Archive for outubro, 2011


 

Quega a ser asqueroso o comportamento de alguns órgãos de imprensa, diante da perspectiva de tragédia.

 

A tragédia não tem partido.

 

Figuras como por exemplo Mário Covas, Dilma Rousseff e José Alencar lutaram pela vida, neste instante a existência passa a ter novo sentido.

 

Vitória e derrota também… Mais um dia, pode ser encarado como vitória.

 

Mílton Jung pergunta à Lucia Hippolito se o câncer que Lula começa a tratar hoje (31/10/2011), pode impactar seu trabalho na campanha de 2012.


 

O câncer de Lula se chama mídia golpista...

 

Lucia diz acreditar que agora, devido ao recente diagnóstico de câncer na laringe, Lula não falará tanto quanto falou nos últimos nove anos.

 

Segundo a comentarista, o ofício de Lula é falar (clique aqui).

 

Mas, Lula não é da oposição…

 

Ele poderia ter falado muito, (e falou mesmo) até 2002, quando foi eleito presidente.

 

Daí em diante o ex-presidente trabalhou muito.

 

E, enquanto trabalhava, teve que aguentar o falatório de setores da oposição, além da grande mídia.

 

A mídia, que por aqui, tem mais força que qualquer partido político.

 

Eles falaram demais…

 

E muitas vezes não comprovaram o que disseram (clique aqui).

 

Agora vemos comentários aprovados do tipo “CASTIGO DIVINO” ou então “ACREDITO QUE ESSE CANCER VAI CURAR O CANCER QUE ESSE CACHACEIRO INTALOU NO PAÍS” (sic).

 

O ódio nutrido por certos grupos, muitos ditos “democráticos”, chega a ser mais ácido que um câncer.

 

Eles perderam em 2002.

 

Perderam em 2006.

 

Perderam em 2010.

 

Agora, se não tivermos cuidado teremos um país refém.

 

Da mentira e do olho grande…

 

Veja também:

 

Venda de emendas em São Paulo: Por que a Veja não promove um escândalo??

 

Roberto Jefferson diz ao STF que Mensalão não existiu, não foi “fato”, foi “retórica”!

 

Imagem: ahbombasta.blogspot.com


Anúncios

Uma imprensa que veicula escândalos, apenas de um segmento político pode se dizer isenta?

O deputado estadual Roque Barbiere (PTB/SP) fez uma denúncia gravíssima.

Do Terra:

Deputado: 30% dos colegas vendem emendas na Assembleia de SP

O deputado estadual Roque Barbiere (PTB) afirmou que tem um “belo de um grupo” na Assembleia Legislativa paulista ganhando dinheiro com a venda de emendas parlamentares e com lobby de empreiteiros em prefeituras, apesar de não ser a maioria. De acordo com o deputado, entrevistado por um colunista do jornal Folha da Região, de Araçatuba, entre 25 a 30% dos seus colegas adotam a prática – a Assembleia conta com 94 parlamentares, sendo o maior Legislativo do Brasil.

O deputado foi capa da Veja?

O PM, herói da revista, foi preso pela polícia Federal, sob acusação de liderar um esquema de falsificação e desvio de dinheiro público (clique aqui).  

 

A voz da Veja é a voz do povo? O povo vale mais que isso...

Enquanto isso o deputado denunciante em São Paulo é tratado com escárnio pela Veja (clique aqui).

A inteligência foi tratada com escárnio!!

É curioso ver que uma publicação de tão baixo nível, ainda tenha credibilidade.

Não se sabe o que é mais grave. A denúncia, ou o tratamento dado a ela…

Do Último Segundo:

Base enterra investigação sobre venda de emendas em São Paulo

Sem produzir um relatório, Conselho de Ética conclui trabalhos depois de rejeitar a convocação de 17 testemunhas e parlamentares

A bancada governista na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), capitaneada pelo líder do PTB, Campos Machado, enterrou no início da tarde desta quinta-feira as investigações do Conselho de Ética sobre o suposto esquema de venda de emendas parlamentares.

