Category: demos


Enquanto mídia e oposição usaram o julgamento da AP 470, para tentar lucrar dividendos políticos, o eleitor permaneceu sendo lesado.

Como sempre…

Tem vereador que acaba de ser ser eleito em São Paulo e já tem seu nome envolvido em sujeira.

Da BAND:

Denúncia: gabinete tem assessor fantasma

30/10/2012

O programa Manhã Bandeirantes, apresentado por José Luiz Datena, na RB, denunciou a contratação de um funcionário fantasma na Câmara de Vereadores de São Paulo.

O suposto assessor parlamentar, identificado como João Carlos Felipe, também conhecido como Carlão, trabalharia no gabinete da vereadora Sandra Tadeu (DEM), reeleita nas eleições deste ano.

Entretanto, o assessor não trabalha no local, mas sim em uma padaria, como revela uma ligação telefônica feita pelo repórter Agostinho Teixeira para o gabinete.

Nela, um homem atende o telefone e confirma que é do gabinete da vereadora, mas quando questionado sobre Carlão, avisa: “está mais cuidando da padaria, fazendo serviço externo”.

A padaria fica na avenida Celso Garcia, zona leste de São Paulo. A equipe da RB entrou em contato com o suposto assessor, que confirmou que trabalha no gabinete, mas disse que está na padaria em qualquer horário do dia. Ao saber que quem falava era o repórter da Rede Bandeirantes, ele desligou o telefone.

O DEM, que em 2008, contava com sete parlamentares na Câmara Municipal agora ficou com apenas duas cadeiras (clique aqui).

E, dos dois representantes do DEM na cidade de São Paulo, o nome de um já surge envolvido na contratação de funcionário fantasma.

Uma média de assustar.

Das duas uma.

Ou a vereadora lesa os cofres públicos ou é incompetente a ponto de não ver seus auxiliares lesando.

Será que ela não notou que o assessor não vai trabalhar?

De qualquer modo, o resultado acaba sendo o mesmo.

Foi para isso que você deu o seu voto??

Veja também:

Os serristas e a análise fidagal do dia seguinte: O ódio como conselheiro…

Tucano indestrutível: Após ser arrebentado pelo ‘segundo poste’, Serra ainda diz que saiu revigorado…

Imagem: ocontornodasombra.blogspot.com

Anúncios

A oposição no Brasil, deveria surgir como opção.

Porém, vendo o que tem ocorrido com nossa oposição…

Que opção podemos ter??

Marconi Perillo, governador de Goiás pelo PSDB, recebeu apoio do presidente de seu partido (clique aqui).

Mas o senador Demóstenes também havia recebido apoio… (clique aqui)

Demóstenes recebeu apoio do DEM, que após apoiá-lo, decidiu pela expulsão do senador goiano (clique aqui). A medida recebeu elogios do presidente do PSDB.

Será que farão o mesmo com Perillo?

Da ÉPOCA:

Marconi Perillo tem sido traído pela memória

09/04/2012

A memória do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), não anda boa. Ao menos, no que se referre às suas relações com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Quantas vezes, afinal, Carlinhos Cachoeira foi ao Palácio das Esmeraldas, sede do governo goiano? Há duas semanas, Perillo disse a ÉPOCA que foi uma vez. Na ocasião, Cachoeira teria falado de incentivos fiscais para a sua indústria farmacêutica, a Vitapan. Em entrevista à jornalista Christiane Samarco publicada hoje no jornal Estado de S. Paulo, Perillo diz que Cachoeira foi duas vezes ao palácio. Na segunda visita, Cachoeira também teria tratado de incentivos fiscais para a Vitapan, oficialmente registrada em nome da ex-mulher do bicheiro, Andréa Aprígio. Na mesma entrevista, Perillo admitiu ter encontrado Cachoeira em reuniões festivas.

A afirmação a seguir coloca o governador, que já perdeu dois altos funcionários (ligados a Cachoeira), em situação ainda pior.

