

Ele ficou sem medalha na festa pelo título da Copa São Paulo…

Goleiro corinthiano recebe medalha, e FPF nega furto de Marin

26/01/2012

A Federação Paulista de Futebol (FPF) reparou o erro e enviou uma medalha de campeão da Copa São Paulo de Juniores para o goleiro corintiano Matheus, que acabou ficando sem o objeto durante a premiação no Pacaembu, após a vitória sobre o Fluminense, na quarta-feira. A entidade alega que houve “erro de cálculo”.

No entanto, o presidente em exercício da CBF, José Maria Marín, foi flagrado pelas câmeras de TV colocando uma medalha no bolso. A FPF nega que o dirigente tenha cometido um furto e diz que já estava definido que ele ficaria com o “presente”.

A assessoria de imprensa da federação não explicou a razão de destinar uma das medalhas a Marín, que não tem nenhuma ligação com o Corinthians. 

Os maias diziam que o mundo termina em 2012. Talvez, realmente o fim esteja próximo.

Veja também:

Henrique Meireles vice de Serra?? Podemos estar vendo surgir um novo Kassab…

Ao atacar Haddad, Magno Malta se mostra como “político de ocasião”

Amanhã veremos a 87ª Corrida Internacional de São Silvestre.

Mas, será que realmente a veremos?

A mais tradicional corrida de rua do Brasil está irreconhecível.

Completamente mutilada.

Não respeitaram suas características únicas.

A São Silvestre foi vergonhosamente mudada através dos anos.

Idealizado pelo jornalista Cásper Líbero o evento, realizado desde 31 de dezembro de 1925, não deixou de ser disputado, nem mesmo durante os anos que marcaram a Segunda Guerra Mundial.

O horário, um dos maiores encantos da corrida original, não é mais o mesmo.

Até 1988 a corrida era realizada à noite porém, para ser aceita pela Federação de Atletismo, seu horário foi modificado (clique aqui).

01 amaroporto.blogspot.com

Rosa Mota: A maior vencedora da São Silvestre

marcou época, com seis vitórias consecutivas

Era lindo ver atletas amadores e profissionais juntos, na virada do ano, em um evento que misturava competição e celebração.

Porém, os organizadores acharam a opinião da Federação mais importante que a do povo nas ruas.

A celebração acabou.

Já haviam mudado o sentido da prova. Agora mudaram o percurso.

Afinal as autoridades acham que a tradicional corrida atrapalharia festa do Réveillon na Paulista (clique aqui).

Tradicional uma ova!

Com tantas mudanças, a prova, quase centenária, agora parece uma nova edição do Rock In Rio.

Onde o “Rock” deixou de ter importância.

A matéria da Contigo, que fala sobre o Rock In Rio, conta com Shakira em destaque (clique aqui).

Um “clássico do rock”.

A mesma matéria deixa bem claro que, além do “Rock”, o “Rio” também ficou para trás…

Ponto para o interesse econômico!

Em um mundo sem romantismo ou tradição, não parece difícil crer que, em um futuro bem próximo, a São Silvestre mude de cidade.

Ou de nome.

Veja também:

Os números da Segurança Pública: Quando eles vão dizer a verdade??

A internet móvel e o fracasso da privatização da telefonia no Brasil

Imagem: amaroporto.blogspot.com

Mais um Natal…

Você pode acreditar em sonhos.

Pode acreditar em Papai Noel.

No nascimento do Cristo.

Pode acreditar em Deus…

Pode não acreditar em nada.

Nem mesmo no dia de amanhã.

Para muitos, hoje é dia de celebração e alegria.

Vai comer e beber a valer.

Pode também não ter o que comemorar.

Nem o que comer.

Não ter perspectivas.

Porém, para TODOS é Natal.

Assim como para TODOS nasce o Sol.

Para o justo.

Para o injusto.

Para muitos, não crer é o mais fácil.

O mais cômodo.

Porém espero, e creio, no milagre.

Que ocorra na vida das pessoas.

Não porque hoje é Natal.

Mesmo porque, não acredito no dia de Natal.

Acredito em TODOS OS DIAS.

Acredito em você!!

Desde que você também acredite…

Extraído do blog PERITOS DE FATO:

 

A difamação e o dano moral, quando produzidos por um veículo de comunicação, é algo mais sério do que se pode imaginar…

Afinal, são estes senhores, os responsáveis por INFORMAR o leitor/cidadão brasileiro.

