Category: FHC


Para quem tem pouca memória, é bom dar uma breve passada pelos tempos de Fernando Henrique Cardoso.

E olha que, naquele tempo, ninguém sequer pensava em falar em redução nas tarifas de energia.

O PSDB "cuidando" do petróleo brasileiro... Lembram como era?

O PSDB “cuidando” do petróleo brasileiro… Lembram como era?

Da Veja:

Dinheiro fácil

Para fazer caixa, o governo aumenta
o preço da gasolina nas refinarias

09/12/1998

O motorista recebeu uma ferroada na boca do tanque na última sexta-feira. O governo autorizou as refinarias de petróleo a aumentar o preço dos combustíveis, as distribuidoras e os postos repassaram o aumento, e o resultado é que o litro da gasolina poderá ficar entre 6% e 8% mais caro. Quem não tem carro, da mesma forma, pode sentir alguma dor. O gás de cozinha também subiu. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, FGV, a inflação pode subir até 0,30 ponto porcentual em dezembro só por causa desse aumento. A gasolina é uma das charadas mais antigas e inquebráveis da economia brasileira. Em 1990, o barril de petróleo custava 28 dólares no mercado internacional — enquanto a gasolina valia o equivalente a 84 centavos de real. O preço do petróleo despencou. Custa agora 11 dólares o barril. O brasileiro não se beneficiou com a redução. Pagava na semana passada cerca de 80 centavos de real por litro. E agora deverá pagar ainda mais.

O aumento da semana passada faz parte do esforço governamental para arrecadar mais dinheiro, de forma a cobrir seus rombos. Se a gasolina fica mais cara, calcula Brasília, cresce a receita nos impostos cobrados sobre o combustível.

Aumentar combustíveis para cobrir rombos…

Bem diferente do que ocorre agora, quando a Petrobras libera reajustes com valores abaixo do esperado pelo mercado (clique aqui).

Bem diferente do tempo de FHC, quando tinha reajuste de combustível para cobrir rombo no governo.

Realmente, a oposição está cheia de moral para criticar o governo Dilma.

Veja também:

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada… (part.01)

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada… (part.02)

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada… (part.final)

Imagem: loupigaroupi.zip.net

Anúncios

Lançado dia 11 último o livro “A Privataria Tucana”, veio pra fazer estragos.

Tanto que esgotou, no primeiro dia, os 15 mil exemplares da edição de lançamento (clique aqui).

Apesar de chamar a obra de “lixo” (clique aqui), José Serra, que era ministro do planejamento na época das privatizações, tentou comprar todo o estoque de livraria (clique aqui).

Se o livro era “lixo”, tentou comprar por quê??

Talvez ele não queira que você, eleitor, tenha sua opinião…

Na lista dos mais vendidos da Veja (clique aqui), o livro “A Privataria Tucana” do jornalista Amaury Ribeiro Jr, já é sucesso.

O ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso e Sérgio Guerra, presidente do PSDB também se manifestaram.

Apesar de fartamente documentado, o livro foi chamado de “infâmia” por FHC, já Guerra prometeu processar o jornalista Amaury (clique aqui).

Mas, quem é Amaury Ribeiro Jr?

Ganhador do Prêmio Esso de jornalismo em 1996 (clique aqui), 1997 (clique aqui) e 1999 (clique aqui), Amaury Ribeiro Jr também ganhou quatro prêmios Vladimir Herzog. O jornalista investigativo, foi baleado em 2007 quando investigava homicídios ligados ao narcotráfico (clique aqui). Fundador da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), é também membro do ICIJ (The International Consortium of Investigative Journatists).

Diferente do premiado e respeitado jornalista, outros denunciantes, menos premiados e respeitados,  foram levados a sério.

Como por exemplo João Dias Ferreira, responsável pelas denúncias que derrubaram o então ministro Orlando Silva.

Apesar de o denunciante não passar de um fraudador (clique aqui), apesar de o denunciante acabar afirmando não ter provas contra Orlando (clique aqui)…

Apesar de tudo, o ministro acabou caindo, abatido pelo escândalo.