Do Terra:

Perillo: ‘todo político importante de GO teve relação com Cachoeira’

09/04/2012

Apesar do apoio recebido pela mídia ‘formadora de opinião’, ao que parece, o destino de grandes nomes da oposição não parece bom.

Da Maria Frô:

E a mídia que compartilhou as fileiras, tanto com Demóstenes, quanto com Cachoeira, agora pode estar vivendo seu pior momento.

Veja também:

Carlinhos Cachoeira: Depois de Demóstenes, agora Marconi Perillo. E o presidente do PSDB diz que “o partido não enxerga muita coisa”…

As autoridades de São Paulo e a produção de resíduos sólidos… Eles pensam que somos idiotas?

Eles não enxergam…

Que dó! Que dó! Que dó!

José Roberto Arruda (clique aqui), que já foi do PSDB e também do DEM, também era bem visto.

Assim como o senador Demóstenes, há pouco descoberto à serviço de Cachoeira…

Do Terra:

Presidente do PSDB diz que partido confia em Marconi Perillo

04/04/2012

O presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), disse nesta quarta-feira que o partido confia no governador de Goiás, Marconi Perillo, no que se refere ao possível envolvimento dele com o bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Depois do vazamento para a imprensa de conversas da chefe de gabinete de Perillo, Eliane Gonçalves Pinheiro, com Cachoeira, surgiu a suspeita de que o governador goiano também pudesse estar envolvido no esquema de jogos ilegais no Estado. Mas, para o presidente do PSDB, os vazamentos têm sido “seletivos” e sempre voltados para a oposição.

“O partido não enxerga muita coisa, uma funcionária está envolvida nessas fitas gravadas. Nós estranhamos que essas fitas sejam seletivas, sempre voltadas para a oposição. A gente tem muita calma. O que houver para investigar, vamos investigar. O que houver para esclarecer, vamos pedir esclarecimentos. Reiteramos, de maneira muito tranquila, a confiança no governador de Goiás”, disse Sérgio Guerra a jornalistas em Brasília.

Guerra também elogiou a postura do tradicional aliado político do PSDB, o Democratas, que ameaçou expulsar o senador Demóstenes Torres (GO) em função dos constantes vazamentos de conversas dele com Cachoeira. Guerra disse que, se for o caso, o PSDB apoiará a proposta do DEM de instalar uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar as denúncias sobre o bicheiro e o envolvimento dele com outros parlamentares. “O Democratas teve uma atitude exemplar na questão que envolve o senador Demóstenes Torres. Sempre que eles defendem algo, nós, normalmente, apoiamos”, disse o presidente tucano.

Carlinhos Cachoeira foi preso na Operação Monte Carlo da Polícia Federal e permanece na cadeia desde então. Durante as investigações, a PF gravou inúmeras conversas dele, que é considerado o controlador do jogo do bicho e de outros jogos ilegais em Goiás, com Demóstenes Torres e os deputados Sandes Júnior (PP-GO), Carlos Lereia (PSDB-GO) e Stepan Nercessian (PPS-RJ).

Sérgio Guerra elogiou a postura do DEM, por ameaçar expulsar Demóstenes em seu pior momento.

Um momento em que o próprio senador admite estar ‘morto politicamente’ (clique aqui).

Ou seja, o que fizeram foi ‘chutar cachorro morto’.

Hoje os tucanos não enxergam nada contra Perillo.

Apesar de seus colaboradores próximos começarem a cair (clique aqui e aqui).

E quando enxergarem?

Talvez fujam dele, como o diabo da cruz.

Assim como fazem hoje com Demóstenes…

Veja também:

Dilma, com 77% de aprovação popular deve ter cuidado com os fisiológicos. Hoje o PR veio para a base. Amanhã pode vir o DEM…

As autoridades de São Paulo e a produção de resíduos sólidos… Eles pensam que somos idiotas?