E qual é a qualidade da informação oferecida? Veja o triste exemplo (Revista Época, edição n° 692, de 22/08/2011, página 41).

Alegria a caminho

Há um novo trem da alegria pronto para votação no Senado. Trata-se do projeto de lei que transforma os identificadores de impressões digitais da Polícia Federal, conhecidos como papiloscopistas, em peritos oficiais. Atualmente, a categoria é considerada de nível intermediário. Se o projeto virar lei, 600 funcionários poderão reivindicar a promoção para o nível superior e passar a ganhar em dobro, sem ser obrigados a fazer concurso público.

E onde está a mentira?

Vamos lá. Os “ identificadores de impressões digitais da Polícia Federal, conhecidos como papiloscopistas”, que para a Época tem nível intermediário tem, na verdade, nível superior (veja no site da Polícia Federal).

O SCD 244/2009, referente ao PL 5649/2009 (de autoria da ex-senadora e agora ministra Ideli Salvatti), trata a PERÍCIA OFICIAL, assunto que a revista Época sequer chegou perto (veja a explicação do projeto na TV CAMARA ).

Afinal, quem tem feito, até hoje, perícias dactiloscópicas e Necropapiloscópicas?

E, o que seria do Brasil, se todos os presos condenados, com base em Laudos Dactiloscópicos fossem soltos?

Seria o caos.  Porém é o que ocorre, caso o laudo não seja considerado pericial.

Será que a Época sabe?

Ou melhor, será que se preocupou em saber?

Um email foi enviado à direção de jornalismo da revista.

25/08/2011

Com respeito à matéria da edição n° 692, de 22/08/2011, intitulada “alegria a caminho”, algumas considerações devem ser feitas.

Os profissionais, tratados por esta revista como “identificadores de impressões digitais” são, na verdade, especialistas em identificação humana.

E especialistas são, de fato, PERITOS ( dicionário Michaelis).

Veículos de jornalismo, tais como o CorreioBraziliense, a Abril e a Agência de NotíciasReuters, entre muitos outros exaltam a importância dessa atividade, na elucidação de crimes.

“Em junho de 2001, Timothy James McVeigh foi executado em Indiana. Executado por matar 168 pessoas com uma bomba em Oklahoma.

Executado através de um laudo de um “identificadores de impressões digitais”.Duas impressões digitais. Uma num recipiente contendo nitrato de amônia – a mesma substância utilizada na fabricação da bomba – encontrado em sua casa e outra deixada na caminhoneta que explodiu na frente do prédio em Oklahoma.”

Tratar como “trem da alegria” algo de vital importância para a Segurança Pública, para a Justiça e, principalmente, para o bem estar de milhões de cidadãos brasileiros…

Isto não é, sem dúvida, jornalismo.

Conto com o bom senso daqueles que tem o dever de ouvir todos os lados da notícia.

Atenciosamente.

Antonio Gumauskas Junior

Papiloscopista Policial IIRGD/SP

http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=perito

http://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/historia/impressao-digital-assinatura-crime-434121.shtml

http://www.reuters.com/article/2008/09/05/us-crime-fingerprints-idUSL441239720080905

Esperamos um breve retorno e, dessa vez, com a verdade.

Veja também:

Sequestro e estupro no DF: Mais um crime elucidado!

PERITOS DE FATO: Polícia científica paulista reconhece, há tempos a papiloscopia.

Imagem: agecom.df.gov.br

 

O que esperamos de toda essa bagunça, é a valorização do trabalho de quem preserva a vida.

A invasão, por parte dos bombeiros foi uma violência. Porém, o que dizer do salário pago a quem realiza tão importante trabalho?

Importante e valorizado pela grande maioria da sociedade.

Não é uma violência maior?

Fora a questão salarial, a resposta dada aos bombeiros foi bastante forte.

Mas, foi legítima?

Do UOL:

Prisão de bombeiros tornou-se irregular, diz OAB-RJ

06/06/2011

 A constatação é da presidente da Comissão de Direitos Humanos Ordem dos Advogados do Brasil do Rio (OAB-RJ), Margarida Pressburger.

