Meu dia de trabalho já acabou.
Porém não tenho a menor idéia de quando vou conseguir chegar em casa.
O sr. Alckmin teve meses para negociar um aumento digno para os funcionário do Metrô, antes da data-base (1º de maio).
Estamos quase no final de maio e agora o Metrô chega com 5,71%, que não cobre nem os 6,5% da inflação de 2011.
QUE VERGONHA!!!

Do UOL:

Inflação em 2011 fica em 6,5%, quase estoura meta e é a maior em sete anos

06/01/2012

Da RedeBrasilAtual:

Metrô sobe proposta, e trabalhadores fazem nova assembleia

23/05/2012

Em audiência realizada no início da tarde de hoje (23) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região, em São Paulo, a Companhia do Metropolitano (Metrô) elevou de 5,71% para 6,17% (entre reposição e aumento real) a proposta de reajuste salarial na data-base (1º de maio), entre outros itens. A proposta será levada à assembleia prevista para esta tarde na sede do Sindicato dos Metroviários, na zona leste da capital paulista. A avaliação é de que houve avanço na negociação – e, por isso, a greve iniciada à zero hora pode terminar ainda hoje.

Os trabalhadores estão demonstrando boa vontade em discutir uma proposta ridícula.

Nem mesmo os 6,17% (entre reposição e aumento real), que foram oferecidos hoje pelo Metrô, merecem respeito.

Aumento real??? Não me façam rir…

Os 6,17% também não cobrem a inflação!!

Culpar os trabalhadores pela paralização que castiga São Paulo é, no mínimo, uma grande covardia.

Quase tão grande quanto um governador que se vale de seu poder para achatar o salário dos trabalhadores.

Veja também:

Caras de pau!! Veja os 29 parlamentares brasileiros que defendem o trabalho escravo!!

São Paulo, a capital do ‘mundo cão’: Kassab ao retirar camelôs do centro, expulsa também deficientes físicos!!

Imagem: noticias.uol.com.br

Anúncios