Imagem: canstockphoto.com.br

O governo goiano falou bem grosso, ao dizer que iria processar a revista Carta Capital, pelas recentes denúncias.

Engraçado…

O senador Demóstenes, que acabou de se desligar do DEM (clique aqui), também falava grosso.

Tucano na gaiola: Um espécime raro…

Do Terra:

Cachoeira repassou operações da PF para aliado de Perillo, diz relatório

04/04/2012

Um relatório da Polícia Federal afirma que Eliane Pinheiro, chefe de gabinete do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), recebeu do empresário Carlinhos Cachoeira informações sigilosas sobre operações policiais, que prejudicaram investigações. A denúncia foi feita no jornal Folha de S. Paulo desta quarta-feira.

Pinheiro teria tomado conhecimento de informações sobre os alvos da Operação Apate, que investigou, em 2011, supostas fraudes tributárias em prefeituras do interior goiano. Cachoeira teria trocado uma série de telefonemas e mensagens de texto com a chefe da gabinete, que seria, de acordo com conclusão da Polícia Federal, a responsável por informar o prefeito Geraldo Messias (PP), de Águas Lindas de Goiás, que é aliado de Perillo. Eliane teria, ainda, utilizado uma linha Nextel habilitada nos Estados Unidos, acreditando estar imune aos grampos da PF.

Com a divulgação das escutas envolvendo o governo de Goiás, através de sua chefe de gabinete, podemos perceber que o círculo de influência de Carlinhos Cachoeira é bastante vasto.

Mas Eliane Pinheiro afirma que a Eliane que aparece nas gravações não é ela (clique aqui).

Então, se sua afirmação é verdadeira, por que o governo de Goiás aceitou seu pedido de exoneração?

Se ela é de fato inocente, o governador Perillo não deveria estar ao seu lado?

A mesma covardia protagonizada pelo governo de Goiás, também se viu na direção do DEM, que tratou de preparar o processo de expulsão de Demóstenes (clique aqui).

Ao dizer que o partido fez “prejulgamento público” (clique aqui), o senador Demóstenes Torres (GO) mostra claramente o comportamento do político no Brasil.

Todos tão respeitáveis.

Até o momento em que o primeiro desmorona.

Daí, é um SALVE-SE QUEM PUDER…

Veja também:

Reciprocidade: Tem espanhol chamando o Brasil de “racista”… Mas, e eles? Não são racistas?

Governo tucano de Goiás tenta calar Carta Capital na justiça. Eles tem medo do quê?

 Imagem: batista65.blogspot.com

Daí não precisa justiça.

Não precisa Procuradoria Geral…

Bastam a Globo, a Veja, a Folha, o Estadão e outros “veiculos da informação”, que podem “apontar culpados e esculhambar à vontade…

Nossos veículos midiáticos são poderosos, mas são isentos??

Do Terra:

Novo líder do DEM, Agripino pede que PGR aponte culpa e culpados

27 de março de 2012

O presidente do Democratas, senador Agripino Maia (RN), assumiu a liderança do partido no Senado, nesta terça-feira, substituindo o senador Demóstenes Torres. Envolvido em suposta associação com o contraventor Carlinhos Cachoeira, preso recentemente acusado de chefiar uma quadrilha de exploração de jogos ilegais em Goiás, Demóstenes foi pressionado a deixar o cargo de líder nesta manhã no Senado.

Agripino Maia voltou a cobrar que a Procuradoria Geral da República aponte os fatos para reduzir o clima de desconforto entre senadores. “É preciso identificar claramente culpa e culpados, para que não fique perante a opinião pública a suspeita sem causa definida”, disse.

Ao dizer que o partido não fará julgamento nem defesa antecipada, Maia ressaltou que, caso as investigações apontem que Demóstenes faltou com a ética, o partido será firme. “A história do partido demonstra claramente que não convivemos com fatos aéticos. O partido tem tradição e história a zelar e o fará”, finalizou.