Os homens que, em âmbito federal mostram toda sua indignação, na verdade não passam de atores.

Homens capazes de forjar provas para mostrar como são bons (clique aqui).

E somos nós que pagamos o ingresso! Pagamos impostos, pedágios…

Nós é que somos maus!

Somos nós que financiamos uma política que vê omissa cidadãos sendo mortos nas ruas por motoristas bêbados.

Porém investe pesado em radares e inspeções veiculares.

Ou seja, seu dinheiro vale bem mais que sua vida.

Sua opinião também não conta muito.

Afinal, são veiculos como a Veja que decidem quando você deve ficar escandalizado…

Afinal, são veiculos como a Veja que decidem quando você deve ficar escandalizado…

Veja também:

Multas em São Paulo:Até quando vamos sustentar um estado vagabundo?

Aldo assume o lugar de Orlando. A mídia golpista mostra força…

Imagem:antis.se

Ao que parece, a grande mídia não quer mais atacar diretamente os chefes do executivo federal.

 Lula foi atacado diretamente. E duramente (clique aqui).

Eles mostraram o escândalo. Mas não mostraram a verdade (clique aqui).

Quem preferiu o escândalo, fugindo da verdade, pagou um alto preço (clique aqui).

Agora vemos que a mídia e a oposição tentam derrubar os colaboradores do governo.

 

 

 E, novamente, fazem um grande escândalo.

 

Mesmo baseado em boatos ou mentiras, o escândalo faz estragos. Ao governo E AO PAÍS

 

Mas, e as provas?

Do G1:

Policial diz que não tem provas específicas contra Orlando Silva

24/10/2011

O policial militar João Dias Ferreira disse que não possui provas do envolvimento direto do atual ministro do Esporte, Orlando Silva, e de seu antecessor, Agnelo Queiroz, no suposto esquema de desvios de recursos públicos da pasta. O policial militar negou que tenha gravado diálogos de Orlando Silva. “Em nenhuma delas [das gravações] tem a voz do ministro”.

Derrubar os colaboradores do governo, é uma maneira de enfraquecê-lo.

Não apresentar provas diretas contra o agora ex-ministro é uma ofensa à cidadania!

Orlando Silva, vítima de um covarde bombardeio por parte da imprensa, se afastou do governo para poder se defender das acusações.

Aldo Rebelo agora chega. Mas fica difícil saber por quanto tempo fica.

Fica difícil ter planejamento e sucesso, com tantas mudanças.

E planejamento é fundamental, para quem quer ter um país sério.

Agora de longe, resta à Orlando, a vaga de torcedor.

Do Terra:

Orlando parabeniza Dilma por escolha de Rebelo para o Esporte

Quantos escândalos ainda veremos, sem provas?

Quantas pessoas veremos destruidas?

Até quando veremos um governo tratado como refém??

Veja também:

Cidadã é abusada em Metrô paulista… Qual a novidade?

Policia Federal não recebeu provas contra ministro… Por que não pedem para a Veja??

Imagem: acervosegundaguerra.blogspot.com

São Paulo vai sediar jogos na próxima Copa do Mundo.

Vai sediar a abertura.

E qual segurança teremos em nosso Metrô?

O caso abaixo é apenas um exemplo.

Do R7:

Advogado molesta estudante dentro de metrô lotado

Vítima passou mal e foi socorrida por usuários na linha 3-Vermelha, sentido Itaquera

Uma estudante de 21 anos foi molestada às 18h40 de sexta-feira (14) dentro de um vagão da linha 3-Vermelha do Metrô, sentido Corinthians- Itaquera. O advogado Valter Dias Cordeiro Junior, de 46 anos, foi preso.

O cidadão sofre no Metrô abuso diário... O primeiro a abusar é o poder público

Dessa vez o infrator foi preso.

E acha que ele ficou preso?

