Tem gente afirmando que o governo deveria pedir desculpas pelos aeroportos (clique aqui).

As mesmas pessoas que tratam por privatização, a concessão que foi feita.

Eles, que fizeram inúmeras privatizações, não sabem a diferença?

Concessão, por um tempo determinado, outorga que faz o poder público a um particular ou a uma empresa privada, do direito de executar, em seu nome e mediante certos encargos e obrigações, uma obra, ou a exploração de serviço público (clique aqui).

Um leigo poderia não saber a diferença. Mas eles tinham que saber!!

Eles são incompetentes? Ou incompetentes fomos nós, que votamos neles…

Vamos ver o que foi definido para os aeroportos, ainda em 2011.

Governo define lance mínimo para concessão de aeroportos

15 DE DEZEMBRO DE 2011

O governo definiu hoje (15) os valores das outorgas para o leilão de concessões dos aeroportos internacionais de Brasília, Viracopos e Guarulhos. O lance mínimo para Guarulhos será R$ 3,4 bilhões, para Viracopos, de R$ 1,5 bilhão, e para Brasília, de R$ 582 milhões. Os editais serão publicados ainda hoje em edição extra do Diário Oficial da União. O leilão das concessões será no dia 6 de fevereiro de 2012 na Bolsa de Valores de São Paulo.

O vencedor da licitação de Guarulhos poderá operar o terminal por 20 anos. O prazo de concessão do terminal de Brasília será de 25 anos e o de Viracopos de 30 anos.

Colocamos em destaque o tempo para deixar bem claro. Os aeroportos não foram entregues, como vergonhosamente ocorreu com o sistema Telebrás e a Vale do Rio Doce, por exemplo.

E a concessão não saiu por R$ 3,4 bi para Guarulhos, R$ 1,5 para Viracopos e R$ 582 milhões para Brasília, totalizando R$ 5,482 bilhões.

Na verdade o valor ficou bem além disso…

Governo arrecada R$ 24,5 bilhões com leilão de três aeroportos internacionais

06.02.2012

Como disse bem o Edu Guimarães, para que se consiga mensurar o valor impressionante alcançado pelo arrendamento dos aeroportos a prazo fixo, a venda do controle acionário do sistema Telebrás, em 1998 – um negócio que entregou para sempre toda a estrutura e direitos de exploração das telecomunicações –, arrecadou míseros 19 bilhões de dólares, à cotação da época, o que, à cotação de hoje, significariam cerca de 33 bilhões de reais.

E nem vamos falar da privatização da Vale para não ficarmos nervosos.

Falando em ficar nervoso…

Quem entregou, para sempre, nosso patrimônio. Quem hoje, para se manter politicamente vivo, precisa apelar para a mentira.

Pessoas que não deveriam pedir desculpas.

Desculpas não cobrem o dano que foi causado.

São eles que criticam, quando deveriam se calar.

Veja também:

A ditadura e a mentira por dentro da sacolinha: Quase todos os produtos vendidos pelos supermercados, são embalados em plástico e agridem o meio ambiente

O Estadão denunciou, acredita? Filiados tucanos nem sabem que são tucanos…

Imagem: http://www.blogcidadania.com.br


Anúncios