Parece sensato não fazer julgamento nem defesa antecipada porém, ao julgar e condenar ministros do governo Dilma, que não foram judicialmente condenados (clique aqui), não houve sensatez.

Houve oportunismo.

Também não houve sensatez ao veicularem o escândalo do mensalão, sem apresentarem provas contundentes.

O escândalo foi fartamente veiculado, porém Roberto Jefferson admitindo a inexistência do mensalão foi mostrado de forma bem discreta (clique aqui).

Falar que o partido não fará julgamento nem defesa antecipada, quando o acusado pertence ao partido, parece fácil…

Até quando o interesse pessoal estará à frente do coletivo?

Até quando seremos reféns da covardia e da mentira??

Veja também:

Presidente do DEM chama denúncia de sociedade entre bicheiro e Demóstenes de “fase ruim”… E você? Chama do quê??

Precatórios: A justiça é rápida e implacável, quando quem deve é você. Mas e quando você é o credor??

Imagem: Bessinha em http://tudo-em-cima.blogspot.com.br

Infeliz. É o mínimo que se pode dizer da afirmação do senador Agripino Maia, presidente do Democratas, a respeito das denúncias contra seu colega de partido Demóstenes Torres.

“Fase ruim”, foi o que afirmou.

“Fase ruim”quer dizer que o fato de Demóstenes Torres ter se associado a Carlinhos Cachoeira, suspeito de chefiar a exploração ilegal de jogos em Goiás não é, para o presidente da legenda, falha de conduta.

É, na verdade, uma tremenda falta de sorte, visto que o fato tornou-se um escândalo.

E se não tivessem descoberto?

Seria “fase boa”??

Agripino e Demóstenes

Do Terra:

Demóstenes passa por ‘uma fase ruim’, diz presidente do DEM

27 de março de 2012

O presidente do Democratas, senador Agripino Maia (RN), afirmou na tarde desta terça-feira que o colega de bancada, Demóstenes Torres (GO) “está passando por uma fase ruim”. Acuado pela própria legenda, que o pressiona para que se explique sobre sua ligação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, o senador goiano pediu hoje afastamento da liderança do DEM no Senado. As informações são da Agência Senado.

A possível expulsão do senador goiano dos quadros do DEM (clique aqui), não aplaca o mal estar criado, com relação a sigla.

Sigla que amarga profunda queda de credibilidade junto ao eleitor. Tanto que segue encolhendo dramaticamente ao longo dos anos (clique aqui).

E, se seus representantes continuarem tendo “fases ruins”? Será que o partido voltará a crescer?

Acho difícil…

Veja também:

Revista diz que Demóstenes Torres teria faturado R$ 50 mi ao associar-se com bicheiro

Sem renovação: O PSDB vai disputar a prefeitura de São Paulo com a mesma cara…

Imagem: robsonpiresxerife.com

O que seria da oposição sem a mídia?

Não seria.

A oposição que, mesmo com a mídia, perdeu em 2002, 2006 e 2010, não pode continuar perdendo.

Não pode, sob pena de desaparecer.

Partidos como o PSDB, o PPS e, principalmente, o DEM encolheram dramaticamente (clique aqui).

Correm, a médio prazo, o risco de se tornarem nanicos.

Por conta de tal fenômeno, surgiu o PSD.

Com a proposta de fazer uma oposição mais propositiva e pontual, o novo partido retirou membros importantes de toda a oposição.

A oposição que começa a evitar ataques diretos e contundentes contra o governo.

Para realizar tal serviço sujo, eles contam com a mídia.

A Veja, por exemplo, em súa última edição, reciclou uma velha história…

Precisamente de 2006, a chamada “lista de Furnas”, que a revista afirma ser uma montagem encomendada pelo PT, conta com políticos como Aécio Neves (PSDB-MG), José Serra (PSDB-SP) e Geraldo Alckmin (PSDB-SP) entre outros beneficiados com caixa 2 durante a campanha eleitoral de 2002.