Veja:

Do Agora São Paulo:

Ex-corregedor acusado de abuso no metrô é libertado

A SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública) informou que o advogado foi solto ontem, após pagar fiança.

O advogado foi desligado dos quadros da Corregedoria-Geral da Administração, órgão da Casa Civil do governo do Estado, após a prisão. Ele desempenhava a função de corregedor desde 2 de fevereiro de 2002.

Há tempos as mulheres são abusadas no transporte.

Os casos de abuso são inúmeros (clique aquiaqui e aqui).

Será que, em 2014, veremos francesas, italianas, inglesas, norte americanas…

Será que veremos todas essas mulheres abusadas?

Será que, ao menos por causa da Copa, teremos investimento em transporte e segurança?

Talvez, para nosso governo, a mulher estrangeira tenha mais valor.

Talvez, desse modo, o povo tenha um pouco de amparo…

Veja também:

Briga? Tumulto? Guerra? Não… É o Metrô de SP
Policia Federal não recebeu provas contra ministro… Por que não pedem para a Veja??

Imagem: envolverde.com.br

 
A revista afirma ter recebido provas da corrupção do ministro. E tem tirado proveito disto.

A revista e a oposição (clique aqui, aqui e aqui).

Eles querem ver a indignação popular, mas o que o povo quer?

Talvez ver as provas…

Da  Agência Brasil:

PF informa que até agora não recebeu provas materiais de João Dias

A Polícia Federal informa que até agora não recebeu do policial militar João Dias Ferreira, autor de denúncias sobre a existência de um esquema de corrupção no Ministério do Esporte, nenhum documento ou gravação que possa resultar em prova material para embasar as investigações sobre o caso que envolve o ministro da pasta, Orlando Silva. A informação foi confirmada hoje (21) pela Agência Brasil no Departamento de Polícia Federal, no Instituto Nacional de Criminalística e nas superintendências da PF no Distrito Federal e em São Paulo.

O povo, antes de se indignar, deve raciocinar.

E, se raciocinar…

Em 2002, por exemplo, pode lembrar quando o governador Alckmin proibiu investigações contra um amigo, alvo de 85 ações movidas pelo Ministério Público.

Veja a reportagem da Folha:

Alckmin proíbe ações do Estado contra amigo de Covas

Ou a chefe de gabinete do então senador Efraim Morais (DEM-PB), que afirmou sobre a contratação de funcionários fantasmas:

Do Terra:

Funcionária: ‘fantasmas’ foram contratadas por Efraim

Pode refletir sobre as relações entre grupos polícos e a mídia, que veicula (e por vezes produz) escândalos.

Veja este exemplo. O governo paulista, nas mãos do governador Serra comprou, sem licitação, 220 mil assinaturas da revista Nova Escola, da Editora Abril.

Do  Consultor Jurídico:

PSOL questiona 220 mil assinaturas de revista

A revista Veja não pertence a Editora Abril?

Todos são da oposição.

A oposição que, agora, se mostra indignada…

Quanto ao cidadão, sujeito a impostos, inspeções, pedágios, rodízios

Ele paga tanto por tão pouco

Não tem educação, saúde, não tem segurança ou respeito em seu transporte.

Não tem Segurança Pública.

Vamos todos à rua!!

Vamos protestar!

E quem vai trabalhar por nós?

A Veja?

Afinal, ela já trabalha, no lugar da polícia.

E da justiça.

Quanta hipocrisia!

Veja também:

Dilma desobedece a revista Veja e mantém Orlando Silva
Mensalão da Abril: Serra e o esgoto midiático

Para a magnânica publicação semanal, a atitude pode soar como afronta.

Afinal não foram eles que tentaram exaustivamente, por oito anos, derrubar um presidente?

E tiveram que engolir sua despedida, com popularidade recorde (clique aqui).

