A política brasileira está se nivelando por baixo.

Partidos que em outros tempos não se misturavam, hoje são vistos juntos.

Em contrapartida, o ódio pode muito bem nascer de um amor desprezado.

Olhando a fotografia abaixo, nunca poderíamos imaginar que os veríamos em lados tão opostos.

E pior! Apoiados por aqueles que mataram a democracia.

Fernando Henrique Cardoso e Lula juntos distribuindo jornais e panfletos pela redemocratização, em plena ditadura militar.

Fernando Henrique Cardoso, quando não teve o apoio do PT para governar, recorreu ao falecido PFL (clique aqui).

PFL, que já foi ARENA, e hoje vive com o nome de DEM.

Foi o início do casamento demotucano e do ódio entre tucanos e petistas.

Tucanos, presentes e atuantes na luta pela democracia agora estavam lado a lado com apoiadores da ditadura, como Antonio Carlos Magalhães, Marco Maciel ou Jorge Bornhausen.

E petistas, também presentes e atuantes na luta pela democracia, passaram a ser inimigos mortais.

Quando Lula venceu o tucano Serra e se tornou presidente em 2002, o PSDB foi para a oposição raivosa.

A grande mídia, que em grande parte apoiou a ditadura, também apoiou Fernando Henrique.

O episódio da compra de votos para a reeleição de FHC (clique aqui), é um belíssimo exemplo de uma mídia parcial.

Enquanto FHC foi preservado, Lula quase recebeu o impeachement.

Proteção da mídia à parte, o senso de moral do político brasileiro, adepto da máxima do ‘é dando que se recebe’, não mudou muito.

E os petistas, para poder governar, acabaram adotando uma estratégia similar aos tucanos.

Dilma foi eleita em 2010 com uma confortável maioria no Congresso Nacional.

Confortável, mas não muito fiel…

Partidos como PMDB, PR, PP,PTB sempre tiveram relação tumultuada com o governo.

Relação marcada por pedidos e ameaças (clique aqui, aqui e aqui).

Sarney e Collor, que estavam com a ditadura militar, hoje apóiam Dilma Rousseff, a presidenta que foi presa e torturada pelos militares.

A recente aliança municipal entre Haddad e Maluf parece um pesadelo para muitos.

O apoio nefasto se fez necessário para tentar derrotar o tucano Serra.

Na verdade o que vemos é apenas mais um capítulo de uma velha história.

Velha e triste…

Veja também:

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM: “Kit arrastão” surge como novidade para quem quer curtir a noite paulistana…

A cidadania e a sacolinha: Consumidor abandonado pelo MP e pelo Procon é socorrido por ação civil pública

Imagem: jornalopcao.com.br

Anúncios