A condenação deveria sem emblemática.

Ainda mais porque o agressor é um ‘formador de opinião’.

Deveria servir de exemplo para que atos covardes de discriminação não se repitam.

Deveria.

Porém…

Do R7:

Boris Casoy é condenado a pagar R$ 21 mil a gari ofendido

Jornalista afirmou que não foi preconceituoso; Justiça não acreditou em sua versão

O jornalista Boris Casoy e a Band, emissora na qual trabalha, foram condenados pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 21 mil de indenização por danos morais ao gari Francisco Gabriel de Lima.

No Natal de 2009, Lima apareceu no Jornal da Band ao lado de um colega de trabalho, desejando felicidades ao povo brasileiro. Assim que o noticiário foi para o intervalo, o microfone de Casoy permaneceu aberto e todo o País ouviu ele dizer: “Que merda! Dois lixeiros desejando felicidades do alto de suas vassouras. O mais baixo na escala de trabalho”.

Durante o julgamento, os advogados de Boris disseram que ele “não pretendeu degradar a profissão de varredor de rua” e que “em hipótese alguma foi cometido preconceito de qualquer espécie”.

Ainda de acordo com o documento judicial, ao qual a reportagem do R7 obteve uma cópia, o jornalista Joelmir Betting, colega de Casoy na Band, foi testemunha e defendeu o amigo. Disse que as falas foram “em tom de brincadeira”.

‘Tom de brincadeira…’

Quer dizer que “em tom de brincadeira” está liberado?

Se hoje tolerarmos esse tipo de “brincadeira”, amanhã vamos nos acostumar com o quê?

Moradores de rua ou índios incendiados? (clique aqui e aqui)

Homossexuais sendo covardemente assassinados? (clique aqui)

E todos os agressores e assassinos também poderão dizer que ‘estavam brincando’.

E, enquanto isso, vamos permanecer vendo um ‘dejeto moral’ a repetir na TV, magnanimamente, que tudo ‘É UMA VERGONHA’.

E pior, ainda teremos que concordar com ele…

Veja também:

O “defeito” em lombadas eletrônicas e a safadeza governamental: Em SP cidadão pode pagar por infração não cometida

Investimento em educação? Por aqui não tem isso não!! Parlamentares barram repasse dos royalties do petróleo para educação. Veja aqui seu representante

Imagem: blogmolotov.blogspot.com