Do Terra:

Após manter Silva, Dilma diz que governo não condena sem provas

Orlando Silva negou as acusações de envolvimento em irregularidades na pasta
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

LARYSSA BORGES

Direto de Brasília

Após se reunir com o ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB), e dar sobrevida ao auxiliar dentro do governo, a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou na noite desta sexta-feira que o governo “não condena ninguém sem provas e parte do princípio civilizatório da presunção da inocência”. “Não lutamos inutilmente para acabar com o arbítrio e não vamos aceitar que alguém seja condenado sumariamente”, disse a presidente, em nota.

Ao cobrar explicações de Silva, Dilma ouviu do ministro que foram tomadas medidas para corrigir e punir irregularidades no Esporte, ressarcir os cofres públicos e aperfeiçoar os mecanismos de controle de recursos públicos. “Manifestei minha revolta e ela (Dilma) me sugeriu serenidade e paciência, muita paciência, e afirmou a confiança que tem no nosso trabalho.

Não vimos tanto empenho da Veja em apurar a indústria das multas em São Paulo (clique aqui).

Ou a máfia na inspeção veicular (clique aqui).

Será porque não são da base aliada do governo Dilma??

No esporte, temos o caso de Ricardo Teixeira, presidente da CBF desde janeiro de 1989, que há tempos é acusado de envolvimento com propinas (clique aqui), lavagem de dinheiro (clique aqui), crimes contra o sistema financeiro e evasão de divisas (clique aqui), entre outras acusações.

E continua aí, bem nas barbas da Veja…

Ele é mais um exemplo da hipocrisia que reina por aqui.

Esteve durante os governos Collor, Itamar, Fernando Henrique e Lula.

Agora permanece no governo Dilma.

Quem, realmente, quer apurar verdade deveria apurar a verdade POR COMPLETO.

O cidadão, que já paga tanto e é tão enganado, não deveria ser vítima também da enganação da imprensa…

Veja também:

“Jornalismo”: Quem se considera cão,como cão deve ser tratado

Multas em São Paulo:Até quando vamos sustentar um estado vagabundo?


A revista que não precisa de provas (clique  aqui e aqui), ataca novamente.

“O ministro recebia dinheiro na garagem”

(Revista Veja, edição 2239, de 19 de outubro de 2011).

A contundente denúncia parte do veículo que diz veicular notícia, mas parece partido político.

E daqueles partidos inúteis, que nada fazem, além de criticar…

Porém, veja o que o Portal G1 diz a respeito do tema:

PM diz ter provas da participação de Orlando Silva em fraudes

Orlando Silva: Expulso antes de cometer a falta…

Após reunião com parlamentares da oposição no gabinete da liderança do PSDB, o policial militar João Dias Ferreira, que acusou o ministro do Esporte disse que entregou à revista “Veja” o áudio de uma reunião realizada em 2008 para tratar da prestação de contas do programa.As provas, ele diz que apresentou à Veja.Apresentou à  revista que invade a privacidade das pessoas e comete crimes em nome da “notícia” (clique aqui) .

Foi para esta revista que o PM alega ter apresentado as provas.

Somente para ela.
Ou seja, vemos uma revista  colocada no lugar do Poder Judiciário.

Para todos os demais mortais, ele apenas “diz ter”.De efetivo, por enquanto, nada existe contra o atual ministro.Na verdade, a estória contada pela Veja lembra, em muito, uma outra já bem surrada…Confira: Veja, edição 1938 de 11 de janeiro de 2006

Enquanto Lula ignora as provas
do relatório parcial da CPI, a comissão
prepara 100 pedidos de indiciamento

Portal R7, 15 de setembro de 2011

Roberto Jefferson diz ao STF que Mensalão não existiu, não foi “fato”, foi “retórica”!

E, depois de tudo, alguém viu a Veja tendo que se retratar?Longe disso…Caso dessa vez as provas não se confirmem, veremos novamente a informação e a justiça tratadas com escárnio.Veja também:A imigrantes e o engavetamento: O cidadão paga a conta. E leva a culpa…Cratera do Metrô: Quem te mata continua impune… Até quando?? Imagem:chuteagool.wordpress.com