O que o jornalismo rasteiro de Veja não informou ao seu leitor, é que naquele mesmo ano, A LISTA FOI CONSIDERADA AUTÊNTICA PELA POLÍCIA FEDERAL.

Da Folha:

Novo laudo da PF indica que lista de Furnas é autêntica

16/06/2006

A Polícia Federal confirmou ontem a autenticidade da chamada “lista de Furnas”, documento de cinco páginas que registra supostas contribuições de campanha, num esquema de caixa dois, a 156 políticos durante a disputa eleitoral de 2002. No total, eles teriam recebido R$ 40 milhões.

A clara tentativa da revista era desviar a atenção sobre o livro “PRIVATARIA TUCANA”, do jornalista Amaury Ribeiro Jr, lançado dia 9 último e que conta com farta documentação contra tucanos de alta plumagem (clique aqui).

Enquanto isso, os recentes escândalos envolvendo as irregularidades com a inspeção veicular, a prefeitura de São Paulo e o contrato de licitação com a empresa Controlar foram simplesmente esquecidos…( clique aqui).

Assim como os escândalos, envolvendo possíveis fraudes na licitação da linha Lilás do Metrô. os indícios eram tão fortes, que o MP pediu o afastamento do presidente do Metrô (clique aqui).

E a Veja que, inexplicavelmente, publicou uma matéria velha e já desmentida para atacar um partido político, não deu importância para fatos recentes.

Recentes e graves.

E, não deu importância POR QUÊ??

Veja também:

Controlar: MP pede afastamento de Kassab por fraude

”Privataria”: tucanato em silêncio após lançamento de livro

JK: Pena ele não poder se defender da "homenagem"

 

Da ISTOÉ:

Kassab, o impostor

O prefeito de São Paulo quer ser JK. Mas quem ele pensa que é?

 Gilberto Kassab, prefeito da maior cidade do Brasil, não é o que parece ser. Em outras palavras, é um impostor. Aquele que engana com falsas aparências. Agora, ele quer se parecer com Juscelino Kubitschek, o maior mito político da história brasileira. Para começar, Kassab deixou o DEM e criou um novo partido, apropriando-se da sigla da antiga agremiação de JK, o PSD, Partido Social Democrático. Agora, teve a pachorra de registrar o domínio http://www.jk.org.br na internet (se alguém duvida, basta entrar na página http://www.registro.br e conferir). Como diz o colunista Claudio Humberto, que revelou a história, só falta mudar o nome para “Jilberto” Kassab.

Kassab: Autor da piada ou a própria piada?

Do CorreioBraziliense:

Após pressão da família, Kassab recua de intenção de usar nome de JK

Filha de Juscelino Kubitschek afirma que não autorizou o uso do nome dele pelo novato PSD e prefeito de São Paulo estuda “homenagear” outra pessoa

Após brincar com a paciência do cidadão paulistano (clique aqui,aqui e aqui),agora o prefeito resolve brincar a nível nacional…

Mais digno seria permanecer em seu partido de origem,o DEM (que já foi PFL e ARENA).

Pensando bem,Kassab não é o único que,no partido,teve o hábito de fugir.

Nem boi suporta a conversa de demos e tucanos...

Eles não apoiaram quando eram governo,por quê?

Do mesmo modo,antes aprovaram a CPMF,aprovaram a emenda da reeleição (com direito a compra de votos,clique aqui).

E hoje se colocam como ‘defensores dos trabalhadores’ !

Alvaro Dias lamentou que, ao mesmo tempo em que o governo não aceita um salário mínimo mais elevado, os trabalhadores “estão perdendo dinheiro, pois a inflação está voltando” e praticamente chegou aos 6% ao ano. Acrescentou não ser justo que “a conta dos gastos excessivos do final do governo Lula” seja paga pelos trabalhadores de baixos salários.