Segundo ela, a comunicação à Justiça deveria ter ocorrido em, no máximo, 24 horas. O prazo é determinado pelo Código de Processo Penal Militar. De acordo com a assessoria de imprensa do TJ-RJ, a comunicação foi feita apenas às 19h de hoje, mais de 60 horas após as prisões. “Eles (Comando dos Bombeiros) teriam 24 horas para comunicar a prisão. Esse prazo já passou. Isso configura uma irregularidade jurídica. Na teoria, eles já deveriam ter sido soltos.

Da Folha:

Soltura revela que 5 bombeiros estavam detidos irregularmente

11/06/2011

A chegada dos alvarás de soltura dos mais de 400 bombeiros detidos no quartel de Charitas, em Niterói, revelou que cinco deles estavam presos irregularmente. Segundo os deputados estaduais Marcelo Freixo (PSOL) e Flávio Bolsonaro (PP), que acompanham o caso, os cinco foram mantidos no quartel sem que tivesse sido emitida nota de culpa –formalidade necessária para a prisão em flagrante.

O bombeiro Ronaldo Carlos Faria, do 3º Grupamento Marítimo de Copacabana, conta que ele e outros quatro colegas descobriram o erro quando o oficial de justiça chegou com os alvarás de soltura dos detidos, na manhã de ontem. “Fomos pegar os nossos, mas eles não estavam lá. Aí foram checar e viram que não tinha nem nota de culpa. Ficamos aí de graça”, reclamava ele, que foi liberado e estuda processar o Estado pelo erro.

A PM não quis se pronunciar, sugerindo apenas, por meio de seu relações públicas, que o alto número de presos pode ter dificultado esses procedimentos.

A imagem dos bombeiros não foi, em absoluto, afetada por este momento crítico.

Mas, e a imagem do governo?

O governo do Rio demora para apresentar soluções.

E pode pagar um alto preço por isso…

Veja também:

Prefeito de São Paulo chega ao Twitter: @JilbertoKassab_

São Paulo: Todo mundo em pânico!!

É a linguiça comendo o cachorro…

O que está sendo mostrado pela ISTOÉ  já ocorre, há tempos, na polícia de SP. 

A matéria abaixo é de julho de 2010.

Vigilante particular fará segurança em delegacias – Seccional de Campinas fechou contrato com empresa de segurança privada para vigiar unidades policiais 

Segundo o delegado seccional José Carneiro de Campos Olim Neto, serão 400 equipamentos distribuídos entre as 38 unidades policiais de Campinas, Indaiatuba, Valinhos, Vinhedo e Paulínia. A ideia, de acordo com ele, é preservar os bens que ficam dentro das delegacias. ‘Trata-se da segurança de patrimônio público, bens públicos que necessitam de segurança’, disse.

Neto explica que, pelo serviço, a Secretaria de Segurança deve desembolsar uma mensalidade à empresa Carvalho Tecnologia em Segurança, que cuidará da implantação e do monitoramento do sistema. O valor não foi revelado pelo delegado, que explicou que houve processo de licitação para escolha da firma que assumiria a função.

O delegado não teme que a medida, que teve início com o seccional antecessor a ele, manche a reputação da Polícia Civil perante a população. Para ele, a contratação de empresas de segurança privada é uma tendência atual em casas e comércio e não há problemas em ser utilizada também pela polícia.

Em Campinas, um dos casos mais marcantes que expôs a vulnerabilidade da polícia civil foi quando, em fevereiro de 1999, 340 Kg de cocaína desapareceram do Instituto Médico Legal (IML) do município. A droga havia sido apreendida em Indaiatuba.

Fonte Conversa Afiada.

Quem é responsável por dar SEGURANÇA PÚBLICA à população, contrata uma empresa de SEGURANÇA PARTICULAR…

A matéria acima, serve para ilustrar, a declaração de incompetência dada pelo estado de SP. A própria autoridade policial compara a delegacia com o imóvel de um cidadão comum (sujeito a roubos, furtos ou atos de vandalismo).

O fato, apontado pela ISTOÉ, de termos nossas fronteiras guardadas por pessoas sem qualificação, é gravíssimo, mas não é único. 

Passou o prazo de nossos governos tratarem de nossa segurança com respeito e seriedade.

Veja também:

Quanto vale, para você, um deputado?

Obama acorda após 2 anos. Será que voltará a dormir?