17jun2013---manifestantes-chegam-ao-cruzamentos-das-avenidas-faria-lima-e-reboucas-em-pinheiros-zona-oeste-de-sao-paulo-no-5-protesto-contra-o-aumento-das-tarifas-do-transporte-coletivo-1371505262094_615x300

Temos visto uma mobilização espantosa por várias cidades brasileiras.

Belas manifestações, porém com momentos de selvageria.

Vimos manifestantes tentando invadir o Palácio dos Bandeirantes.

Também vimos no RJ, a tentativa de invadir a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

Vimos também um veículo sendo incendiado.

Ao que parece, tudo isso é pela revogação do aumento de tarifas do transporte público.

Porém o buraco é bem mais embaixo…

Os nossos bolsos também são violentados por pedágios caríssimos (e isso não é de hoje).

Pagamos uma altíssima carga tributária e não temos, por parte do estado, investimentos em Segurança Pública.

Uma infinidade de filhos, filhas, esposos, esposas, pais e mães são assassinados todos os dias por criminosos (e isso não é de hoje).

A PM, importante instrumento do governador para agredir manifestantes, professores, moradores de rua ou dependentes químicos, é um verdadeiro fracasso para combater a criminalidade.

Policiais que recebem salários de fome e que trabalham em várias jornadas para complementar o salário.

Com tais condições de trabalho, fica bem difícil garantir a segurança da população (e isso não é de hoje).

Pagamos uma altíssima carga tributária e não temos, por parte do estado, investimentos em Saúde Pública.

Uma infinidade de filhos, filhas, esposos, esposas, pais e mães morrem todos os dias sem atendimento médico decente (e isso não é de hoje).

Também podemos dizer que foram assassinados.

Temos políticos que estão no poder há muitos anos (em São Paulo já são décadas), e não conseguiram dar ao povo o básico.

Não conseguiram dar respeito ao povo.

Apesar de não concordar com manifestações violentas, ver um número imenso de manifestantes batendo às portas de Alckmin não parece ser surpresa.

Esse senhor tem muitas explicações a dar.

Hoje pudemos ver uma grande mobilização.

E, caso ainda não notaram, não foi apenas por alguns centavos na tarifa.

Veja também:

Ato com 65 mil participantes fecha marginal Pinheiros, emSP, e chega ao Palácio dos Bandeirantes

SP: Movimento Passe Livre diz que só negocia revogação de aumento

Imagem: http://noticias.uol.com.br