Não foram os trabalhadores aposentados,chamados ‘vagabundos’ por Fernando Henrique? (se não lembra,clique aqui)

Sobre os baixos salários,veja o quadro abaixo,comparando os governos FHC e Lula:

A comparação em dólares do salário mínimo pago por FHC/PSDB em comparação a Lula/PT,mostra bem o cenário dramático deixado pelo primeiro

Fonte:  http://anti-tucano.blogspot.com/2010/02/evolucao-do-salario-minimo-no-brasil.html/Wikipedia

Porém quem não conhece o histórico de  partidos conservadores e neoliberais,que hoje fazem parte da oposição,pode até acreditar nas boas intenções de tais políticos.

A palavra de tais homens é como um banheiro público. Se não cheira à sujeira,tem cheiro de pinho.

E haja pinho para disfarçar tanta podridão…

Veja também:

Prefeitura,Controlar e o ‘dinheiro fácil’ em São Paulo

Plebiscitos e referendos: Você é a favor da partipação do cidadão na política?

Ambulante tratado como marginal: Nenhuma novidade

Democracia é uma grande mentira!

Pelo menos em SP…

O povo não tem mais direito de se indignar.

Não tem,apesar de viver em condições indignas.

Apesar de ter sua casa invadida pela enchente,apesar de ter um transporte público de péssima qualidade.

Apesar de não ter Segurança Pública,Saúde Pública,…

Apesar de viver em uma Democracia,o prefeito Kassab parece desconhecer o fato.

Prefeitura de São Paulo quer extorquir manifestantes

Kassab quer cobrar – com antecedência de 30 dias – de quem “afeta o trânsito”. Quanto maior a mobilização, mais caro será

Por Leonardo Severo

Como se não bastasse a criminalização do protesto, o demotucano Gilberto Kassab (ex-vice de José Serra) e atual prefeito de São Paulo,  quer agora cobrar antecipadamente dos manifestantes pela realização de passeata nas avenidas da capital.

O fechamento ou interrupção de trechos de avenidas terá de ser informado – e bem pago – com um mês de antecedência e, de acordo com o decreto, terá seus valores alavancados conforme o número de pessoas e tempo em que dificultar a circulação no trecho. Ou seja, quanto mais gente nas ruas, maior o desembolso.

A extorsão saiu no Diário Oficial do Município de São Paulo, dia 30 de novembro, e foi repercutida com regozijo por setores da mídia: “Evento que afeta o trânsito pagará taxa”.

A expressão “afeta o trânsito” é o carimbo preconceituoso encontrado pelos meios de comunicação privados para encobrir as causas do protesto e sumir com as reivindicações dos movimentos sociais, buscando ganhar apoios através da desinformação/esvaziamento do significado da luta, numa capital que vê suas ruas transformadas rapidamente em estacionamento.

A Democracia é importante,principalmente para quem sabe o que é viver sem ela.

Hoje somos impedidos de sair às ruas,amanhã estaremos apanhando em nossas casas.

O presidente foi chamado de ditador.

E foi sem um motivo justo.

E Kassab?

Que seria do Brasil,caso um lunático desses fôsse presidente??

Veja também:

São Paulo feita de açúcar: Molhou,desmanchou…

Continuidade: Essa palavra faz a oposição tremer…

A árvore,utilizada como símbolo pelo partido,está longe de ser o mais apropriado

O DEM,sempre próximo ao poder,mostra claramente que não se acostumou a viver na oposição.

Esteve,com o nome de ARENA,apoiando o regime de ditadura militar.Tornou-se PFL e esteve com todos os governantes desde então.

Ao ver Lula eleito em 2002,o partido se colocou contrário às reformas e projetos do governo.

O sucesso alcançado pelos projetos sociais do governo e o fortalecimento da economia,marcaram o declínio da força do DEM. 

E a perda de sua maior liderança,o baiano Antonio Carlos Magalhães (falecido em 2007),só fez crescer a crise que já não era pequena.