Porém o escândalo que se vê, feito pela oposição (partidária e midiática), não se vê contra ela, oposição.

E, quando há um escândalo, mesmo que encoberto pela mídia, a oposição não parte para o diálogo.

Parte para o ataque.

Até um verdadeiro porco, com auxílio da mídia, se torna uma simpatia...

Do Estadão: 

Para PSDB, PT está por trás de livro que denuncia fraudes nas privatizações

16/12/2011

A falta de diálogo leva à ditadura.

Jogar a carreira de um respeitado e premiado profissional no lixo, por razões políticas, é ofender a inteligência do cidadão.

Agora, imaginem só, um jornalista premiado, escrevendo um livro com denúncias e documentos, incriminando um membro do atual governo.

Imaginem tal arma, nas mãos de nossa oposição.

De nossa imprensa…

Talvez veríamos a queda de uma presidenta.

Veja também:

Enterraram o Mosquito. Mas não adianta. Enquanto houver m… haverão outros mosquitos

Reportagem da IstoÉ de março de 2002 do autor da Privataria Tucana destroi argumento de que livro é dossiê do ano passado

Imagem: alcancadospelagraca.blogspot.com

Na gestão FHC (1994/2002) é inegável que o Brasil diminuiu de tamanho.

A Companhia Vale do Rio Doce, segunda mais importante mineradora do mundo não nos pertence mais.

E tudo graças a Fernando Henrique Cardoso e seus ‘parceiros’.

Ela foi privatizada em maio de 1997. Vendida em meio a uma batalha campal entre 600 policiais militares e cerca de cinco mil manifestantes (clique aqui).

Uma privatização de tamanho patrimônio, fez bem ao país?

Dos 3,7 milhões de brasileiros que participaram do plebiscito sobre a venda, realizado dez anos após a privatização,  94,5% disseram que não (clique aqui).

Será que a onda de privatizações será apresentada como legado?

Do Terra:

PSDB tenta resgatar legado de FHC com redes sociais

21 de setembro de 2011

O PSDB decidiu investir em comunicação e nas redes sociais para resgatar o legado do governo Fernando Henrique Cardoso. O programa foi elaborado a partir de um levantamento apresentado na terça-feira à cúpula da legenda, em Brasília. De acordo com o estudo, o PSDB ainda tem um bom recall das áreas de saúde e educação na gestão FHC. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O partido fará um seminário no Rio de Janeiro, em outubro, reunindo os “pais do Real”, como Pedro Malan, André Lara Resende, Pérsio Arida, Armínio Fraga, Gustavo Franco e o próprio Fernando Henrique Cardoso. Batizado de “PSDB: o legado e o futuro”, o seminário tem a intenção de relembrar o período de FHC na presidência. As novas diretrizes devem dar o tom dos programas do partido na TV.

Ainda falando em legado, quem fundou o mensalão?

Será que a compra de votos de parlamentares para a reeleição de FHC (clique aqui), será apresentada como legado?

Será também considerado legado, o vergonhoso naufrágio da plataforma petrolífera P36 (clique aquiaqui e aqui).

A reportagem do Terra fala do bom recall na área da educação da gestão FHC.

Para uma boa educação é importante ter uma boa informação.

Antigamente diziam ter o brasileiro memória curta.

Alguns políticos, ainda, apostam nisso…

Veja também:

Gente fina: Políticos trocam cestas básicas por assinatura do PSD

P36: Ato terrorista!! Ou simplesmente cagada…(part.final)

O povo não pode ser cagão… Não pode ser aconselhado pelo medo.

A informação é melhor conselheira.

Em 2002,apesar do medo de Regina Duarte,o povo mostrou que queria mais.

E teve.

Serra,de fato,não tem sido feliz em seus momentos.

Em 2002 perdeu justamente porque representava a continuidade.

Agora representa mudança.

E  que futuro terá?

Crime eleitoral!! Os partidos do eixo PSDB/DEM/PPS tem procurado a midia e justiça de modo insistente para tratar do tema.

Querem,de qualquer modo,atingir um governo com 80% de aprovação.

