É BIZARRO O FATO DE NOSSA CORTE SUPREMA CONSIDERAR UMA AUTOANISTIA,QUANDO UM REGIME DITATORIAL PERDOA SEUS PRÓPRIOS ATOS CRIMINOSOS.

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,onu-critica-decisao-do-stf-de-manter-a-lei-da-anistia-no-brasil,545225,0.htm

Jamil Chade – O Estado de S.Paulo

A principal autoridade das Nações Unidas para direitos humanos, a sul-africana Navi Pillay, criticou nesta sexta-feira, 30, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter a Lei da Anistia e pediu o fim da impunidade no Brasil. “Essa decisão é muito ruim. Não queremos impunidade e sempre lutaremos contra leis que proibem investigações e punições”, disse a alta comissária da ONU para Direitos Humanos. 

“Isso é incrível e uma afronta. Leis de anistia foram tradicionalmente formuladas por aqueles que cometeram crimes, seja qual for o lado. É um auto-perdão que o século XXI não pode mais aceitar”, afirmou o jurista espanhol do Comitê da ONU, Fernando Mariño Menendez. “O Brasil está ficando isolado. Parece que, como na Espanha, as forças que rejeitam olhar para o passado estão prevalescendo”, disse, insinuando uma crítica também à situação em seu país, onde o juiz Baltazar Garzon pode perder seu posto diante da tentativa de abrir os arquivos da Guerra Civil, que ocorreu há mais de 70 anos.

Na ONU, cresce a pressão para que leis de anistia sejam abolidas em todo o mundo. Há poucos meses, a entidade recomendou à Espanha que julgasse finalmente os crimes cometidos na Guerra Civil.  Sobre o Brasil, o tema da anistia está na agenda da ONU há uma década. Em 2001, um comitê da ONU sugeriu pela primeira vez ao governo brasileiro que reavaliasse sua lei de anistia. Os peritos já deixaram claro que o Brasil não conseguiria esclarecer seus problemas em relação à tortura e superar a impunidade se não lidasse com seu passado.

Crimes cometidos pelo nazismo: Estrangeiro ou brasileiro,assassino é assassino

O CASO AINDA NÃO ESTÁ ENCERRADO.NESTE MOMENTO,O BRASIL É RÉU NA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS,DEVIDO AOS ABUSOS PRATICADOS NA GUERRILHA DO ARAGUAIA.

COMO PAIS MEMBRO DA ONU,O BRASIL ESTÁ SUJEITO AO JULGAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS.AFINAL NOSSO PAIS ENDOSSOU JULGAMENTOS DE CRIMES DE LESA HUMANIDADE CONTRA OUTROS PAISES.

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100430/not_imp545002,0.php