Em 1998,quando apoiava o governo FHC,a legenda tinha 105 deputados federais e seis governadores.

Hoje a legenda conta com 57 parlamentares.Tinha um único governador,José Roberto Arruda,que foi preso e teve seu mandato cassado.

Tivemos também escândalos envolvendo outros ‘Democratas’,como Edmar Moreira e Efraim Morais.

Moreira (eleito pelo DEM/MG) e envolvido no famoso escândalo do castelo. Morais (senador DEM/PB) protagonizou o escândalos envolvendo sua participação direta na contratação de funcionários fantasmas em seu gabinete.

Esse seria o símbolo que melhor caberia no caso do DEM.Partido pré-histórico e,praticamente extinto

O eleitor se mostra cansado ao ver os exemplos que são dados,por quem deveria representar sua vontade.

O Brasil não necessita de novos nomes.Como tentou o partido que já foi ARENA,PFL e agora DEM…

Precisamos de uma nova forma de fazer política!

Veja tambem:

https://tonigumauskas.wordpress.com/2010/07/02/todo-senador-e-sujo-segundo-efraim/

http://oglobo.globo.com/pais/mat/2009/02/04/o-reino-encantado-do-novo-corregedor-da-camara-edmar-moreira-754269184.asp

Índio,foi amparado pelo PSDB.E a justiça?Vai ampará-lo?

Da Folha

http://www1.folha.uol.com.br/poder/769153-pt-confirma-processo-contra-indio-da-costa-por-crime-contra-a-honra-e-danos-morais.shtml

PT confirma processo contra Indio da Costa por crime contra a honra e danos morais

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, confirmou nesta segunda-feira que o partido vai processar o deputado federal Indio da Costa (DEM-RJ), vice do candidato do PSDB à Presidência José Serra, por crime contra a honra e danos morais.

O PT decidiu ainda entrar com uma ação na Justiça Eleitoral pedindo direito de resposta no site do PSDB, MobilizaPSDB, que divulgou a entrevista de Indio acusando o PT de ter ligação com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e com o narcotráfico.

Os petistas ainda esperam até amanhã um pronunciamento do PSDB sobre a entrevista de Indio para avaliar se também estenderá o processo por danos morais aos tucanos. O PT quer saber se o PSDB avalizou ou não a fala do vice de Serra.

Preparem o processo! A resposta chegou.

Do Portal Terra

http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4574563-EI15315,00-Sergio+Guerra+diz+que+as+Farc+sao+socias+incomodas+do+PT.html

Sérgio Guerra diz que as Farc são “sócias” incômodas do PT

Durante coletiva de imprensa no final da tarde desta segunda-feira (19), o presidente do PSDB e coordenador da campanha do candidato à presidência José Serra, senador Sérgio Guerra (PE), proferiu inúmeros ataques aos petistas, chamou as Forças Revolucionárias da Colômbia (Farc) de “sócio incômodo do PT” (sic) e disse que seu partido “não frenquenta o subtarrâneo da política”.

E não foi só o presidente Guerra que se pronunciou:

http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4574752-EI15341,00-SP+Alckmin+diz+ser+notoria+a+ligacao+do+PT+com+as+Farc.html

 SP: Alckmin diz ser “notória a ligação do PT com as Farc”

É triste quando vemos a falta de estrutura de quem se dispõe a comandar um país do tamanho do nosso.

Outro dia vimos o DEM fazer Serra engolir Índio.E engolir em seco(após o tucano ter escolhido Álvaro Dias). 

A conversa do vice foi apenas mais uma gota em um verdadeiro oceano de desencontros.

Quando era mostrado à frente nas pesquisas,Serra preferia não atacar diretamente o governo Lula.

Agora,ao que parece,surgem como quem não tem nada a perder.

Na verdade tem…E muito!

E a justiça mostrará o quanto poderão perder.