Talvez acreditem,realmente,que a sociedade não saiba dos crimes que foram cometidos.

E QUEM COMETEU??

http://www1.folha.uol.com.br/folha/circulo/pre_mer_voto_1.htm

Mercado de Voto

Deputado diz que vendeu seu voto a favor da reeleição por R$ 200 mil
13/05/97
O deputado Ronivon Santiago (PFL-AC) vendeu o seu voto a favor da emenda da reeleição por R$ 200 mil, segundo relatou a um amigo. A conversa foi gravada e a Folha teve acesso à fita.
Ronivon afirma que recebeu R$ 100 mil em dinheiro. O restante, outros R$ 100 mil, seriam pagos por uma empreiteira -a CM, que tinha pagamentos para receber do governo do Acre.
Os compradores do voto de Ronivon, segundo ele próprio, foram dois governadores: Orleir Cameli (sem partido), do Acre, e Amazonino Mendes (PFL), do Amazonas.
Todas essas informações constam de gravações de conversas entre o deputado Ronivon Santiago e uma pessoa que mantém contatos regulares com ele. As fitas originais estão em poder da Folha.
O interlocutor do deputado não quer que o seu nome seja revelado. Essas conversas gravadas com Ronivon aconteceram ao longo dos últimos meses, em diversas oportunidades.

Outros venderam
Nas gravações a que a Folha teve acesso, o deputado acreano diz não ser o único parlamentar que se vendeu na votação da reeleição, no último dia 28 de janeiro, quando a emenda foi aprovada, em primeiro turno, com 336 votos favoráveis na Câmara.
”O Amazonino marcou dinheiro para dar (R$) 200 (mil) para mim, 200 pro João Maia, 200 pra Zila e 200 pro Osmir”, diz Ronivon na gravação.
Os personagens citados são os deputados federais João Maia, Zila Bezerra e Osmir Lima, todos do Acre e filiados ao PFL.

Para quem não sabe,PFL é o antigo nome do DEM

Algumas pessoas,para fugir da polícia e da justiça,mudam de nome…

E os partidos? Mudam o nome para quê?

ACHOU POUCO??

Para quem,ainda,acha pouco teve o favorecimento direto do governo.E O MINISTRO DA FAZENDA CONFESSOU!!

Rubens Ricupero (São Paulo, 1 de março de 1937)foi ministro da Fazenda durante o período de implantação do Plano Real.

Cquote1.svg O ministro Ricúpero foi o sacerdote do Plano Real. Mais até do que o FHC. Cquote2.svg

Presidente Itamar Franco

Renunciou ao cargo em 1º de setembro de 1994, assim que se soube do vazamento, via satélite, de uma conversa sua com o jornalista da Rede Globo Carlos Monforte revelando alguns detalhes sobre o Plano Real, quando se preparava para entrar ao vivo no Jornal da Globo. O episódio ficou conhecido como Escândalo da parabólica.

E o TSE permitiu tudo isso!! UMA VERGONHA!!

 O que você vê acima,caro amigo,é apenas uma prévia…

 Na entrevista abaixo,podemos ver Ciro analisando o cenário político nacional e o comportamento parcial da imprensa… Faz criticas duras ao governo Serra e vê Dilma como o melhor cenário que o PT poderia apresentar.

 Segundo ele: “É preciso criar uma novidade para São Paulo,pra que ineficiência real de 16 anos de tucanos em São Paulo seja colocada a lume.”

 Faz duras críticas ao governo FHC,que se ligou a escória para governar,e ao PT que se colocou contra FHC no inicio de seu governo,levando o tucano a tais ligações.

 Critica duramente o PSDB que se colocou,por vingança,contra o governo Lula,aclamado mundialmente sendo veiculado,até mesmo,a possibilidade de golpe contra um governo com 80% de apoio popular.

 Ainda critica o PT por ligações com a escória politica em busca de governabilidade.

  Coloca Dilma como alguém que gosta do povo,é séria e extremamente competente.

 Confira:

http://tv.estadao.com.br/videos,minha-candidatura-ao-governo-de-sp-e-absolutamente-improvavel,93353,260,0.htm